Hidrogênio

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Hidrogênio
Pillars-of-creation.jpg
Um montão de hidrogênio
Símbolo, número H, 1
Série 1
Principal isótopo Prótio
Propriedades atômicas
Massa atômica Menos de 1 grama
Dureza Nenhuma
Nível de radioatividade Só no centro do Sol
Nível de toxicidade Nenhuma
Propriedades físicas
Comestível? Não (venenoso)
Inalável? As vezes
Posso passar na pele? À vontade
Onde encontrar No núcleo de estrelas
ponto de fudição Só com Mestre Kamus soltando um Execução Aurora e criando o zero absoluto
ponto de rebuliço -252,882
Coisas de quadrinhos
Probabilidade de te transformar num super-herói Baixíssima



Cquote1.png Eu sou 75% hidrogênio. Cquote2.png
Universo sobre hidrogênio.
Cquote1.png Você é muito solitário, vamos fazer combustível... Cquote2.png
Carbono sobre hidrogênio
Cquote1.png Não, vamos fazer um boroidreto Cquote2.png
Boro sobre citaçãoa cima
Cquote1.png Boro, como você pôde? Por que me abandonaste? Cquote2.png
Oxigênio sobre citação acima.
Cquote1.png ELE PÔDE?! Deu mole, zé ruela! Cquote2.png
Flúor sobre citações acima.
Cquote1.png ÊÊÊ, caralho... Cquote2.png
Citação acima sobre citação acima.
Cquote1.png O que seis carbonos estão fazendo de mãos dadas com seis hidrogênios na igreja? Benzeno! Cquote2.png
Nerd religioso sobre hidrogênio.
Cquote1.png Vamos pra piscina, lá tem duas hidrogênias para cada oxigênio! Cquote2.png
Oxigênios, se preparando para a suruba

Hidrogênio é um elemento químico da classe dos humildes, sendo ele desnaturado e sem família, afinal é o elemento mais simples de todos, e o mais fácil de existir na natureza, tendo apenas um próton e um elétron. Além de pobre, para piorar a situação tornou-se um mendigo, pois não tem local definido na tabela periódica e nem família.

História[editar]

Só foi conhecido como um elemento depois de ter sido retirado de cima do mercúrio por Henry Cavernish, um empata foda do caralho renomado químico que provou que o hidrogênio é um gás inflamável de metais. Lá em 1783 Antoine Lavoisier apadrinhou o gás dando-lhe o nome de hydrogène, apresentando-se então para os mais íntimos apenas como H de homem, representando a classe machona mercúrio que o diga da sociedade química.

Vida social[editar]

Hidrogênio procurando a sua família na época mais dura de sua vida.

Hidrogênio, o mendigo gay prostituído, por não ser dono de seu próprio negócio é colocado em cima de qualquer um metal alcalino e é a putinha do cafetão carbono em moléculas orgânicas, no primeiro grupo de classificação A, de afeminados, e isso é feito pela sua configuração eletrônica terminal, entende-se assim quem é o entrante. Também se acredita que a posição real do Hidrogênio, é acima dos halogênios encontrando-se ao lado do Hélio, outro queima-rosca safadinho, ou seja, é tudo uma suruba que termina em parada gay e o Richarlysson é o presidente.

Procurando encontrar-se, o hidrogênio tornou-se rebelde e começou a ouvir heavy metal, especificamente a banda trash Ósmio. Então, com a tenra idade de 3,2x104 anos, o hidrogênio teve seu primeiro amor, quando começou um longo vínculo iônico com a lítio, uma garota de sua classe. Assim como o hidrogênio, o lítio também era rebelde e tinha um temperamento forte, e isso a deixou bastante reativa, muito embora os demais colegas da turma, boro, estrôncio, ferro, inclusive as meninas populares hélio e argônio e até os estudantes de intercâmbio (Índio e Gálio) foram notáveis ​​em expressar oposição àquele namoro. O hidrogênio na época discordou de todos, dizendo que a Lítio "tinha uma propriedade psicoativa ainda incompreendida".

O hidrogênio acabou descobrindo que a Lítio estava fumando quark escondida, apesar de sua promessa de que abandonaria aquele vício. Isso, junto com a descoberta de que Lítio estava se encontrando com aquele idiota do Berílio por trás do Hidrogênio, fatos que somados levaram à sua separação. Depois disso, o Hidrogênio passou por um período caracterizado por sentimentos de solidão e melancolia.

Depois de um tempo, o Hidrogênio seguiu em frente sua vida. Depois de se formar no ensino médio, ele conseguiu um estágio com Potássio, um elemento mais antigo e com muita influência. De acordo com a Hélio "o Sr. Potássio realmente ajudou o Hidrogênio a encontrar sua própria estrutura cristalina e agora ele podia gritar com orgulho: 'Eu sou Hexagonal!'"

Mas um dia, durante o seu estágio,o hidrogênio encontrou a oxigênio, graças aos estromatólitos. Houve química instantânea entre os dois, e um vínculo rapidamente se resultou neste namoro. O vínculo resultante, água, foi muito bem recebido por quase todos elementos químicos, uma aceitação que não ocorreu nos namoros anteriores de hidrogênio, especificamente aquele namoro com nitrogênio que quase acabou com a vida na Terra com tanta amônia. A ligação com a Oxigênio, de acordo com o próprio hidrogênio "trouxe propriedades que ele nem sabia que tinha... como adesão, solubilidade e coesão."

Após oc asamento, o hidrogênio agora vive no superaglomerado de Virgem, onde produz vários filhos diariamente, através de fusão nuclear, em surubas no interior de estrelas.

Onde encontrar[editar]

Para qualquer lugar que você olhar, o hidrogênio está lá, afinal são os mendigos da tabela periódica, sempre querendo chamar atenção caso uma fagulha os aqueça. Seja na atmosfera, na água, no teu corpo, no Sol ou na Constelação de Vagina Maior, há ali hidrogênio.