Já se foi/Já chegou o disco voador

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Lá vem o disco voador é a frase do chaves que foi usada uma vez (mas repetida 44 vezes com as reprises do episódio) para dizer que o objeto em formato de bola inchada, a.k.a. gordo maligno em crise de abstinência, está chegando para cobrar o aluguel. De acordo com o protocolo da frase, Seu Madruga se esconderia atrás de uma vassoura quando o disco chegasse, e voltaria a trabalhar no cacete transístor quando o disco se fosse. Ele poderia fingir ser um mastro de bandeira ou um violão, afinal já fingiu que era Napoleão...

Uso[editar]

Cquote1.png Já chegou o disco voadoooor! Cquote2.png

Pode ser usada por seres extra-terrenos para dizer que sua nave chegou e ir para casa, assim como o E.T., mas sem o dedo parecido com um vibrador equipado com uma lanterna para ver o orifício por dentro.

Ou então para dizer que um disco LP saiu voando e caiu na cabeça do indivíduo, fazendo assim um disco voador... SmileySmall.png

Nota: A partir daqui, o autor viu um disco voador igual ao do bebê jupiteriano e achou que ficou louco, até o disco cair na cabeça dele e ele realmente ficar doidão.


Afinal, vamos vender a memória RAM de seu PC e comprar uma memória SAPO? Aqui estou mais um dia sob o olhar sanguinário do vigia, você não sabe como é caminhar com a cabeça na mira de uma HK metralhadora alemã ou de Israel...

Madruga é madruga, florinda é florinda, macaco é macaco e viado é viado. Mais Chaves é diferente né, ratatata preciso evitar que o Chaves faça o Quico chorar, RATATATA mais um carro vai passar, a culpa é das estatísticas, hoje não tem visita, não tem futebol, não tem biscoito!, graças a Deus e à Virgem Maria, falta mais uma temporada, 2 episódios e umas horas...

É necessário acreditar que a Dona Florinda vai passar, você não pode deixar o tapa vir te abraçar, é só um tempo, rum já vai passar, o caminho da cura pode ser a doença, a vitória é como um carro em Tangamandápio, acreditar que sonhar sempre é possível, na vila grande é assim, você espera tempo bom e só vem tempo ruim, será instinto ou coincidência viver no sonho ou na merda da sobrevivência...

Ver também[editar]