John Prower

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
250px-Wario WWare.gif Este artigo é sobre um personagem secundário!

Quase ninguém sabe da existência deste zé ruela que só serve pra encher linguiça na trama e provavelmente está morto. Se bobear, nem no Google tá!

Clique aqui para ver gente que só fãs alienados conhecem.

Cosmo.jpg "Que burro! Dá zero pra ele!"

Este artigo é sobre algo ou alguém burro ou completamente imbecil.

Cuidado: as burrices podem te morder!
Descomics.jpg

Este artigo é parte do Projeto Descomics, o seu universo de personagens.

John, o filho emo caçula de Tails.
John em sua adolescência(na verdade é mais um fanart feito por um otaku-yaoi; provavelmente John já matou o criador dessa joça)

Cquote1.png Você quis dizer: Tails Jr. Cquote2.png
Google sobre John Prower
Cquote1.png Experimente também: Naruto Uzumaki Cquote2.png
Sugestão do Google para John Prower
Cquote1.png Meu Brother!! Cquote2.png
Trônic sobre John
Cquote1.png Parece comigo… Cquote2.png
Tails do Futuro sobre John
Cquote1.png Acho que é um primo meu... Cquote2.png
FireFox sobre John
Cquote1.png Ele é simplesmente o pai todinho no passado Cquote2.png
Cream do Futuro sobre John
Cquote1.png Muito burro!! Cquote2.png
Cristal Rose sobre John
Cquote1.png Tambem acho... e muito gay! Cquote2.png
Mikel sobre John
Cquote1.png Tá me chamando de viado?! Vai ver! Eu vou chamar o Trônic meu pai!!! Cquote2.png
John sobre o comentário acima
Cquote1.png ... Cquote2.png
Sonic do Futuro sobre John

TailsMHstanding.gif

John Prower é o segundo filho de Tails com Cream. Ele(assim como Trônic está para Sonic e Cristal para Amy) é a cara do pai em tempos remotos e também o guerreiro mais retardado do Team X-Treme, e o melhor amigo de Trônic.

História[editar]

Trônic e John plagindo Sonic e Tails

Certo dia Tails estava tentando se clonar, testando sua nova invenção (uma máquina de clonagem, é claro!). Como ele não havia encontrado cobaias pra isso, resolveu fazer o processo com sigo mesmo. Nessa mesma hora, Cream entrou no seu laboratório totalmente na seca e com TPM pra completar. Com medo de que a situação piorasse, o raposo-fodão resolveu dar a ela aquilo que ela tanto queria; a pressão que Cream fez sobre o coitado foi tanta que eles nem tiveram tempo de ir pro quarto e fizeram o serviço lá dentro da máquina mesmo. Como não transaram de camisinha, Cream acabou engravidando e, depois de nove meses você vê o resultado, nasce o mais novo aberração lutador do Team X-Treme: John Prower, filho de Miles Prower com Cream Prower e irmão mais novo de Mikel Prower, descendente do Clã Prower e todo o resto de porrada-Prower que você pode imaginar.

Sobre John[editar]

Devido ter sido o resultado entre Tails e Cream dentro de uma máquina de clonagem feita pelo Tails, John é tudo aquilo que seu pai já foi em tempos atrás: laranja(ou será amarelo?), inútil, infantil, 100% raposa, meio gay(ou pelo menos com jeito de gay), usuário de dois rabos, piloto de tornado,demoníaco e n00b(logicamente Tails já não é mais 90% de tudo que aqui foi citado). Apesar de tudo isso, John infelizmente não herdou a inteligência de seu pai, diferente de Mikel; na verdade John é extremamente burro, e por conta disso acaba sendo facilmente influenciado pelas ideias suicidas de Trônic. Enfim é o guerreiro mais retardado do Team X-Treme... mas é macho.

Sua amizade(e rivalidade) com Trônic[editar]

John mostra o quanto ama seu miguxo Trônic
John pegando Cristal(notem a cara de medo do Trônic).

John sempre foi o melhor amigo e namorado mais querido de Trônic. Como eles tem quase a mesma idade, sempre se envolviam em várias surubas tretas juntos, sendo que sempre Trônic dava as ordens e John como um bom escravo sexual parceiro sempre o seguia(o que me lembra alguma coisa...), no entanto só sabiam se envolver em situações de extremo risco, tanto que até chegaram a enfrentar Metal Overlord fazendo fusão, apesar de terem perdido feio. John nunca teve coragem de contestar Trônic com medo de levar uma surra mesmo brigando de vez em quando com o mesmo. No final de tudo, os dois sempre se dão mal bem e resolvem mostrar o quanto se amam fazendo as pazes.

Ver Também[editar]