Kilik

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Quliqui
1nsc3-kilik.jpg
Nascimento 9 de fevereiro de 1568
Tibete
Idade 23
Altura ?,??
Peso ??
Estilo de luta Estilo Ling-Sheng Su
Arma preferida Kung-fu Bo
Técnica Máxima Secreta Trovão Ling-Sheng Su
Religião Budismo
Profissão Viajante desempregado e purificador do mal(capeta)
Característica marcante uma cicatriz de certo no rosto
Comida favorita Arroz Chines!!! OMNOMNOM
Frase favorita Qual a diferença entre o poste, a grávida e o bambu?
Esporte Luta Mortal
Mania Ser possuido pelo demonho

Cquote1.png Enfia no teu cú!! Cquote2.png
Menina do Bambu sobre Bambu do Kilik

Cquote1.png Esse imbecil é um gay! Cquote2.png
Xianghua sobre Kilik

Kilik é um viadinho qualquer cuja arma é um pedaço grande de bambu. Seu principal objetivo é achar Silvio Santos e fazer a profecia da Menina do Bambu se tornar realidade.

História[editar]

Kilik se amarra numa vara

Kilik é daqueles monges que passaram a infância e a adolescência inteira sem ver uma única mulher sequer e por isso terminou com a sua sexualidade duvidosa quando saiu do templo em busca do tesouro invisível de Ling Sheng Su Temple. Claro, tudo isso antes de queimar a rosca para todso mundo.

Kilik vai ao casamento de Xianglian, onde é possuído por uma crise emo por não conseguir nenhuma namorada. Por causa disso enfia seu bambu em todo mundo e se torna um assassino procurado.

Enquanto fugia, é treinado por um velho bombado e em-lutador de wrestiling, chamado Edge Master, seu mestre ensina Kilik na mais refinada arte do bambu e depilação dos cabelos dos peitos. Além da maneira correta de agarrar seus adversários.

Soul Calibur[editar]

Durante a sua viagem sem destino e sem sentido, Kilik encontrou aqueles que viriam a se tornar seus melhores amigos, Maxi e Xianghua. Maxi nunca serviu para nada e sempre fez apenas número, Xianghua por sua vez sempre foi perdidamente e loucamente apaixonada por Kilik e tenta dar para ele de todas as maneiras posíveis, ela usa todos os tipos de mini-saias e golpes sensuais, porém Kilik é muito devagar e fica naquele chove-não-molha com ela.

Kilik mata direto os chefões de Soul Calibur, por isso todos odeiam ele que fica com todos os créditos.

Para tentar se curar de sua viadisse, Kilik procura pela Espada Putaqueparivelmente Grande com um olho no meio que está com o Nightmare. Kilik já matou o Nightmare milhões de vezes, mas ele sempre volta e vai continuar assim enquanto existir Soul Calibur. Mas Kilik não consegue curar sua boiolice...

Soul Calibur II[editar]

Faz porra nenhuma nessa sequencia, faz número, e ainda não come a Xianghua.

Soul Calibur III[editar]

É estuprado por Zasalamel enquanto dormia. Esse trauma terrível faz com que Kilik começa a sofrer de insônia. Continua com seu bambu inseparável.

No final tem uma cena romântica com Xianghua, mas como ele não faz porra nenhuma, Xianghua decide trocar o Kilik pelo Maxi.

Soul Calibur IV[editar]

Mesmo após 4 jogos, Kilik continua o mesmo nerd de sempre, e ainda veste as roupas escolhidas pela mãe, é também demasiado estúpido para não saber que a gostosa da Xianghua está afim dele, mesmo após 4 jogos arrebitando a bundinha para ele. Sofre de insônia por causa dos traumas do passado, entre eles o fato do seu maior ato de viadisse que foi matar Xianglian...e quanto a sua história...quem se importa?

Técnicas[editar]

Kilik maneja um bambu chamado Treta Yuga que ele apelidou carinhosamente de Bambu Querido. Ele é o melhor personagem para derrotar amadores, pois fica sempre de longe enfiando o bambu nos outros.

A técnica máxima secreta de Kilik é simples, ele profetiza a famosa e satânica frase: "Qual a diferença entre o poste, a grávida e o bambu?" e após ouvir a resposta enfia o bambu no do adversário.

Critical Finish[editar]

Kilik abusa do seu oponente usando seu bambu em todos seus orifícios imagináveis...