Máfia gay

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Alien.gif
T O P | S E C R E T |!
Alien.gif

Atenção! Este artigo é sobre uma teoria conspiratória, então tome cuidado com o conteúdo que estiver lendo.

Lembre-se de que o 11 de setembro foi uma farsa armada pelo governo.


A Máfia gay, lobby gay ou máfia rosa é uma máfia (óbvio) que tem como seu principal objetivo erradicar os heterossexuais da face da Terra. Ela já foi responsável por sequestrar, perseguir, matar, linchar, torturar, obrigar a assistir Brokeback Mountain dez vezes seguidas, além de uma porção de outras crueldades com os héteros. Essa gangue foi criada em 1980 por Calvin Klein, Andy Warhol e Truman Capote numa tentativa azucrinada de dominar o Mundo e erradicar o heterossexualismo.

História[editar]

Chefão de alguma máfia gay em sua limousine.

Segundo os seguidores do boiolismo, tudo começou quando Andy Warhol e Truman Capote teriam sido proibidos de entrarem em uma festa a fantasia, já que eles estavam trajados de caralho alado, algo inadmissível para os integrantes dessa festa. Então eles foram embora putos de lá em direção a uma cafeteria. Chegando lá eles se encontraram com Calvin Klein, que também estava puto por ter sua mais nova linha de calcinhas rejeitadas e canceladas por ter uma cena de sexo anal entre homens peludos desenhadas nelas. Então, eles começaram a se entre olhar e perceberam que todos tinham um só problema: os héteros, e por conta disso se uniram para acabar de uma vez com essa desgraça na humanidade...

Contudo Andy faleceu 7 anos depois, Capote depois de apenas 4 anos também morreu e Calvin Klein ainda tá vivo, mas tá mais morto do que vivo. Por conta disso apenas restou alguns de seu seguidores. Porém, logo depois de alguns anos, quando a povo já se esqueceu dessa galera aí, a palavra máfia gay começou a ser usada, na verdade, para designar a gays loucos que querem dominar o Mundo, só que tem tom de zoeira. Por conta disso cuidado ao pronunciar essa tal palavra, pois muitos podem achar que você é um homofóbico, e se acharem isso de você com certeza é te cozinharão e te comerão vivo...

Polêmicas[editar]

O Poderoso Gayzão...

Contudo, porém, todavia essa tal máfia gay acabou sumindo do mapa, e por conta disso atualmente se refere à máfia gay todo homossexual, bissexual, transsexual, algumacoisassexual, resumindo é quando algum LGBT tem bastante influencia mundial. Como por exemplo Pablo Vittar, Elton John e por aí vai... Em 1990, o jornal britânico The Sun disse que seu gabinete estava mais lotado de gays do que o cu da Hot Kinky Jo de porra. Por isso, muitos gays fizeram um levante para tentar tirar o chefe desse jornal do poder, porém foi sem sucesso.

Até mesmo o Papa Francisco, famoso por ficar em cima do muro quando o assunto é homossexualismo já entrou nessa história de máfia gay. Segundo ele a máfia rosinha teria invadido e ocupado uma parte do Vaticano, e a partir desse momento começou a se estabelecer por lá. Já não é de hoje que os bispos da igreja católica vem se envolvendo com polêmicas. E, além do papa, outra pessoa que também entrou nessa foi o New York Post, famoso por ser sempre confundido com o New York Times. Espere aí, foi o New York Times ou o New York Post que se envolveu nessa...

Atualmente[editar]

Atualmente a máfia gay se tornou apenas uma teoria da conspiração, já que não tem provas que realmente ela foi criada por Calvin Klein, Andy Warhol e Truman Capote nos anos 80. Contudo, como já foi dito nesse artigo mil vezes, usam apenas esse termo para designar a homossexuais que tem grande influencia. Contudo, alguns afirmam que a máfia gay ainda está em vigor até hoje, sendo que ela foi responsável por ataques a héteros numa praia de alguma ilha qualquer da Oceania. Alguns dizem que foi a Samoa, outros dizem que foi em Tuvalu, mas como ninguém se importa com esses grãos de areia no mar, não se sabe se realmente isso aconteceu...