Monica Sweetheart

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Monica Sweetheart
Monica Sweetheart.jpg
Em sua forma sayajin simpática
Origem Bandeira da República Tcheca República Tcheca
Data 23 de Junho de 1981 (já é uma coroa!)
Onde trabalha República da Tchecheca
Talento(s) Sorrir enquanto leva um canavial de rola no cuzinho rosa
Dados
Cabelos Atualmente loiros
Olhos Amêndoa
Altura 1,62
Peso 60
Busto Firmes e bonitos
Cintura Do tamanho correto pra rebolar na jararaca cíclope
Quadril Grande, gostoso e grande
Coxa Gostosa
Perfil
Hobby(ies) Brincar de esconde-esconde anal
Característica marcante O sorriso simpático e as partes rosadas da Europa Oriental
Frase Cquote1.png Fode, fode essa buceta! Cquote2.png
Prêmios Todos os possíveis da indústria pornográfica e de manufatura da punheta
Website
Site oficial, bata com moderação

Monica Sweetheart (seu nome real é Moniká Sweethartova Xanacova), que também já usou os apelido Monik, Monika e Paula Lavigne, é uma atriz pornô tcheca fofinha, loirinha, que aguenta muitas toras negras sorrindo. É a atriz pornográfica mais simpática de todas, mas isso só depois que começou a pintar o cabelo de loiro.

Quando tinha o cabelo preto, não levava tora com graciosidade. Ficava com essa cara de puta mal paga, sem curtir

Quando era morena, era uma puta mal-humorada do caralho, o que demonstra que as morenas são mais chatas que as loiras quando se trata de levar uma pirocada grossa no cu.

Biografia[editar]

Obviamente, como toda tcheca que se preze, Monica Sweetheart Xanacova já nasceu com aquela vontade típica. E também, como toda tcheca, tinha vontade de seguir na carreira da indústria pornográfica, pra não quebrar a corrente.

Dito e feito, ela entrou nesse mundo pornográfico, quando era uma jovenzinha de 14 anos (lá elas começam mais rápido, não é crime igual aqui), com cabelo preto. Mas ela era uma putinha meio brava, levava a piroca e fazia cara feia. Fazer cara feia pra comida de rabo era algo intolerável pra quem saía de um país como a Tchecoslováquia, que hoje nem existe mais, mas que era um país que unia dois povos diferentes, e essa frase não faz sentido algum e está totalmente deslocada.

Mesmo no Google Imagens sem filtro, pesquisando só pelo nome Monica Sweetheart trará imagens sem acrobacia anal, sem nudez, sem um mamilinho polêmico sequer, pois ela também atua como modelo normal, dessas que só dão se for por book rosa

Essa antipatia de Monica nas gravações dos filmes durou muito tempo até que um dia caiu um vidro de maionese em seu cabelo numa gravação dentro de uma cozinha. Era uma maionese francesa e aquilo impregnou em seu cabelo. De repente, Monica, que estava bem brava chupando cinco pirocas ao mesmo tempo, começou a sorrir graciosamente... Aí ela percebeu que deveria pintar mesmo o cabelo de loiro pra curtir mais a profissão.

Carreira[editar]

Monica Sweetheart não trabalha só com pornografia. Ela também é modelo de fotografias nada eróticas, sem nem sequer um peitinho à mostra, conforme pode ser visto na imagem ao lado, e também na imagem que ilustra o artigo na predefinição lateral explicativa.

Por essa razão não há uma foto mais picante da atriz levando ferro, exceto aquela imagem acima desta ao lado, mas com cortes feitos no Microsoft Paint para que mesmo as crianças punheteiras que gostam de MULHER GOSTOZA E PELADA possam entrar no artigo para uma leitura bem sadia, que certamente não traumatizará e transviará o moleque.

Características[editar]

Monica Sweetheart é uma atriz pornô tcheca típica: linda, gostosa, linda, gosta do ofício, é linda, senta sem piedade, é muito linda, chupa na maior fissura, tem as maçã do rosto muito lindas e apaixonantes, tem a buceta e ânus rosados, tem um sorriso lindo que pode fazer até o Jean Wyllys virar homem, e além disso aquela cara de vagabunda irreparável que está na profissão pelo amor.

Ela tem uma predileção por pirocas negras, e em grande quantidade. A maioria de seus filmes (cerca de três mil e quatrocentos) contam com alguma piroca negra na produção. Quando não há piroca negra, ela só fica feliz se for com cabelo loiro, mas sem aquela curtição legítima, moleque, toco y me voy.

Ver também[editar]