Lixo espacial

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Cometinha.jpg Este é mais um artigo com pretensão pseudo-científica, portanto, seu autor é um desocupado mentiroso que não diz coisa com coisa.
Zorak.jpg Você está entrando em um mundo desconhecido nas imensidões da escuridão, onde
ninguém pode ouvir seus gritos!

Agora, viajar pelo espaço ficou mais fácil depois que inventaram a Coca-Cola.
Se aconchegue em sua nave e vá tomar um "chazinho" com o E.T. de Varginha.

60px-Bouncywikilogo.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Lixo espacial.
Segundo seus defensores, o lixo espacial defende a Terra de possíveis invasões alieníginas.

Cquote1.png O que é aquele pontinho brilhando lá no céu? Parece que está vindo na nossa direção Cquote2.png
Alguém sobre lixo espacial
Cquote1.png Não faço a mínima ideia... Que droga, ele está vindo para cá, mas que... AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!! Cquote2.png
Outro alguém sobre lixo espacial
Cquote1.png Ferrou Cquote2.png
Astronauta observando lixo espacial indo em direção a sua nave
Cquote1.png BBBUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUMMMMMMMMMMMMMMM!!!!!! Cquote2.png
Lixo espacial se chocando contra a Terra

Lixos espaciais são inúmeros objetos feitos pelos humanos e principalmente pelos aliens que estão abandonados no espaço, fazendo nada de importante, a não ser danificando naves e satélites. Podem ser camisinhas usadas, foguetes, aviões, bolas de metal gigantes, sofás, armários, vasos sanitários, estações espaciais, etc.

História[editar]

Surgimento[editar]

Lixo espacial prestes a causar problemas.

PROF. RENATO LAS CASAS BIOMECANICO ESPACIAL E JORNALISTA COM O CURSO SUPERIOR DA MESTRIA DO KUNG-FU DIZ:

Em 1900 e guaraná com rolha, os norte-americanos, ou os soviéticos, sei lá, iniciaram a Era Espacial lançando um foguete para o espaço. O objetivo deles era chegar até a Lua, onde começariam um programa destinado a extrair queijo suíço do astro. O que conseguisse primeiro esse feito sairia na frente na corrida espacial, e o que perdesse ficaria atrás (ui!).

A operação estava indo bem, até que a nave no meio do caminho encontra um buraco negro. Este a suga para seu interior, ferrando com os planos espaciais. Porém, uma parte dos destroços da nave escapou da gravidade exercida pelo buraco, e escapou para o espaço sideral. Logo estes resíduos se transformariam num cometa que atingiria a Terra e devastaria uma cidade, mas isso é outra história que não interessa.

A NASA, com preguiça de ir lá ao espaço pegar o lixo e limpar o vácuo, não se importou com os pedaços do foguete, que até hoje continuam por lá, caso não tenham se chocado com outra coisa. Esse teria sido o primeiro lixo espacial produzido pelos humanos, porque os extraterrestres dominam a produção dessas sucatas e poluem o espaço desde a Pré História, com restos de OVNIs e outras coisas.

Continuando[editar]

Não bastando os assaltos e acidentes, os motoristas tem algo a mais para se preocuparem.

Segundo estudos de especialistas, mandar o lixo para o espaço era a melhor forma de se livrar das sucatas na Terra e consequentemente da fúria de ecochatos ambientalistas. Assim, as agências espaciais passaram a enviar cada vez mais lixo comum para o espaço sideral, porque eles ainda não sabiam os riscos desse tipo de detrito. Apesar de se livrarem das coisas inúteis, isso causaria vários acidentes.

No primeiro deles, um ônibus espacial lotado quase foi atingido por um parafuso. A princípio, o motorista não achava que um objeto ridículo poderia causar danos. Até que esse parafuso, que havia acumulado muita energia vagando no espaço sem nada para fazer, perfura a espaçonave e a explode, matando todo mundo. Coincidentemente ou não, ninguém mais quis ser motorista de ônibus, muito menos espacial.

Buraco causado pela queda de lixo espacial. E agora, está com medo?

