Gohma

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Você quis dizer: Goma de Mascar? Cquote2.png
Google sobre Gohma

Cquote1.png Um bicho chato pra cacete! Cquote2.png
Link sobre Gohma

Cquote1.png Nunca um olho foi tão esfaqueado! Cquote2.png
Myamoto sobre Gohma

GOHMA, Parasitic Armored Arachinid é um chefão brasileiro e não desite nunca. Poucos sabem, mas ele foi a besta que mais apanhou até hoje na história dos jogos de Zelda, nem Ganondorf morreu tantas vezes quanto Gohma.

Infância[editar]

Primeira aparição de Gohma, já atazanando a vida de Link.

Gohma começou fazendo pequenas aparições naqueles Zeldas atiguíssimos que você nunca jogou na vida, naquela época Gohma já demonstrava sua satisfação em apanhar, morrer e ressuscitar, ele era daqueles guardinhas chatos que você precisa ficar matando infinitas vezes. Nessa época ninguém imaginava que aquelas aranhas que pareciam um escorpião com torcicolo ganharia a notoriedade de atualmente.

Início da Carreira: Ocarina of Time[editar]

Gohma.jpg

Gohma só foi ganhar notoriedade em relação àqueles monte de corvos, soldados com cara de porco e pixels malígnos dos Zeldas antigos, quando fez sua aparição em Ocarina of Time. Gohma ressuscitou por causa de uma mutação estranha que a Great Dedo no Ku Tree (uma árvore gigante que fala) fez por causa das reações químicas dos fungos que a estavam infectando. Gohma começou a carcomer a Great Dedo no Ku por dentro, a árvore que não aguentava mais aquilo mandou chamar Link, o milagreiro para dar cabo em Gohma.

Gohma nessa primeira aparição é conhecido como Drag Quenn Gohma, e como é o primeiro chefão é um inimigo moleza que serve para fazer aprender os controles, ele morre para armas como pedaços de pau, estilingue do Chaves e espadinha de papelão. Quando ele morre ele diz: "Eu voltarei!".

Gohma, o Retorno: Wind Waker[editar]

Gohma possui um enorme prazer de atazanar a vida de Link, além de um grande dom em resistir ser morto, já que ele sempre volta no jogo seguinte. Em Wind Waker ele reaparece desta vez para causar azia em um dragão. Gohma habita o topo de um vulcão em atividade, numa ilha que um vulcão inteiro, isso mostra o quanto ele não tem nada de melhor para fazer. Ficou maltratando o rabo de um dragão até Link decidir ir salvar o dia.

Gohma nesse momento parece mais burro que o normal e além de atacar com bafos de fogo difíceis de acertar fica paradão esperando que Link taque pedras gigantes em cima dele.

Final de uma trajetória de sucesso: Twilight Princess[editar]

A última ressuscitação de Gohma foi em Twilight Princess parado em uma caverna escura no Temple of Time. Gohma aparece como Twilight Arachnid, Armogohma, apesar de estar todo bem feito em relação aos Gohmas anteriores, este é fraco igual a todo e qualquer Gohma.

A burrice de Gohma nesse momento atinge um alto grau onde ele consegue ser besta o suficiente para andar sob a luz solar cujos raios são prejudiciais a ele, Link não precisa fazer praticamente nada para matá-lo. Parece que desta vez Gohma não ressuscita mais.

Por outro lado, fãs do mundo inteiro se mobilizaram e exigem e ressucitação e presença de Gohma na próxima sequência de Zelda.

Combate[editar]

Só um n00b verá isto:

Ver Também[editar]

King Dodongo

Ganondorf

Barinade