Latvéria

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Latvéria, um típico país do leste europeu que adotou o comunismo e finge ser feliz não faz parte da União Europeia.

Cquote1.svg Você quis dizer: Letônia? Cquote2.svg
Google sobre Latvéria

Latvéria é um país do universo Marvel o qual o Doutor Destino governa sob punho de ferro (ironia a respeito de ser incrivelmente feio e ter que usar uma armadura) em que o povo o ama... Mesmo sem sentido nenhum eles amarem um ditador que não fez nenhum bem ao país e comprou a população dando de graça os seus robôs-empregados que sabiam o aumentativo dos verbos.

Cquote1.svg Fala o aumentativo de "Dacueba"! Cquote2.svg
Habitante de latvéria

E era assim que eles se divertiam.

História[editar]

O país era uma parte da Letônia (o nome é uma corruptela de Latvia, Letônia em gringuês) e da Transilvânia, aí de alguma forma, com o mesmo desejo das cidades do interior, como Palmeira, achando que podia andar com as próprias pernas, se inaugurou como um novo país. Em menos de 6 meses, ele foi considerado o país com a pior cota e renda do leste europeu, sendo assim o mais pobre.

Foi obrigado a adotar o Comunismo como doutrina política por conta da amigável vizinhança.

A família real de lá era a "von Doom". Eles governaram por bastante tempo até sobrar o único herdeiro, Victor, que viria a se tornar Ph.D, médico e empreendedor galã concorrente de Elon Musk, tanto na corrida espacial, quanto na conquista de loiras psicóticas. Depois que o Quarteto Fantástico o empacotou para lá, ele acabou reassumindo o trono que havia resignado e começou a governar o país com punho de ferro, até ele se revoltar com a ditadura imposta, então trocou por mãos de ferro, literalmente. Ele conseguiu enfeitar que aquilo, na verdade, não era um país que sofria com uma ditadura socialista de fachada, com seus robôs engraçados que contavam piadas na mesa.

Cquote1.svg Toda coisa que eu falar, você fala "e eu no cavalo". Eu mamo na vaca... Cquote2.svg
Robô segurança de Doutor Destino.

Cquote1.svg Não tô gostando desses robôs, Frida! Cquote2.svg
Habitante da Latvéria insatisfeito com a piada.

Censo[editar]

A localização da Latvéria. Eu aposto que você não sabia onde ficava. Os letões vão ter uma crise de identidade.

Divulgaram um censo (ora, quem diria! Tem até isso hoje em dia na Marvel Comics.) na Latvéria e não divulgaram outro desde que o Doutor Destino veio para o país. O motivo? Eles mostravam que em menos de 10 anos, o país teria que se vender para continuar em pé e declarar falência Digamos que eles não eram muito realistas...

Algumas das coisas reveladas foram que a população do país é de 500 mil habitantes, menor que Joinville ou Feira de Santana, que a comida favorita da população é rato assado e que a expectativa de vida é de 50 anos, graças as partículas radioativas que saem da usina de Chernobyl, as únicas turistas do país.

Habitantes[editar]

Os habitantes são os típicos zé ninguém sem estudo e que idolatram qualquer idiota que use uma roupa com as cores da bandeira de seu país. Sim, estou me referindo ao Capitão América. A maioria é idosa, mas a última expectativa de vida revela que a maioria não passa dos 50 por comerem ratos, que são fast-food por lá.

Cada habitante possui um robô que vigia qualquer atitudes suspeitas de revolução que queiram tirar o doutor destino de onde está e contam piadas feitas por ele, que todos são obrigados a rir.

Economia[editar]

O país não deve saber sequer o significado dessa palavra. É o último país restante do leste europeu que ainda adota oficialmente o socialismo, mas ao contrário dos vizinhos, nem fez esforço para implantá-lo, sendo mantido apenas para Destino fazer propaganda de privatização de cu de curioso. Todo o PIB do país é um esquema de rachadinhas com os lucros e investimentos das empresas Von Doom.

Datas especiais[editar]

Os que ninguém esquece: 1º de janeiro, 1º de maio, Natal, Ano Novo, Dia do deslocamento de bacia... e então temos o "Dia de Destino" (Doom's Day), quando os habitantes devem idolatrar o Doutor Destino o dia inteiro, fazer homenagens na escolinha e passar o dia vendo os discursos dele. Mais longos que os do Fidel Castro ou da Dilma Rousseff!

Cquote1.svg Os aplausos devem continuar por mais uma hora. O primeiro a parar de aplaudir será executado. Cquote2.svg
Uma das leis específicas do Dia de Destino.

Após a Disney comprar a Marvel, o país ganhou um feriado no dia 4 de maio, fazendo do começo do mês da pressão alta a época mais feliz para os cidadãos da Latvéria.

Ver também[editar]