Lobo (DC Comics)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
JeanClaude van Damme.jpg Este artigo trata de um Bad Boy!

Se você é considerado um cara fodão, ou um valentão que sempre dá uma de fodão, seja bem-vindo, mas se vandalizar, vai morrer fudido!


PROCURADO

Lobo0.gif

Lobo (DC Comics) é procurado por crimes contra
a sociedade e é extremamente perigoso.

Procurado vivo ou morto (de preferência morto).
Recompensa: Nada
Lobo interagindo cordialmente com Hare Krishnas.

Lobo (não esse), apesar da maquiagem carregada, é também conhecido como Aquele-que-devora-suas-entranhas-e-se-diverte-com-isso (isso é papinho pra mais adiante). É uma criatura que tem tudo de ser um humano normal, fora a cara de quem acabou de tomar no cu e não gostou (ou não), mas ele deve ser algo próximo à espécie de um saiayin. Por quê? Primeiro: Só quer saber de luta. Segundo: É intergaláctico. Terceiro: Apesar de participar de batalhas que chegam as vias do absurdo, sempre sai completamente ileso. Agora chega desses números, porque ele, apesar de lobo nunca é deixado de quatro e também não há mais quaisquer características nele que valham muita coisa. Bem, isso é nas páginas, que é o que importa, mas na capa é algo que até se daria comentário mas, simplificando, é aquela coisa que dá vontade de gumitar.

De cãozinho a lobão[editar]

Lobona a irmã gostosa e sarada dele.

Ele sempre teve a mesma personalidade mas, de início ele era coadjuvante e aparecia apenas para negociar com quem fosse herói ou vilão para conseguir mais dinheiro que não se sabe o que ele faz com o que ganha, porque continua o mesmo maloqueiro sem vergonha de sempre, não tem família então nem se sabe porque tanto dinheiro. Desta forma, deve ser filosofia de vidinha.

Seu criador, que na verdade não o criou mas sim o conheceu e, para não morrer o colocou nas histórias. Keith Giffen, muito amedrontada e trêmula ofereceu a ele o título de protagonista principal da Liga da Justiça mas, ele não quis saber de nada, acho tudo muito fresco e só quis aparecer quando estava à fim. Isso mudou quando Lobo achou que aqueles heróis e vilões estavam criando uma batelada de emos (isso é opinião dele) e, quis um papel mais significativo, Keith nem pensou em contrariar, também nem reclamou quando ele disse que Keith é nome de moça e, o Lobo passou a ser um dos principais da DC Comics e, ainda venceu várias criaturas conhecidas, tipo Superman, o Lanterna Verde, que chegou mesmo a oferecer o anel pro Lobo, mas foi recusado pra sua sorte.

Lobo levou uns arranhões nas costas do Wolverine mas, alguns dizem que foi apenas porque o Lobo deixou, já que a maioria dos leitores pediu que o Wolverine ganhasse e, nesse dia Lobo estava bonzinho porque havia experimentado cachaça, ou porque ganhou uma grana do Professor Xavier por baixo dos panos pra deixar o Wolverine ganhar. Depois Lobo se arrependeu, vendo que Wolverine ter ganho fez surgir uma estranha moda de unhas compridas e/ou pintadas para rapazes (ui) mas, ainda assim ele não concordaria nem com cachaça se não fosse outro oponente.

Um exemplo das aventuras: Mundo Corno Mondo Carno[editar]

Briga entre Wolverine e ele
Cquote1.png Seu putardo! Cquote2.png
Lobo sobre a luta entre Wolverine
.

No geral Lobo participa de shows de luta sangrentos, que valem muita grana pra quem não desistir e ficar vivo, Mondo Carno, por exemplo é o nome de um planeta onde são travadas as principais dessas lutas, aparecem repórteres gostosas que mais parecem garotas de programa do que jornalistas para cobrir os "eventos", elas e muitas outras mais dão sempre o maior mole pra esse tal de lobo, mas ele despreza igual a um Sasuke, e semelhante ao Sasuke (ou não), a questão não parece ser o modo gay da coisa, parece mais o fato dele dispensar algo que sempre chove na horta dele, e também, o enredo é sobretudo brigas e não trepadas.

Quem disse que ele é sangue-ruim? (Bom, isso ele é mesmo...)

O governador de Mondo Carno é uma tipo um misto de Júlio César com Calígula com Nero, mas, esse não tem qualquer participação na carnificina, além de assistí-la e ajudar a apresentar: seu ato mais malvado foi comer uma uva falante. O próprio planeta é todo estilo greco-romano, e as lutas ocorrem numa espécie de Coliseu cheio de obstáculos totalmente fora da realidade natural ou tecnológica, além de um tentar matar o outro claro, e usam toda espécie de porcarias que encontram para se atacar.

Não é apenas quando chega na mega-estrutura da arena que Lobo cai na porrada: ele desce o cacete em todas as páginas, não que chegue dando com a sandália na testa de todo o mundo que vê, mas é que o cara tem hemorróida é todo impaciente e 99% dos outros lutadores que aparecem na história são muito invocados e mexem com ele.

Não são só as armadilhas que são absurdamente fora até do limite da nóia, o comportamento dos personagens é bizarro além da conta. Há um capítulo em que, numa parte outro ogro vai provocar o tal do "herói" Lobo e engole o peixe de estimação dele; Lobo, então, enfia a mão dentro da garganta da outra aberração e vasculha seu estômago, que depois sai como se nada tivesse acontecido, depois durante

Ele sempre foi um cara muito social...

o restante da história, Lobo carrega seu peixinho morto mesmo e vai passando os obstáculos da luta. Enquanto isso, há um outro concorrente que está, com o mesmo carinho carregando em um balde onde se encontra a cabeça do pênis de seu irmão que alguém arrancou... e nem foi durante as lutas mas, por qualquer outra treta correndo por fora. Bem, esse é o gênero das histórias.

Lobo tem sempre inúmeros fãs e torcedores, é chamado de grande herói por sempre conseguir vencer e, diferente da maioria desses lutadores da ficção, que vencem mas se quebram todo, ele nem sua. Vai do leitor achar que isso faz valer a pena ler ou mandar ele ir uivar na frag que pariu.

Herói por herói, ele tentou participar de grupos como Liga da Justiça, mas sempre tentava matar alguém do grupo por dinheiro, ou simplesmente porque a vítima era muito mala mesmo e ele tem o pinto pequeno pavio curto.

Assim, mesmo muitos continuam o chamando de herói, ele está mais para anti-herói, mas outros preferem chamá-lo de Maioral... Bem, até que esse último adjetivo é válido, uma vez que o cara tem a altura do Jiraya, mas já não se pode chamá-lo de maioral se isso for do mesmo tamanho que o de um certo ninjinha alegre... ora, um amigo desse ninjinha (que é outra de uma bichinha) já deu um jeito de ver o dos três e, depois dessa, mais nada a declarar.

Ver também[editar]

Bruce-Willis-Photograph-C11796804.jpeg ESTE ARTIGO É SOBRE UM SER INDESTRUTÍVEL!
Não importa o quanto você bata, torture, dê tiros, jogue-o(a) de cima de um prédio ou o(a) dê de comida pra os tubarões, ele(a) não será destruído(a) e ainda vai voltar pra pegar você! Tentar nocauteá-lo(a) é uma piada!
Silvester Stallone - Rambo.jpg
v d e h
O incompreensível mundo do Universo D.C.