Happy Hogan

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Cquote1.png Tony! Que mala de viado é essa? Cquote2.png
Happy Hogan
Cquote1.png É a minha armadura portátil bocó! Cquote2.png
Tony Stark
Aham Tony... Tô sabendo...

Happy Hogan é um dos coadjuvantes dos quadrinhos do Homem de Ferro; Happy é o motorista de Tony Cachaça para quem não se lembra. Ele ficou mais conhecido mesmo depois de sua participação no Homem de ferro e a clássica cena que mostra a sua primeira vitória como boxeador, sim, Happy era um boxeador, a diferença é que ele vivia perdendo.

Boxer[editar]

Cquote1.png Sai pra lá Happy, não quero teu olho gordo estragando meu jogo Cquote2.png
Tony Stark
Esse Tony é esperto, sabe que se o cara é um boxeador fracassado ele tem chances de ser um Zeca Pimenteira da vida.

Antes de conhecer Stark, Happy era só um jovem patrocinado pelo pai, extremamente míope, para ser um grade boxeador. MAS por ser míope ele nunca via que na verdade o cara que estava batendo no outro não era o seu filho mas sim o Treinador dele. O pai de Happy bota fé no menino e assiste TODAS as suas partidas.

O Empresário contratado por seu pai para Happy não era míope e nem cego e sabia o que via. Depois de 10 derrotas consecutivas e Happy quase desistindo o seu empresário o alerta: "Se você contar pro velho o que tá acontecendo, vai poder matá-lo e perderá seu principal ganha-pão". Ele concorda em manter segredo e o empresário fazia a cobertura.

Durante 10 anos eles manteram a fachada, se Happy não era campeão pois ele estava jogando na liga amadora então ele comprava troféis de mentirinha. O pai de Happy não ouvia as notícias e sorte deles que ele era surdo afinal Happy era horrível e nunca tinha ganhado uma competição.

Quando tudo dá errado[editar]

Um dia, dizendo que ia se aposentar, Happy vai procurar um emprego de verdade e para de ser surrado, acontece que é nesse dia em que o pai de Happy vai ao oculista depois de anos de insistência da esposa e vê a surra que dão em seu filo e os anos de mentira. Ele tem um ataque e Happy vira um motorista de Stark.

Motorista[editar]

Como lutador ele era péssimo mas como motorista ele era ótimo. Stark nunca dirigia, ele que contrabandeava as bebidas por ele e as trazia escondidas de Jarvis para Tony na época em que ele virou alcoólatra, ele era um alcoólatra como qualquer um para Happy até que ele descobre que ele na verdade é um alcoólatra idiota assassino com uma armadura mega perigosa.

Ele descobriu que Tony era o homem de ferro depois que este explodiu o seu carro ao se dizer cansado de levar bebida para ele.

Antes disso, Happy treinava Tony mas como sempre ele era horrível. Tony dava mais surra nele do que em qualquer outra pessoa mas era uma fachada para o homem de ferro.

Primeira luta vencida[editar]

A sensação foi de que o mundo acabou, ele só venceu a batalha em uma vez que ele e a Viúva Negra invadiram as instalações de Hammer (um dos oponentes de Stark), isso no filme, pois só no filme que ele bateu em alguém. Já nas HQs, na Marvel Comics Zombie, ele é comido pelo Homem gigante, o alter-ego de Hank Pym na época, ou mais conhecido como o cafetão da Marvel Comics. Quanta ironia.

Ver também[editar]