Hipocondria

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Asclepius.png A Desciclopédia não é um consultório de medicuzinho.
Por isso, tome vergonha e vá procurar um para fazer seu check-up.

Cquote1.png AAAAHHHH!Mas que dor de cabeça maldita!Só pode ser tumor no cérebro,melhor começar a escrever meu testamento... Cquote2.png
Hipocondríaco sobre tentar se antecipar,achando que vai morrer

Cquote1.png Mas tá doendo muito,não pode ser só isso! Cquote2.png
Hipocondríaco ao discordar do médico sobre diagnóstico feito,após ter feito 10 exames diferentes


Hipocondria é uma doença que dá em pessoas loucas, mas não tem doença alguma além da burrice. Essa doença geralmente ataca telespectadores de programas televisivos como o Fantástico que sempre garantem que você vai morrer se não lavar sua cozinha com os produtos Minuano e Bombril.

Hipocondria também ocorre quando o paciente acha que sente algo como uma forte dor de cabeça, como a que estou sentindo agora, febre, dor na garganta, na biela, no pistão ou também no cárter, por exemplo, tudo que estou sentindo também, daí a pessoa começa a acreditar que está doente, mas quando vai se consultar no médico descobre que não tem nada isso porque o viado do médico é muito incompetente.

Formas de contágio[editar]

Cquote1.png Eu fiz Shoop da Whoop! Eu tenho hipocondria! Cquote2.png
Rei Harkinian sobre hipocondria

A principal forma de contágio de hipocondria é a televisão, responsável por 99%[1] dos casos desta doença, através de programas de "saúde" altamente contaminados por patrocínios de laboratórios de medicamentos e conselhos de medicina. Este tipo de programa serve de hospedeiro para o vírus Histericus Coletivus D'Asnus que afeta o corpo humano levando a surtos histéricos de toda forma.

A internet também é outra grande indutora de comportamentos hipocondríacos. Dor no olho? Na cabeça? Jogue no Google! Isso sem contar o povo que vive postando perguntas sobre dores no Yahoo!Respostas,do jeito mais analfabeto possível, e a melhor resposta que eles recebem normalmente é um ctrl + c/ctrl + v da wikipédia ou algum outro site tão duvidoso quanto.

A transmissão da hipocondria pode se fazer por consultas frequentes a médicos pilantras e a crença em tratamentos para garantir uma vida saudável.

Sintomas[editar]

Pessoas hipocondríacas mesmo não estando doentes estão doentes, então se você encontrar uma pessoa dizendo que comer ovo faz mal e que cheirar maconha pode te matar, corra! Esta pessoa assiste Globo Repórter e leva a sério o que dizem lá. Outro comportamento comum em hipocondríacos é, toda vez que sentir dor ou alguma "sensação estranha", achar que está com a doença mais rara e grave possível, como aquela tal de pneumoultra-sei-lá. Nessa hora, ele começa a querer sair correndo para o pronto-socorro mais próximo, achando que precisa fazer imediatamente alguma cirurgia ou começar um tratamento antes que bata as botas.

Grupos de risco[editar]

Nesse mundo louco de hoje em dia, qualquer um pode virar hipocondríaco, mas normalmente os hipocondríacos são pessoas de idade, que após já terem acumulado séculos de existência começam a sentir cada vez mais necessidade de ir ao médico e com isso tentarem alcançar a imortalidade(!?). Mas cada vez mais adolescentes e adultos estão ficando hipocondríacos também, culpa das aulas de biologia, já que em boa parte da matéria somos obrigados a ver fotos de doenças bizarras e nojentas. Por causa das fotos de DSTs, parte dos adolescentes hipocondríacos viram celibatários também.

Claro, você pode usar isto também.

Tratamento[editar]

Uma vez identificada a hipocondria, o paciente deve ser tratado por profissionais especializados em especial de porrada, já que isso é doença de fresco e gente extremamente carente que quer chamar a atenção e encher o saco de todo mundo.


Ligações externas[editar]

  1. Segundo o IBDI