Freguês do Restaurante da Dona Florinda

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Freguês do Restaurante da Dona Florinda, personagem mais marcante interpretado por Abraham Stavans, é um cara aleatório que vai no boteco da Dona Florinda beber cafés com mosca, almoçar comida requentada e dar um cagão no banheiro unissex.

Biografia[editar]

Ninguém sabe daonde esse idiota surgiu, talvez porque figurantes não nascem, apenas aparecem.

Participação em Chaves[editar]

Freguês do Restaurante da Dona Florinda ao saber que teria que pegar senha pra dar um cagão.

Uma participação bem básica, em um dia como qualquer outro, em seu horário de almoço na firma, o Freguês do Restaurante da Dona Florinda vai comer uma gororoba com sustância no boteco da Dona Florinda para aguentar o tranco. Porém, chegando lá, acaba sendo incomodado por um monte de pentelhos mortos de fome e sem dinheiro que querem que ele pague a conta de geral. Para não gastar o seu salário de pedreiro que seria gasto futuramente com pinga, mulheres e carrões, o Freguês do Restaurante da Dona Florinda vai pra um outro canto pra comer sossegado.

Depois de bater um arroz, feujão azedo e bife de pescoço, o Freguês do Restaurante da Dona Florinda pede um cafézinho, pra tirar o gosto ruim da boca, mas eis que o mesmo vem com um ingrediente especial, uma mosca. Reclamando dessa putaria com a dona do estabelecimento, o Freguês do Restaurante da Dona Florinda consegue sair sem pagar e direcionar o dinheiro que seria gasto ali em mais pinga.

Em uma outra oportunidade, o Freguês do Restaurante da Dona Florinda volta para o boteco, mas desta vez não para almoçar uma gororoba qualquer, mas sim para dar um cagão no banheiro unissex. Não consegue, pois geral tava com vontade de dar uma barrigada, já que haviam provado o arroz dormido servido no restaurante.