Unidos do Foro de São Paulo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Foro de São Paulo)
Ir para: navegação, pesquisa


Estatua da liberdade Russia.jpg ATENÇÃO, CAMARADA

Este artigo é comunista, e portanto, foi escrito por um Comunista, ou por um torcedor do Liverpool, ou do Manchester United, ou de qualquer torcedor de um time vermelho ou ainda, por fãs da Ferrari.
Se você associar este artigo à Quebrando o Tabu, será mandado pra um gulag.


60px-Bouncywikilogo.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Foro de São Paulo.

Cquote1.png Você quis dizer: Forró de São Paulo Cquote2.png
Google sobre Unidos do Foro de São Paulo
Cquote1.png Experimente também: Clube dos imbecis Cquote2.png
Sugestão do Google para Unidos do Foro de São Paulo
Cquote1.png O ministério da sabedoria adverte: se você acredita em golpe comunista do Foro de SP você é retardado! Cquote2.png
Ministério da Sabedoria sobre Foro de São Paulo
Cquote1.png Está tudo correndo conforme nosso plano! Cquote2.png
Lula sobre Foro de São Paulo

Logo do Plano de dominação mundial

O Foro de São Paulo é uma grandiosamente conhecida escola de samba, presidida por Lula, que tem como objetivo conquistar a Europa, a Ásia e um terceiro continente a sua escolha.

A Organização[editar]

Segundo o pseudo-filósofo, patrulhador ideológico, porteiro, cambista de estádio e blogueiro Olavo de Carvalho, esta seria uma organização que assim como a Rede Globo, a Igreja Universal, o Polishop e o Instituto Purifica se destinaria a dominação mundial, tendo como grande objetivo espalhar o comunismo pelo mundo. Ainda, segundo ele, as FARC, o PT, o Bill Clinton, o Didi Mocó, a torcida do Flamengo e outras tantas séries de comunistas fariam parte deste seleto clube de campo e de ideologia comunista.

O que os astros tem a dizer a respeito?

Cquote1.png Os astros revelam que o golpe comunista está chegando no Brasil em 2014! O presidente norte-americano Barack Obama é ao mesmo tempo muçulmano, comunista e também o anticristo. A Pepsi sabe de tudo, mas encobre para que os vermelhos liberem os experimentos com fetos abortados. Cquote2.png-Olavo de Carvalho

Grandes mestres do saber declararam completo apoio às conclusões de Olavo, conforme podemos observar através do endosso do vlogueiro Nando Moura no trecho a seguir: Cquote1.png Este golpe sem imaginação gera o desvirtuamento dos valores morais de nosso povo, o que nos leva invariavelmente ao descabelamento galático. Nós, da elite divina, povo benquisto por Padre Paulo Ricardo, há tempos estamos à mercê dessa organização que é malignamente controladas pelas FARC, e assistimos a tudo como uma preá hipnotizada por uma sucuri. Eu, por meio de meu canal, faço coro aos apelos do mestre Olavo divulgando o inegável fato de que vivemos em uma ditadura velada que busca destruir a civilização dos ocidentais limpinhos. Cquote2.png
Nando Moura sobre Foro de São Paulo

Grupo Marighella-Rousseff[editar]

Dilma Rousseff antes do acidente com os explosivos.

O Grupo Marighella-Rousseff foi formado em 1964 por José Dirceu, José Genoino, Dilma Rousseff, Edir Macedo, Silas Malafaia, Olavo de Carvalho e Boris Casoy e serviu de base para a fundação do Foro de São Paulo. O assim chamado Grupo Marighella-Rousseff foi responsável por inúmeras operações de guerrilha urbana e atentados terroristas no Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte e São Paulo até a década de 90, quando o Gayzismo virou um Negócio da China. A organização sempre referiu-se a si própria como Estrela Vermelha.

O termo Grupo Marighella-Rousseff, pelos qual ficou popularmente conhecida, vem da designação dada a eles pela Revista Veja e Rede Globo, como maneira de evitar a legitimização do movimento como organização política verdadeira, tratando-os apenas como uma associação criminosa terrorista comum. Em 1968 começaram os assaltos a bancos, lojas de armas e outros negócios. Costumavam distribuir o dinheiro roubado em Brasília, dando origem ao Mensalão, que virou tradição na Política brasileira. Envolveram-se em sequestros, terrorismo e assassinatos. Em resposta, o Regime Militar lançou uma campanha sangrenta de prisões em massa e desaparecimento dos presos políticos.

Muitos desaparecidos do Grupo Marighella-Rousseff, como José Serra e Caetano Veloso, voltaram ao Brasil com a redemocratização.

Galeria[editar]


Gerador de textos[editar]

Fundadores[editar]

Cquote1.png Espere aí que eu já vou fundar... Cquote2.png
Antônio Gramsci para seu ídolo Daltony
Gramsci é um dos grandes representantes do Foro e de óperas Klingons. Vejam aqui alguns outros fundadores do Foro:

Fotos dos presos e desaparecidos políticos[editar]

Ver também[editar]

Illuminati.jpg
Th heyleyroy.jpg

|||