Joelsantanes:

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

{{#logotipo:http://images.uncyc.org/pt/9/93/Desciclojoelsantanes.png}}

7px-Bullet red.jpgUéu com 7px-Bullet red.jpgUati ari ia... biungue? 7px-Bullet red.jpgUati ari ia... selim 7px-Bullet red.jpgSandy boxe 7px-Bullet red.jpgHelpi 7px-Bullet red.jpgMidia ofi Desciclopêdia 7px-Bullet red.jpgGuildi ofi niubies 7px-Bullet red.jpgComuniti 7px-Bullet red.jpgEmbeisieis

te enciclopedia ofi... ééé... contenti-fri!
Wbar blue.jpg
O aterrador Pinóquio, segundo a doentia mente de um artista cubista. Sua infância nunca mais será a mesma.

Cubismo é um famoso movimento artístico incansavelmente explorado nas aulas maçantes de Artes do Ensino Fundamental e Médio, com o qual todo mundo que passou da quarta série (o que não inclui o Olavo de Carvalho) já deve ter entrado em contato pelo menos uma vez na vida. O cubismo é caracterizado por obras que resumem-se em um aglomerado de polígonos e formas geométricas escabrosas, que em conjunto formam imagens de criaturas deformadas e grotescas capazes de trazer à tona os seus mais terríveis medos. Apesar de todo o terror presente nas obras, há quem consiga ver alguma beleza depravada nas pinturas e esculturas, o que acabou consagrando-o como um dos mais importantes movimentos artísticos do século 20, por incrível que pareça.

Uma característica muito comum do cubismo é que ninguém consegue entender o que se passa na tela (nem mesmo os próprios artistas). Além dos quadros parecerem ter sido desenhados por pirralhos do jardim de infância, as combinações de cores utilizadas são sempre as mais sem-graças possíveis, com várias texturas e ondulações espalhadas pela tela, que mais parecem respingos de tinta transformados em borrões para tentar disfarçar alguma cagada cometida durante a pintura do quadro. Alguns pintores conseguem extrapolar o limite da esquisitice, criando quadros que usam umas 200 variações da mesma cor para representar quase todos os objetos desenhados na tela, criando uma paisagem sem originalidade que arde nos olhos.

Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter Share on Google+


Wbar green2.jpg
  • 9 de dezembro - Dei ofi Bidevu im de met bidevú becâse im de revech of the oter tim congratuleichon brazil
Wbar green3.jpg
  • Mai equipe pray very naice
  • Di farest taime
  • Iraq andeee andeee Sal d África véri uéu en gud pray sémem
  • ÉÉÉÉÉ...
  • But de second taime Ai revi control de mete becose the otro time que bafana bafana prey era veri naice im de mete, iés?.
Wbar green1.jpg
Can't show that in a Christian manga.jpg




DesNotícias (sem texto).PNG Iu can si pluis im UnNius
Wbar pink.jpg
Ai trai expleim bidevu!

Indice.gif

Artalt.jpg Arte

Cinema · Culinária · Literatura · Música · Linguística

Nuvola apps edu languages.jpg
Política

Ideologia · Político · Presidentes do Brasil

Crystal Clear app Login Manager.jpg
Biografias

Biografias

Nuvola apps package favorite.jpg
Saúde

Doenças · Drogas

Sciences exactes.jpg
Ciência

Astronomia · Biologia · Física · Matemágica · Qui-mica

Société.jpg
Sociedade

Diversão · Religião · Jogos · Ladrões

Sciences de la terre.jpg
Geografia

Países · Economia · Turismo

Nuvola apps mycomputer.jpg
Tecnologia

Informática · Telecomunicações · Sexo · AAAAA

Wbar white.jpg
Projetos paralelepípedes
A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: