Inferno Cop

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Viva a violência!!!
Porrada e muito sangue
Inferno Cop é algo relacionado a Seinen

Este artigo tem a ver com animes/mangás muito sanguinários, onde os personagens enfrentam um mundo cruel e preconceituoso, desmembram seus inimigos ou vivem fodendo umas gostosas!
Kyo Kusanagiamaldiçoou abençoou esse artigo.

Inferno Cop
天元突破グレンラガン
Infernocopcapa.jpg
Explosões ao fundo, uma menção honrosa à Allah.
Gênero Explosão, Comédia, Mecha, Dedo no cu e gritaria
Mangá
Autor Teu pai
Divulgação Não
Onde sai Não
Primeira publicação No Japão
N° de volumes Nada
Anime
Dirigido por Eu
Estúdio Trigger
Onde passa No Youtube
Primeira exibição 2012
N° de episódios 13
Filmes Não, infelizmente
OVAs Também não, infelizmente

Cquote1.png Sua intenção era pesquisar: Robocop que deu certo Cquote2.png
Google dando uma de adivinho com a pesquisa de Inferno Cop

Inferno Cop é mais um "anime" da Trigger lançado em 2012, e ponha muitas aspas mesmo no "anime", pois se você assistir 30 segundos disso vai perceber que Inferno Cop vai além do conceito de animação nipônica. Não é à toa que muitos cientistas com PhD em Física Quântica até hoje teorizam que Inferno Cop era pra ser mais um daqueles trabalhos de escola/faculdade, em que você tinha que fazer um vídeo sobre determinado tema. Mas, por algum motivo específico, o criador do trabalho resolveu publicar os vídeos inteiros no Japão e render uma boa propina com isso, mas tinha um problema, a verba para produzir era de apenas 10 pila, então eles tiveram que usar o jeitinho brasileiro, um desses jeitinhos foi usar o mesmo cara pra dublar todos os personagens (é sério), sendo essa a história mais verídica para a origem de Inferno Cop.

Enredo[editar]

O protagonista fodão[editar]

Spoiler5.JPG ATENÇÃO! O texto abaixo pode conter (ou não) um ou mais SPOILERS!

Ou seja, além de deixar o artigo com mais pressão aerodinâmica nas retas e mais estável nas curvas de alta, ele pode revelar, por exemplo, que Billy morre enfrentando o Mind Flayer, ou que Sky Tate consegue virar Power Ranger vermelho depois que Jack Landors desiste.

Spoiler3.jpg

Nas ruas de Jack Knife Edge Town, o caos tava comendo solto por lá. Ninguém nessa cidade estava pronto, ou preparado para proteger o mundo da devastação e unir as pessoas de nossa nação, um caos onde os moradores não podiam nem ouvir os seus CDs do Ed Motta em paz. E só para provar que a cidade estava MESMO descontrolada, uma grávida aparece e é ameaçada por vários vilões malvados, mas eis que surge um policial casual para parar com toda essa putaria, mas ele percebe que os vilões malvados pagavam impostos, anulando todo o resto que eles fizeram até então, então o policial casual vaza dali.

No caminho de casa, enquanto o policial casual pensava em ver animes ilegais, eis que surge dentre o fogo e as chamas: Inferno Cop mais puto do que nunca, pronto pra arregaçar aqueles caras que estavam ameaçando a grávida na paulada (e a grávida também). O dito cujo mal chega no local e já bota ordem e moral porque hoje o dia não tá pacífico pro arrombado, e assim que os capangas vão pra cima, ele usa e abusa de sua arma explosiva, é tanta explosão que fazem o ISIS e Michael Bay terem inveja. Em um último ato de patriotismo, Inferno Cop pouco se fode para o líder e manda o chumbo grosso nele também, salvando a grávida. Porém,a grávida fica com tanto tesão de ter sido salva pelo herói do povo que acaba parindo o bebê em cima do asfalto mesmo, mas o líquido branco acerta Inferno Cop, fazendo com que ele quase morra afogado.

Inferno Cop vs. Bebê AMV Linkin Park[editar]

Você nunca verá uma luta com tantas reviravoltas em um espaço de tempo absurdamente pequeno igual em Inferno Cop

Após o caminhão-pipa cometer tal ato contra Inferno Cop (mesmo que sem querer), ele percebe que a rua ficou totalmente alagada, e agrávida desapareceu, deixando apenas seu bebê boiando na água. Inferno Cop, como um bom homem, vai acudí-lo de forma bem conveniente, e então descobre um X na cabeça do bebê, revelando uma reviravolta e também desenvolve o roteiro, pois esse X neste anime significa que é alguém de uma organização chamada Southern Cross, na qual é a responsável por todos estes ataques e foi por causa dessa organização fajuta que Inferno Cop perdeu seus pais.

Logo após descobrir isso, o bebê se revela como um monstro gigante da Southern Cross, e então começa a atacar o nosso protagonista igual Goku em batalha decisiva, então começa a maior batalha de todos os animes. Inferno Cop saca sua pistola 38 e puxa o gatilho sem dó nem piedade, o bebê, por outro lado, revela algo chocante: ele é imune às balas de Inferno Cop, ricocheteando-a diretamente para o nosso protagonista. Mas eis que surge outra revelação bombástica: o Inferno Cop TAMBÉM é imune às suas próprias balas, ricocheteando-a mais uma vez em direção ao bebê, fazendo com que volte nele e o bebê exploda em pedaços, terminando esta batalha muito sangrenta e cansativa.

Porém, outro contratempo surge, e neste momento o Inferno Cop já devia estar gritando pra si mesmo que estava tendo um mau dia e xingando a Southern Cross de filhos da puta. Então, surge das sombras o Mr. Judge, e o mesmo incrimina Inferno Cop por ter matado um bebê inofensivo, levando-o para um julgamento em um tribunal. Durante o julgamento, os argumentos e conclusões mais complexos que vídeos do Xbox Mil Grau eram absurdamente constantes, e por causa disso o juiz não determinava a real sentença de Inferno Cop. Mas o policial infernal tacou o famoso foda-se e explodiu tudo e todos lá dentro do tribunal, fazendo com que ele seja preso de forma unânime. Mas, durante seu monólogo de protagonista e no caminho da prisão, o carro da PM derrapa em uma ribanceira e todos caem de um lugar coincidentemente alto, deixando Inferno Cop em coma.

Mecha Cop[editar]

Após acordar do coma fudido que lhe causou, Inferno Cop está em um hospital vigiado por uma enfermeira fajuta, mas assim que a Southern Cross descobre que o mesmo acordou, ele envia as forças especiais da organização, o F, o B, o I, formando a FBI, e então manda a FBI para pegar o nosso protagonista. No começo, ameaçam ele raptando a enfermeira, mas como ele tava pouco se fudendo, Inferno Cop incorpora o Homem-Aranha e pula do prédio enquanto explode, e então é cercado por zumbis e vê que ele está no futuro!!11

Após isso, é mostrado no Jornal Nacional que a onda de zumbis estava chegando mais uma vez, e justamente pra cima de Inferno Cop. E como se já não bastasse disso, aparece Mecha Cop, o Inferno Cop em formato de robôzinho fajuto. No começo, tenta matá-lo, mas como pinto pequeno não se enfia todo de primeira, Inferno Cop volta vivo da explosão e vira o Ayrton Senna, ou melhor, O CARRO dele. E por causa disso ele atropela Mecha Cop, levando ambos para o passado e em um mundo cheio de dinossauros. Tentando fugir de lá, os dois acabam encontrando os cospobres de Ewoks, que ao invés de matarem eles queimados e poderem apreciar uma puta ceia com pernil, eles os confundem com deuses e preparam um banquete fodido pros dois alcançarem o nível de gordura de Você. Até que o deus asiático aparece e fica putinha com os dois homens, alegando que eram falsos e os enganaram, e em um ato super maduro ele manda todos eles tomarem no cu e mandam eles pra casa do caralho.

Ao chegar no Inferno, Inferno Cop e Mecha Cop se deparam com uma senhora que se revela tia do Inferno Cop, e pede para que um deles a ajudasse com o tio do mesmo, então sem muito esforço eles conseguem render uma boa grana pra tia. Então se mostra um dilema e um monólogo muito longo e forte sobre o Mecha Cop, pois ele queria ficar lá no Inferno, pois ajudou os tios de seu amigo. Mas o Inferno Cop tava pouco se fudendo pra isso e usou a saída mais fácil do Inferno: indo por uma porta que estava escrito Saída.

Hellfire Boy e a Corrida Maluca[editar]

Saindo do seu habitat natural, Inferno Cop começa a voar pelas ruas fritando tudo e todos que vê pela frente, e isso aconteceu com um pequeno garoto que estava sendo violado sexualmente na rua, mas após Inferno Cop passar com a piroca flamejante, o garoto se revela como Hellfire Boy, um garoto que consegue controlar fogo. Após isso, ambos já viram amigos e querem participar de uma corrida que vale 1 milhão de reais pro vencedor, então eles nem perdem tempo e já se preparam para o dia da corrida... Que era no mesmo segundo que eles viram o cartaz.

Todos em suas posições, Inferno Cop e Hellfire Boy estavam prontos pra botar todos pra mamar e matar mil, eram eles contra Mr. Judge, Dick Vigarista e o resto de todos os figurantes, e dada a largada! Inferno Cop e Hellfire Boy seguem constantes para chegar no primeiro lugar, e atrás deles estão os figurantes super importantes, até que, no fim da corrida, Hellfire Boy vê que Mr. Judge passou dos dois e se sacrifica em prol de Inferno Cop, e jurando a ele um último desejo: enterrá-lo no Egito. Uma fração de segundo depois, Hellfire Boy derrete por completo, fazendo com que Inferno Cop ficasse igual à Floresta Amazônica e vai com toda a sua velocidade e passa por Mr. Judge, mas Mr. Judge já sabia o que fazer, e usou a famosa tática de gritar para Inferno Cop: "Quem cruzar a linha primeiro é viadão!", fazendo com que Inferno Cop pare e deixe Mr. Judge passar em primeiro lugar. Mas isso não adiantou de nada, pois revelaram que o cara em segundo lugar também ganhava 1 milhão de reais, acabando todo o sofrimento e misério que Inferno Cop passou como mendigo.

The End of Inferno Cop[editar]

Após fazer sua homenagem honrosa para Hellfire Boy, Inferno Cop entra em uma das pirâmides do Egito, onde o interior é idêntico à ultima fase do Mario. Lá, ele passa por muitos obstáculos e enfrenta vários inimigos até chegar no Boss final, que era o Faraó que estava dormindo em sua tumba. Com um pouco de esforço, Inferno Cop consegue transformar o Faraó em presunto rapidamente, mas isso deixa ele totalmente baiano, fazendo com que ele dê um leve cochilo dentro da até então tumba do Faraó, só que no meio de seu 15º sono, o ronco de Inferno Cop é estragado por uma ligação de um mero filho da puta, dizendo que a cidade estava sendo atacada pela Southern Cross, então ele não perde tempo e vai até lá.

Em um corte mágico, ele chega na cidade em menos de 1 segundo, e quando ele vê o caos que a cidade estava tendo, Inferno Cop fica mais puto que sua namorada com TPM. No começo, ele consegue fazer alguma coisa, porém a Southern Cross é poderosíssima e pegou o arrombado, começando o Terceiro Impacto. Até que surge das sombras, não um, nem dois, mas sim mais de 8000 Inferno Cops prontos pra descer o cacete em geral. Tudo isto foi obra da grávida do primeiro episódio, que se revela como Cláudia, a rainha demônio. Em explicação genérica, após ele ter salvado ela, Cláudia sentiu um tesão enorme por Inferno Cop, e quis que todos do planeta fossem igual ele. Ela ia falar mais coisas, mas o Inferno Cop original lascou o foda-se e metralhou Cláudia, deixando essa explicação incompleta e salvando o mundo, terminando o anime.

Personagens[editar]

Acredite se quiser, mas isso é só mais um Otaku Weeb fazendo cosplay de Inferno Cop
  • Inferno Cop: O protagonista da porra toda, que se envolve em muitas confusões e apronta altas aventuras com seus amigos, na maioria das vezes ele resolve os problemas na base do diálogo e com toda a razão do mundo, sendo esse um personagem complexo e profundo, igual história de puteiro.
  • Mecha Cop: Um coadjuvante muito foda para acompanhar o protagonista, onde tem um monólogo e desenvolvimento ofuscado pela técnica de dedo no cu e gritaria de seu amigo Inferno Cop, sem contar que ele mesmo faz os sons de bip no seu programa.
  • Hellfire Boy: O autor tentou muito segurar para não chamá-lo de Dick Grayson, ou Jason Todd, mas não deu outra. Ele é a putinha do Inferno Cop, o seu filho adotivo em que é apaixonado incestuosamente por ele, ambos se dão muito bem e é homenageado pelo nosso protagonista de uma forma serena e honrosa: comendo ele.
  • Cláudia (grávida): Esta é a chave para a história. A dita cuja que criou um foreshadow maroto pro anime todo, é até válido sentir tesão pelo Inferno Cop, mas meio que ela exagerou na heroína e fez esse troço aí.
  • Deus amarelo: Não tem muito que dizer sobre ele, o mesmo foi traído pelos Ewoks e mandou tanto o Inferno quanto o Mecha pro cu do mundo, mas só isso. Tinha que ser asiático, porra...
  • Ewoks: O próprio nome já diz, estes bichos de 1 metro e 40 de altura são burros o suficiente para tratarem qualquer pessoa que apareça como um Deus, e servindo a ela um puta McLanche Feliz no capricho.
  • Southern Cross: Este pode valer como um todo, pois de um modo geral, esses são os fatídicos personagens que não valem nada, e aqui nós temos uma lista extensa, como por exemplo, o F! B! I!, a enfermeira gostosa, o juiz e etc.
  • O resto dos figurantes: O mesmo do de cima, mas como complemento temos a tia do Inferno Cop, o tio do Inferno Cop, Mr. Judge e o autor está com preguiça de pensar no resto, então vai acabar aí mesmo.

Como ver Inferno Cop sem ter um gozo interno[editar]

Para realizar este feito infalível, você precisa escolher entre uma dessas duas alternativas, e se tiver um azar do caralho, as chances de ser as duas coisas ao mesmo tempo aumenta drasticamente, e aqui estão elas:

  • Seja chato pra caralho: Essa não é só uma tática para se pagar de cultuado, mas também a justificativa de você não ter amigos (claro, depois de ser otaku). Leve Inferno Cop a sério e tente fazer uma dissertação elitista de 50 linhas falando sobre como você não gosta de obras de humor, pois leva elas a sério e quer ver coisas cultuadas e mais profundas do que o cu da mãe do mesmo, desconstruindo o anime todo e tentando combinar o cu com a calça, vindo junto com a consequência de virar um gordo sedentário que bate na mãe.
  • Seja surdo e cego: De longe a mais infalível, se sua mãe estiver grávida e comprar o pacote Filho + DLC "tomou no cu", as chances de você já tiver isso de nascença são altas. Por isso que estes seres são prato cheio para comentar que Inferno Cop não tem graça, estranho e tudo mais. Nem se a sua webnamorada souber linguagem de libras vai dar certo, Inferno Cop para você sempre será um inferno de verdade.

Relacionados[editar]