Lex Luthor II

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Admmalvado.jpg Este artigo é sobre um vilão!

Isso significa que ele rouba, mata e faz outras coisas sem nenhum motivo. Se vandalizar este artigo, um super-herói irá lhe prender.

Com esse cabelo e essa barba, realmente ninguém reconheceria.

Cquote1.png Você quis dizer: Mais fake que a beleza da sua mãe Cquote2.png
Google sobre Lex Luthor II
Cquote1.png Você quis dizer: Sock puppet de Lex Luthor Cquote2.png
Google sobre Lex Luthor II
Cquote1.png Isso REALMENTE non ecziste! Cquote2.png
Padre Quevedo sobre Lex Luthor II

Lex Luthor II foi uma tentativa frustrada do Lex Luthor careca de ficar mais novo, com uma cabeleira bonitona (omG, isso bonito?) e pegador de mulheres gatas de Metrópolis, mas que acabou dando em merda depois que ele pegou uma doença meio maluca que o deixou careca, feioso, magrelo e completamente inutilizado por meses, até ele fazer um pacto com o capeta Neron e ficar lindo (que?), esbelto e forte de novo (apesar de permanecer sem cabelo, xD).

Como tudo foi forjado?[editar]

Com essa cabeleira, até a Supermoça não resistiu...

O velho e gordo Lex Luthor tinha um terrível câncer que estava devorando todo seu corpo. Sua mão direita já tinha sido substituída por uma de ferro, por causa de ele ter ficado muito tempo exposto à radiação do seu celular de kriptonita. O problema é que o câncer foi avançando por todo seu corpo, sem parar. Sem saber o que fazer, ele começou a matutar, matutar, até que por sugestão de seu lacaio, Sydney Happersen, ele contratou o doutor Teng (criador do Bizarro) e o Dabney Donovan (criador dos DNAlinígenas e dos monstros do Mundo Subterrâneo) para criar um novo corpo pra ele.

Com isso, ele forjou sua morte num acidente no Playcenter, fazendo um de seus aviõezinhos se soltarem de uma altura de 1000 metros rumo à Cordilheira dos Andes (poooorra... só em gibi mesmo viu...), teoricamente morrendo. Metrópolis ficou meio ferrada nesse período, já que a Lexcorp praticamente comandava tudo e controlava a cidade melhor que o boiola do Superman.

Após fazer todos os updates no seu corpo pra ficar um corpo irreconhecível, Lex forçou sua amante mais antiga, Gretchen Kelley, a dizer que ela era sua mãe (hã?), quando de sua volta triunfal como filho de si mesmo. Dessa maneira, ele assumiu o controle da empresa do "seu pai" e começou uma vida de filântropo (bem ao estilo de PC Farias), ajudando, mas cobrando uma propina por baixo. Ajudou Superman e outros heróis quando Brainiac tentou transformar Metrópolis numa casinha de boneca e começou a reconstruir a cidade quando Apocalypse porrou o Superman até matá-lo, destruindo junto com ele metade da cidade. Contou com a ajuda da Supermoça (a versão Matrix no caso), que ele havia conquistado com seu dinheiro charme.

Após a ressurreição do Superman depois de 3 dias, foi sendo descoberto que o Lex andava destruíndo uns prédios que haviam sobrevivido ao Apocalypse pra conseguir entupir-se de dinheiro do seguro das construções que foram feitas pela Lexcorp.

Como a casa caiu?[editar]

Lex, com seu estilo mulherengo, tentou pegar mais e mais mulheres, incluíndo a sua treinadora Sasha Grey Green. Esta entretanto não curtia ficar na horizontal e o Luthor em cima dela e o humilhou na frente de Lois Lane e da Supermoça. Isso deixou Luthor II putinho, e ele matou-a em frente às câmeras de segurança do seu prédio. Tentou apagar todas as fitas, mas ai já era tarde: Lois Lane ficou com uma das fitas. Pra piorar, uma doença afetou TODOS os clones de Metrópolis, incluindo ele. Ele buscou a cura de diversas formas: tentou clonar novamente o Superman pra poder pegar uma amostra do sangue do Bizarro e tentar se curar, depois tentou clonar a Supermoça pra sugar a protomatéria que ela era feita, mas acabou se ferrando, pois a Supermoça achou que estava sendo traída por milhões de clones dela mesma e quase mata o Lex, já meio careca.

Lex, vendo que logo ia morrer, começou então uma sequência para tentar se vingar: soltou diversos rojões de festa junina por toda a Metrópolis, além de uns foguetinhos de festa, que destruíram o resto que sobrou de Metrópolis.

Doente e preso em uma câmara hiperbárica, Lex só voltaria à ativa (dessa vez NOVAMENTE como Lex Luthor I mesmo) após um pacto com o diabo, que o deixou fortão de novo, mas sem sua barba e seu cabelo poderoso.


v d e h
O incompreensível mundo do Universo D.C.