Freddy Jackson

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Boieng da Trans Brasil indo pro brejo.jpg Olha o(a) Freddy Jackson vindo!
Olha o(a) Freddy Jackson indo!

Este artigo fala sobre coisas que avuam pro alto.
Clique aqui pra ver quem mais vai pelos ares. Literalmente.


Bandeira da Inglaterra.png GOD SAVE THE DESCIC£OPEDIA!!

The Merlim's Order First Class garante que este artigo é 100% inglês. Ele é industrializado, casto, vitoriano e tem a aprovação de Câmara dos £ordes.

Se o artigo for sem graça, é apenas humor britânico.
Rainhavitoriapre.jpg
O avião de Freddy, comprado parapsicologicamente pelos produtores do seriado da Mulher Maravilha

Freddy Jackson foi um mecânico de aviões, nascido na Inglaterra, que trabalhou na Royal Air Force durante a Primeira Guerra Mundial e após esta guerra.

Freddy nasceu em 1872, provavelmente, morrendo em 1919, 1 ano após a guerra, na cidade de Cranwell, condado de Lancashire, em um acidente. Mas por que um mecânico comum que ninguém nunca viu mais gordo teria uma página na Desciclopédia? Acontece que este mecânico comum é ninguém menos do que o Aviador Fantasma, o fantasma mais famoso dos sete ares, que nunca pilotou um avião na vida, mas na morte foi um verdadeiro ás.

História do Mecânico[editar]

a fotografia do fantasma de Freddy Jackson, com o fantasma destacado. O fantasma está ali atrás, fungando no cangote do sujeito de carne e osso.

Alfred Jackson nasceu na cidade de Marlboro, na Inglaterra, mas não era fumante. Especializado em mecânica de aviões, trabalhou para a Royal Air Force durante a Primeira Guerra Mundial. Alfred "Freddy" Jackson fazia parte da tropa 42, comandados pelo famoso oficial Victor Goddard (ele era famoso, mas não o suficiente para ter um link atualmente), que seria mais tarde o Marechal do Ar da RAF.

Freddy era um bom mecânico, mas um pouco descuidado. Certa vez ele confundiu sua chave de fende com o supositório receitado pelo médico. Tentou consertar o avião quando viu em sua caixa de ferramentas um supositório. Freddy então se perguntou - Onde será que eu coloquei a chave de fenda? Há, essa piadinha é velha, mas com chave de fenda você nunca tinha lido ainda....

Freddy estava consertando um avião, no esquadrão de Cranwell, quando, por descuido, colocou a cabeça no propulsor do avião, fazendo um suco a la Juicer Philips Walita. Freddy morreu e seu espírito fez curso de pilotagem de aviões de guerra. Não se sabe o que aconteceu depois disto. Dizem os outros fantasmas que Freddy foi condecorado com a Cruz de Plasma alguns anos depois.

História da Foto[editar]

A foto onde o espírito de Freddy Jackson aparece foi tirada em 1919, algumas semanas após sua morte. Os especialistas em parapsicologia acreditam que Freddy Jackson não sabia que estava morto e que resolveu aparecer no dia da fotografia crente que estava vivo. E a câmera fotográfica também não sabia que Freddy estava morto, captando o fantasma de Freddy. A foto ficou exposta durante alguns anos na galeria de fotos da Royal Air Force e depois foi dada de presente ao atual marechal do ar, Victor Goddard. Victor deixou a foto do esquadrão em sua casa.

No ano de 1974, quando Victor já estava velho e aposentado da força aérea, ele foi dar uma olhada nas fotos antigas e em uma das fotos encontrou um fantasma. Victor, apesar de ter catarata, cegueira parcial, hipermetropia, miopia, astigmatismo, conjuntivite e outras coisas mais, conseguiu achar um fantasma na foto, na fila do topo, atrás de alguém cujo nome não interessa porque é apenas um coadjuvante na foto, que serviu de degrau para a carreira fantasmagórica de Freddy Jackson. Os colegas de Freddy naquela época reconheceram a face e mandaram a foto para a BBC, que fez um estardalhaço com o fantasma. Assim, a foto de Freddy ficou famosa, mas perdeu a fama quando surgiu no mercado o filme Três Solteirões e um Bebê e, junto com ele, um fantasma.

A foto[editar]

O fantasma de Freddy não estava sozinho. Algum outro fantasma estava com vontade de aparecer. Aumente a foto para ver tal fantasma.

A foto, tirada em 1919, portanto velha, está um pouco acabada. Na foto, toda a tropa de Cranwell estava reunida, inclusive aqueles que já morreram. Similar à foto da tataraneta morta na foto, a face de Freddy Jackson só poderia ser localizada por algum ninja com olho eletrônico, mas, por ironia do destino, foi encontrada por um velho cegueta. Além disto, o fantasma foi aparecer lá no alto. Pelo visto, ele não estava mesmo querendo ser localizado... mas foi.

A cabecinha[editar]

O fantasma de Freddy não estava sozinho na foto. Havia mais um fantasma no local. Ninguém sabia disto, mas a competente equipe de parapsicologia deste site descobriu, sem querer querendo, esta cabecinha. Não se sabe de quem, mas esta cabecinha na foto pe intrigante. Esta foto tem uma suspeita de ser um trenzinho funk ou uma Avalanche do Grêmio. Por isto a cara do fantasma de Freddy não era de felicidade, já que está sendo encoxado pelo "Senhor Cabecinha". Inclusive, na hora que a foto foi tirada, parece que a encoxada tinha sido mais forte, já que Freddy até tinha fechado os olhos da face.

Ver também[editar]