Microsoft Game Studios

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Microsoft Game Studios é um dos setores da Casa do Capeta, uma empresa que oligopoliza o mercado do entretenimento eletrônico. Concorrente direto da Sony Computer Entertainment que faz jogos para adultos e Nintendo que faz jogos para criancinhas, logo a indústria focou seus jogos para o públicos infanto-juvenil criado a leite com ovomaltine e pera e também os idosos, ao comprar franquias antigas e estragá-las eternamente.

História[editar]

Certo dia bonito, Bill Gates reparou que tinham uma dúzia de empresas faturando alto às custas de sua maravilha tecnológica, o Windows. Lançando para ele belíssimos jogos tridimensionais capazes de varrer do mapa o resquício de vida social que algum nerd poderia ter, foi então que em 2002 surge a ideia de fundar a Microsoft Game Studios, destinada a desenvolver e distribuir jogos de tiro.

A empresa inventou o Xbox, Xbox 360 e Xbox 720 porque descobriu que ainda existem pessoas jurássicas o bastante para terem consoles de videogame tendo a disponibilidade de ter computadores com os mesmos jogos em resolução infinitamente superior.

Desde então, todo jogo exclusivo para qualquer Xbox ou para PC foi desenvolvido pela Microsoft Studios, embora sejam todos cópias descaradíssimas de alguns exclusivos para outros consoles, como por exemplo Forza Motorsport que é uma cópia de Gran Turismo, Alan Wake que é uma cópia de Silent Hill.

Apos a superpopularidade do Xbox 360, a Microsoft Studios deu adeus ao Windows após Gears of War e matou a série Microsoft Flight Simulator. Lançando jogos mais lixos que não tem o minimo pra ser franquia ainda para o Windows e deixando a maioria dos Windistas putos da vida.

Inovações da Microsoft Game Studios.

A Microsoft fez o favor de comprar a Rare, só pra zoar a falência da Nintendo em não dar conta de adquirir esta empresa que lançou verdadeiras pérolas para o Super Nintendo e Nintendo 64, e pra zoar mais ainda a Microsoft fez o favor de estragar eternamente as franquias Perfect Dark, Banjo-Kazooie e Conker's Bad Fur Day (colocando-o na gaveta eternamente).

No ramo de semi-RPG lançou Blue Dragon e Fable, jogos tratados como Deus pelos otakus que nunca tiveram o privilégio de jogar um Final Fantasy ou Tales of Symphonia, e também ajudou a compor aquela música do Michael Jackson, Black & White.

Gears of War é o jogo da Microsoft que aqueles caras que só tem Xbox usam para zoar o Killzone que os sonystas colocam num pedestal, embora quem seja nintendista, ou seja sua mãe, ache tudo a mesma porcaria violenta gratuita de campanha curtíssima.

Mas o grande motivo de orgasmos nerds por parte dos fãs da Microsoft Studios, é a série de jogos Halo, que não é nada de mais, podendo ser considerado de razoável pra regular, mas como é exclusivo para X-Caixa, quem tem afirma com todas palavras que este é o melhor jogo do mundo, para tentar desesperadamente justificar o dinheiro que desperdiçou comprando o console e o game.

Kinect[editar]

A invenção mais inovadora de toda a empresa, esta porcaria captadora de movimentos que deram a oportunidade da Microsoft atingir o público que nem a Nintendo conseguia até então, o público de 3 a 7 anos de idade mental.

Mesmo todo mundo sabendo que a intenção do Kinect é gravá-lo secretamente jogando video-game pelado, todos seres que tem Xbox compraram essa porcaria para jogarem os milhares de jogos desenvolvidos especialmente para o Kinect, mesmo que sejam obesos sedentários o bastante para cansarem após 5 minutos de jogo.


Achievement.jpg