Página principal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

61 534 artigos · 204 062 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Portal comunitário

Mídia

Chat

Contribuir

Artigo em destaque
A história de como nasceram esses belos garotinhos na feira perto de sua casa.

Cquote1.png Sua intenção era pesquisar: História da pirataria Cquote2.png
Google dando uma de adivinho com a pesquisa de Página principal

A história do Paraguai é uma grande mentira, já que ela foi toda copiada da história de outros países da América Latina, com o propósito de vender uma imagem de um país que realmente possui uma história fodástica, mas na realidade é tudo uma grande baboseira, criada por pirateiros paraguaios para que o Paraguai ganhe alguma importância no mundo que não seja apenas encher o planeta de produtos piratas ou de qualidade duvidosa.

Como quase todos os cantos da América, antes dos cara pálidas da Europa darem às caras pelo território do Paraguai, essa região era só habitada por povos ameríndios. Os três principais que passeavam por lá com a bilola de fora eram os pampídeos, os jês e os amazônicos. Não dá pra dizer com certeza quem chegou primeiro por lá, já que esse povo todo não sabia escrever, aí né, ficou foda ter a menor ideia qual dos filha da puta passaram por lá logo antes de geral.

Por volta de 1520 um portuga vindo de onde hoje é o Paraná (que ainda pertencia à Espanha) chamado Aleixo Garcia foi o primeirão a conhecer as bocetas das indígenas paraguaias. Percebeu que no caso delas elas na realidade tinham não bucetas e sim pênis invertido, uma condição rara que as tornava as primeiras legítimas (ou não) mulheres fakes da história. Com vários guerreiros guaranis, fez uns passeios por onde hoje é Assunção (mas na época era só mato, literalmente) e pela região do Chaco paraguaio (que, como hoje em dia, só tem areia e terra seca, além de calor pra caralho). Supostamente também descobriu as cataratas do Iguaçu, embora um espanhol chamado Álvar Núñez Cabeza de Vaca fica até hoje dizendo que foi ele quem descobriu, o que dá a entender que até essa descoberta é pirata. Garcia depois dançaria perto da atual cidade de San Pedro del Ycuamandiyú, após os paiaguás descobrirem que esse demente queria os levar para uma batalha suicida contra os incas.

Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter



Eventos recentes


Neste dia...


Sabia que...


Imagem do dia
 
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: