Ilhéu

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.pngSua intenção era pesquisar: IlhéusCquote2.png
Google sobre Ilhéu

Ilhéu conhecido também por ilhota, farelhão e mini ilha, é meio que uma ilha, na verdade é uma ilha, só que desta vez ela sofre de nanismo e por conta disso é menor do que os outras ilhas, na real é bem óbvio que uma ilha com nanismo, ou qualquer outra coisa, é uma ilha menor do que as outras, mas é bom avisar para ficar bem explicado... Podem existir vários e trocentos motivos para que um ilhéu seja um ilhéu, desde bombas atômicas que papocaram a antiga ilha, ou até mesmo o aquecimento global...

Tipos[editar]

Um ilhéu qualquer... No mar podemos contemplar uma perseguição...

Sim, existem alguns tipos de ilhotas por aí, essas estudas pelo o estudo de ilhas, ilhotas e pedras aleatórias no meio do mar, que é um ramo da geografia, e dizem que até mesmo uma garrafa de cerveja eles estudam... O primeiro tipo é o ilhéu do tipo fluvial, é uma ilha que fica no meio de um rio, que pode desde ser um pedaço de terra ou um sofá largado num rio, que logo logo será pego por um mendigo... Outro tipo é o ilhéu temporário, isso porque como o nome diz ele é temporário, ou seja, ele é temporário só aparece com a maré baixa, ou quando um obeso dá um pulo na piscina e seca ela todinha, graças aos seus poderes gordurosos...

Os ilhéus satélites são aquelas típicas ilhotas que aparecem em desenhos animados ou filmes, ou seja são mini ilhas no meio da puta que te pariu, sem nada por perto, a não ser água e mais água e mais um pouco de água... É bem comum ver um idiota indo parar lá por pura burrice, ou por um naufrágio. Também existem os cayos, que são meio que umas ilhotas fuleiras e super planas, de um modo que qualquer terraplanista não poderia botar defeito. Resumindo são simplesmente uma ilhota que é fininha por cima, sem nenhum relevo.

E por fim nós temos os dois últimos tipos de ilhéus: os ilhéus atômicos e os ilhéus de gordura saturada LDL. O primeiro ilhéu, o atômico é ocasionado quando um demente dos Estados Unidos ou da Rússia papoca uma bomba em uma ilha que ninguém liga, e por causa disso reduz seu tamanho original a quase nada. Já um ilhéu de gordura saturada LDL era, no caso, uma ilha frágil que foi contemplada com a visitação de um gordo, que acabou se escorregando na ilha, causando a destruição da mesma, que só restou um pedaço. Demais ilhéus são inúteis demais para serem citados aqui...

Possíveis causas[editar]

Por vários motivos uma ilha pode ser reduzida à uma ilhota, na verdade são só cinco até agora, catalogados pelos estudantes de estudo de ilhas, ilhotas e pedras aleatórias no meio do mar, que é um ramo da geografia... O mais comum de todos é que uma ilha cansou de ser ilha e quis fazer algo de diferente em sua vida, por isso se transformou em um ilhéu. Outro motivo convincente é que uma ilha estava fazendo lambança no emprego e desceu de cargo, sendo assim um farelhão (nome alternativo para ilhéu ou ilhota, que com certeza é de origem indígena).

Outros três motivos seriam que jogaram uma bomba atômica nele ou um obeso, no caso ele que se jogou (ou seria a gravidade...?), como já foi dito, e o último motivo, que ainda foi catalogado é que seria um caso de abdução, onde um disco voador tenta abduzir uma ilha, mas não consegue e só leva uma parte dela. Isso é bastante comum em lugares como o deserto da Califórnia, ou o Triângulo das Bermudas... Por isso tome cuidado quando estiver numa ilha, dizem que os antigos astronautas, que ficaram para trás, gostam de ilhas como animais de estimação...

Ver Também[editar]