No ano seguinte, a Estação Espacial Internacional quase foi atingida por um desses detritos. O negócio estava indo em alta velocidade em direção à estação, até que alguém com muita sorte fez uma manobra e salvou o dia. Só depois que descobriram que aquilo não era lixo espacial, mas sim um ataque feito por aliens, porém essa informação foi encoberta pelo governo para que você não soubesse de nada.

Perigos[editar]

Os detritos espaciais aparentemente são inofensivos. Afinal, como um ursinho de pelúcia, ou um resto de uma nave espacial causaria problemas? O perigo do lixo espacial é que em contato com o hiperespaço e a radiação ultravioleta, ele ganha muita energia. Assim, um fragmento de 1 mm flutuando no vácuo, se atingir algo, pode gerar um buraco negro que engoliria a Terra. Perto disso, o LHC é inofensivo.

Grande parte dos lixos espaciais está em volta da Terra, podendo cair a qualquer momento. Se um pedaço de uma espaçonave com 2 metros de diâmetro cair no planeta, calcula-se que ele possa destruir uma cidade como Cubatão. Mas se destruir Cubatão, não tem problema, já que a poluição diminuirá e milhares de animais serão salvos (quem se importa com os animais?).

Além de atingirem a Terra, o lixo espacial pode atingir aparelhos no espaço, como satélites, naves extraterrestres, etc. Abaixo vai uma tabela explicando os danos causados pelas sucatas flutuantes, camisinhas e demais espécies de lixo no espaço.

Diâmetro Danos
1mm Pode perfurar um colete balístico sem problemas. Perfeito para o trabalho nas favelas (seja para traficantes ou policiais.
1cm Pode explodir uma casa inteira caso se choque com ela. Aconselho jogar um desses ca casa da tua sogra, ou na do amante da sua mulher, ou na do seu chefe, ou na do...
1m Acaba com uma cidade inteira. Como geralmente só cai em regiões desertas, não põe medo em ninguém. Mas se cair na sua cidade, você está morto. Ou não.
100Km Simplesmente o planeta será destruído. Ferra com tudo, não há para onde fugir. Para se salvar, seja rico como o Bill Gates, assim você compra uma nave e foge para outros planetas. Caso não for rico, se ferrou, MWAHAHAHAHAHA!

Soluções[editar]

Lixo espacial de alta periculosidade.

Uma das maneiras de reduzir o lixo espacial é ir lá na órbita da Terra e pegar tudo. O problema dessa maneira é que ninguém está a fim de perder seu tempo no espaço pegando objetos flutuantes, já que há coisas melhores para se fazer. Outro motivo é que é quase impossível capturar um objeto se movendo putaqueparivelmente rapidamente. Mas por falta de ideia melhor, não foi descartada.

Outra coisa que pode ser feita é usar armas mísseis nucleares para destruir o lixo. Diferente do modo citado acima, este é bem mais fácil. Só que vários país não concordaram em desperdiçarem seus arsenais atômicos com sucatas espaciais, porque precisam usá-los para brincarem de War se protegerem de possíveis inimigos. O restante dos países não assumiu a existência de armas para a operação.

Acidentes envolvendo lixo espacial[editar]

  • No== Texto de cabeçalho == Como o Acre [, o metal desapareceu, salvando a em geral (e quem disse que o não serve para .
  • Na , uma de caiu perto de uma aldeia. Os nativos, que nunca tinham visto algo valioso, venderam o negócio para comprar mais para as tribais.
  • Perto da , no , a queda de um objeto desconhecido causou um que afetou os países da . Mas um monte de gente acredita que foi um o responsável pelo .

Revolução Espacial[editar]

Há tambem que ache que o universo está contra nós, pois algum alienigena ou marciano ou seja lá quem for o inteligentemente burro que criou o lixo espacial queira acertar algum imbecil cagão que esteja andando por ai talvez em Goias ou no Texas. É bem provavel que o lixo espacial seja algum aviso da vida fora da terra, para que nós humanos saissemos daqui ou nos preparessemos para alguma Guerra dos Mundos mais violenta e sanguinárea que aquela interpretada por Tom Crise

Ver também[editar]