Página principal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

55 002 artigos · 191 182 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Mídia

Contribuir

Artigo em destaque
Marinha do Brasil e seus arrojados navios de guerra em uma missão da Otan.

A Marinha é a parte das forças armadas que abrange as armas navais, ou seja, do mar. Para os países que não tem litoral, as forças aquáticas são conhecidas como Lagoinha, por atuarem nos lagos em vez de no mar. Os veículos envolvidos na Marinha são os navios, submarinos, jet-skis de guerra, lanchas de guerra, barco a remo com fuzis, canoas armadas, botes-bombas, aviões ({{verdade}}, pode acreditar) e, dependendo da Marinha, até canoa, é só dar uma conferida na Marinha do Brasil da região da Amazônia pra notar. Se você quiser ingressar na Marinha (Cquote1.png que loucura, como você é burro! Cquote2.png) terá que ser aprovado antes pela apresentação às Forças Armadas ou, se não quiser virar faxineiro de convés e "marujo de brinquedo", passe num concurso.

Nossos antepassados das cavernas nem sabiam que poderiam usar o mar pra navegar. Antigamente o mar dava medo aos homens das cavernas, eles achavam que tinha muita criatura marinha, e não estavam errados; nem precisamos ir longe pra dar razão aos homens antigos, basta ir à Mongaguá e ficar com trauma do mar. Só depois de muito tempo é que os antigos começaram a enfrentar seus medos e usar o mar, primeiro pra mijar, depois pra pescar (porque naquela época, sem bebida alcoólica e mulher bonita, pescar era a solução pra depressão). Aí então finalmente começaram a navegar pra descobrir se a Terra era mesmo plana (ainda tem gente que acha isso!), e finalmente começaram a criar barquinhos pra se atacarem, uns aos outros, só pela diversão. E assim a Marinha teve início...

Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter Share on Google+




Neste dia...


Sabia que...


Imagem do dia
 
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: