Mar de morros

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Você quis dizer: Favela da Portelinha Cquote2.png
Google sobre Mar de morros
Cquote1.png Mar de morros, mar de morretes... Cquote2.png
Capitão Esteves sobre Mar de morros.
Cquote1.png Mar de morros é uma colina cheia de favelas por todos os lados Cquote2.png
Carla Perez sobre Mar de morros, explicando o significado dessas serras mineiras.
Cquote1.png Quando eu passar as férias em Minas Gerais, eu vou saber o que é mar de morros. Cquote2.png
Você sobre Mar de morros.
Cquote1.png Mar de morros é um conjunto de meias-laranjas. Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Mar de morros
Cquote1.png Nóis num vai intendê dereito o que é um marl de moros, mais nóis mora aqui, uai! Cquote2.png
Caipira mineiro sobre Mar de morros
Cquote1.png Quando passei por lá, eu apreciei uma bela e agradável paisagem panorâmica aos nossos olhos. Cquote2.png
Turista sobre Mar de morros
Cquote1.png ...E as montanhas que, à luz do arrebol,/Têm perfume de rosa e jasmim. Cquote2.png
Hino de Minas Gerais sobre Mar de morros
Cquote1.png Na União Soviética, o MAR DE MORROS sobe VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Mar de morros
Cquote1.png Em qualquer canto do Brasil, o MAR DE MORROS vai até VOCÊ!! Cquote2.png
Eu sobre Reversal Russa e Mar de morros

NovoWikisplode.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Mar de morros.
Exemplo mais comum de zona residencial construída sobre o mar de morros.

Mar de morros é uma denominação criada pelo ator norte-americano Chuck Norris e consagrada pelo Assis Aquele que Sabe Tudo para os morros favelados que formam verdadeiros labirintos de ruas perigosas, em toda a extensão da favela da Portelinha e de todo o subúrbio do Rio de Janeiro, onde ocorre o crime organizado da cidade, esta última merda formada por uma corja de assassinos chamada de CVSS (Comando Vermelho Sedento de Sangue); Pode-se dizer, em última análise, que um mar de morros é um morro cheio de favelas por todos os lados. Nesse lugar é proibido ricos entrarem aqui, senão os bandidos roubam todo o dinheiro da elite. Mas a Tropa de Elite tá chegando aí, gente!

Apesar de, de acordo com a desclassificação das taxas e alíquotas alfandegárias do IBGE e da puxação de saco dos geógrafos de todo o Brasil, o Mar de Morros confundir-se com uma taxa de R$ 13.666.666 (Pranarltu Atrânticu), as deformações de Mar de Morro só podem ser mal-entendidas em duas taxas de gastação de dinheiro: R$ 13.666 e R$ 666, ou seja, mal-entendidas a olho torto ou em voos baixos onde o avião sofre um acidente na montanha e todo mundo vira presunto lá dentro naquele avião mesmo (e não me repita esse nome, tá sua véia vagabunda e carcumida!), cujo dinheiro foi todo gasto para a construção desta navalha da engenharia.

Sendo um dos infernos morfoclimatéricos mal-classificados por Assis Aquele que Sabe Tudo, os morros (morros interioranos em frente ao mar, onde não tem água) eu acho que ele sabe que são deformações desconexas umas com as outras, caralho, fato que cria a suspeita de serem produtos de um entortamento entre o pé frio e gelado da montanha e mamatação.

Outras desinformações[editar]

É também uma colina com um montão de favelas por todos os lados, da mesma forma que você finge que vê o mar na sua frente com a praia de Copacacana ao fundo, onde se vê aquele lugar horrivel.