Pñ:

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Sea bien-viendo a la Desciclopédia

La enciclopédia libre e gratuita, feicha por idiotas como yo y tu en cuase 5.513,358 idiomas!

55 095 articulos · 191 600 imagens

Ayuda

Embajada

La pregunta?

Politica

Televisa

Como hacer?

Articulo en destaque
Oswaldo Cruz transforma febre amarela em tinta de parede

A febre amarela é uma doença japonesa da Mongólia Chinesa este vírus provoca um amarelidão na pele nativa (o vírus da febre amarela quando não mata; o sujeito morre assim mesmo.). Existe no sistema de saúde hoje uma vacina muito forte para matar japoneses transmissores desta doença terrível.

Apesar de ser japonesa, a febre amarela surgiu na Mongólia, onde a população era imune aos sintomas (sim, porque eles já eram amarelos mesmo). A febre amarela surgiu da união da febre comum asiática com a mistura da febre espanhola com a febre Camargo. Surgia então a mais poderosa arma biológica febril. O exército de Genghis Khan levou a doença para a Zoropa, onde os então branquelos se transformaram em amarelões. Muitos morriam de infarto, devido ao susto em ver a pele toda amarela, mas outros levaram na esportiva e se mudaram para o Japão. Graças a esta migração, a febre amarela se naturalizou japonesa e se espalhou pelo mundo todo.

A febre amarela chegou ao Brasil em navios japoneiseiros cheios de chineses, mongolianos e vietinamitenses. O povo viajou dentro de porões enormes atracando em Salvador, na Bahia, no ano de 1939. Isto aconteceu no período da Segunda Guerra Mundial trazendo para o Brasil esta doença.

Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter Share on Google+



Eventos recentes


Hoy éres...


Hablando nisso, usted sabia...


Imágenes bagando por aí...
 
Apresentación
Esta és la versión en portuñol, hablada en todos los países de la América Latina, e algunas más en la Mongólia. 55 095 las pelotas de seu no-conteúdo puedem ser modificados e distribuídos libremente, sabia cuemo!


Como usted puede participar

Todos pueden publicar besteiras en línea siempre que no sean vándalos o no respeten las reglas.

Entre las diversas páginas de ajuda a su contributo, están las que explican cómo puedes criar un artículo, editar un artículo o insertar una imagen. En caso de olvidar, no dude en preguntar y dar su apinión na cabacecetaria desciclope, cabrón.


Nuestra facción

La comunidad bem aumentando día a día. Ademas, aunda precisamos de mas escrabos colaboradores para nos ampliar la quantidad de articulos em língua portuguesa e aumentar, mejorar e consolidar los artículos que aun existe.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: