Meggan

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Boieng da Trans Brasil indo pro brejo.jpg Olha o(a) Meggan vindo!
Olha o(a) Meggan indo!

Este artigo fala sobre coisas que avuam pro alto.
Clique aqui pra ver quem mais vai pelos ares. Literalmente.

Cquote1.png Experimente também: Rapunzel Cquote2.png
Sugestão do Google para Meggan

Meggan voando por aí exibindo e admirando sua vasta cabeleira loira.

Meggan Puceanu Braddock é uma mutante inglesa cabeluda que costumava aparecer de figurante nas histórias dos X-Men, até que resolveu se engraçar com o Capitão Britânia e se juntou a ele na Academia Braddock. Por tabela, ela também é cunhada da gostosa Psylocke, já que esta é irmã do Capitão Britânia.

História[editar]

Ao contrário da maioria dos mutantes, que nascem aparentemente normais e tem seus poderes manifestados somente na adolescência, Meggan já nasceu uma aberração, com a pele toda coberta de pelos como se fosse um lobisomem. A explicação furada para isto foi de que ela teria nascido em uma estação muito fria durante uma forte nevasca, então seu corpo buscou se adaptar às condições climáticas da ocasião.

Como se não bastasse ser toda peluda, Meggan ficou ainda mais esquisita à medida em que foi crescendo, desenvolvendo antenas, garras e membranas externas. Passou a ser considerada um monstro por sua própria família, uma trupe de ciganos macumbeiros que acreditavam que ela era uma espécie de punição divina pelos rituais de magia negra que fizeram no passado.

Aos dezessete anos de idade, sua existência foi denunciada ao Ibama e ela foi confundida com um animal silvestre em cativeiro. Os agentes do governo então a soltaram em uma floresta qualquer que tornou-se seu novo lar. Por viver agora sozinha sem contato com outros humanos, ficou esquizofrênica e passou a se comunicar com plantas e animais.

Trabalho[editar]

Meggan na verdade é uma Super Saiyajin. Ela sabe até soltar Kamehameha.

Após alguns anos de terapia, Meggan foi convencida de que poderia ser uma pessoa normal e recorreu ao Dr. Rey para fazer algumas plásticas e transformar-se em uma mulher gostosa. Ela também submeteu-se a tratamentos estéticos não cirúrgicos como a depilação e ficou com uma aparência aceitável, apesar de não querer modificar suas orelhas de abano pontudas e nem cortar o cabelo.

Arrumou emprego como agente secreta ao lado do 007 e tornou-se a primeira Bond Girl mutante da história, até que seus poderes mágicos voltaram a se manifestar e ela foi demitida. Novamente sem rumo na vida, conheceu Psylocke e foi convidada por ela para fazer parte dos X-Men, mas preferiu dar uns pegas no irmão da colega e assim convenceu-o a montar a Academia Braddock.

Tudo ia bem para Meggan, até que a Feiticeira Escarlate surtou e matou geral na Dinastia M. O Capitão Britânia então entra em depressão achando que Psylocke morreu e vira um bebum, levando Meggan a pedir o divórcio e formar uma nova equipe de heróis chamada Excalibur com Noturno, Lince Negra e Rachel Summers, além de ter um caso com Colossus.

Poderes gerais[editar]

Além de ter poderes manjados como voar e manipular os quatro elementos, Meggan possui a notável habilidade de se transformar em qualquer ser vivo, mas ao contrário da Mística, ela faz isso de forma involuntária e não tem controle total sobre as transformações. Na verdade, Meggan faz isso aleatoriamente toda vez que se identifica com alguém, então sua empatia involuntária reage assumindo a forma alheia. A única transformação que ela consegue controlar é a sua própria, em que disfarça sua baranguice natural fazendo cosplay de elfa.