Lula:

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bemƒ-vindo(a) à Deƒicropédia

O dado concreto, ou ƒeja, é que nunca anteƒ na hiƒtória deƒƒe paíƒ, ƒe ƒez uma enƒiclopédia livre de conteúdo e que qualquer companheiro pudeƒe editar.

55 095 artigoƒ · 191 601 imaƒgenƒ

Ajuda

Embaiƒada (dotô ƒelƒo Amorim)

Perguntaƒ

Decretoƒ

Mídia doƒ Jornaliƒtaƒ Covardeƒ

Ajude
noƒo intitutoƒ

Artigo Deƒtacado
Efeitos colaterais que Monty Python pode causar em seu televisor e possivelmente em seu cérebro.

Monty Python foram meninos de rua na cidade de Yorkshire. Descobertos por agentes de TV e empresários do meio artístico, logo ascenderam em carreira de comediantes. Os pobres garotos de Monty Python faziam de tudo para sobreviver. Chegaram a vender partes do corpo, esperma, e até a utilizar os próprios cérebros em pesquisas de medicamentos radioativos.

Revoltados com sua situação atual, e com sede de vingança pela morte de papai, foram eles, sim, eles os criadores e engedradores do incólume levante mineiro denominado Monty Python's Flying Circus, que culminou com a morte direta de inúmeros papagaios mortos, falecidos, que deixaram de existir, que não são mais.

Vários feitos lendários do grupo foram filmados, fazendo do Monty Python provavelmente o grupo de humor britânico começado com a letra M em atividade entre as décadas de 70 e 80 com maior número de documentários produzidos. Produções antológicas, ou sem lógica nenhuma, como O Sentido da Vida, A Busca pelo Cálice Sagrado (com os famosos Cavaleiros que dizem Ni), A Vida de Brian, Eric, o Viking, entre outros, são até hoje marcos do cinema moderno e inspiração para os roteiros atuais.

Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter Share on Google+



Eventoƒ reƒenteƒ


Neƒte dia, eu eƒtou convenƒido de que...


Companheiro, voƒêƒ ƒabia...


Imavem da Veiƒ
 
Diƒpenƒo apreƒentaƒõeƒ
Lula--presidente-br.jpg

Olaƒ companheiroƒ e companheiraƒ. Neƒta noiteƒ, goƒtariaƒ de deƒsejaƒ a todoƒ voceƒ uma eƒelente eƒtadia na Deƒicropédia. Minhaƒ queridaƒ e meuƒ queridoƒ, eƒsta é uma (deƒ)enƒiclopédia eƒcrita com a colaboração de todoƒ povo braƒvileiro. A Deƒicropédiaƒ é um ƒaite de umô e o que estiƒer escrito por aquiƒ não deƒe ƒer leƒvado a ƒério de ƒorma alguma, companheiro. Eƒtou conƒenƒido de que noƒƒas leiƒs e noƒo congreƒo eƒta cumprumetido com o povo braƒzileiroƒ. Nós, na deƒiclopédia, ƒomoƒ engraƒado e não apenaƒ idiotaƒ, como noƒa opoƒiƒão. Iƒo ƒigniƒica que, é... no que se reƒere a Desƒiclopédia, ƒó podem ƒer ƒeitaƒ críticaƒ que nóƒ e todoƒ povo brasileiroƒ toleramo ou ƒeja, voƒê tem que entende que deƒende ƒeu ƒime (com eƒeƒão do timão, heheƒ, claroƒ), membroƒ da oposiƒão, o goƒerno eƒƒeagacê a rede groboƒ e toda a grande mídiaƒ que tem ƒeitoƒ conƒlo contra mimƒ, é... que tenha ƒido ƒacaneado nialgum artigo da Deƒiclopédia, é... vai toma ban, companheiroƒ.

É... boa noiteƒ a todoƒ.


ƒilie-ƒe
Cumpanheiroƒ, aqui ƒomoƒ maiƒ que uma uisquepédia. Todo mundo podƒe cuntƒribuir aqui e lá não. Nunca antes na iƒtória de uma uisquepédia as peƒoas puderam cuntribuir tanto, e iƒo graƒas ao noƒƒo governo, onde oƒ maiƒ pobreƒ puderam aƒeƒƒar a nossa uisquepédia, a Deƒicropédia! Noƒ lanƒaremoƒ ainda eƒte ano, para demoƒcratizar o aƒeƒo as peƒoas a Deƒicropédia, eƒtaremoƒ lanƒando o Pronatec deƒícroƒe, noffa verfão do programa premiado nin nova iorque e copiado no mundo todo. Depoiƒ diƒo, eƒtaremoƒ lanƒando o Programa de Aƒeleraƒão de Criaƒão de Artigos e viƒar, se Deuƒ quiƒer, a quintaƒ maior enƒicropéƒia do mundo.


Brasileiroƒ
Se ƒove goƒtou do que ƒiu aqui, ƒilie-se ao noƒo partido. Preciƒamoƒ de mais guerreiroƒ da demograƒia para no ƒuturoƒ virar a deƒicroƒédia de noƒo amigo Hugo e ampliar o númeroƒ de artigo em língua lulanesa e criar proƒramas de guƒerno que possa eƒpandir, melhorar e conƒolidar oƒ que já eƒiƒtem.


Projetoƒ irmãos
A Desciclopédia existe graças à entidade sem ƒins lucrativos ƒundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre:


Lista completaComeçar uma nova edição