Fontes de Águas de Lindóia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Tomadinha do poder.jpg Fontes de Águas de Lindóia tem PODER!
E te levará para qualquer lado da Força



Cquote1.png Na União Soviética a Fonte de Águas de Lindóia bebe de VOCÊ!!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Fonte de Águas de Lindóia
Cquote1.png A municípia de Águas de Lindóia ter muitos armas de destruição em massa! Cquote2.png
Bush sobre como roubar recursos hídricos de outro país
Cquote1.png Foi EU que fiz! Cquote2.png
Maluf sobre Fonte de Águas de Lindóia e todo o Universo
Cquote1.png Foi onde eu passei minhas férias!! Cquote2.png
Tua vó sobre Fonte de Águas de Lindóia
Cquote1.png Foi onde eu passei minhas férias!! Cquote2.png
Qualquer idoso que more em São Paulo sobre Fonte de Águas de Lindóia
Cquote1.png Sera onde eu passarei minhas férias!! Cquote2.png
Qualquer trabalhador ao se aposentar em São Paulo sobre Fonte de Águas de Lindóia

Eso es uma mentira! Eso no aQsziste![editar]

Índios tapaxós que viviam na região, tiravam seu sustento não da agricultura de subsistência e da caça e pesca como os índios comuns, mas sim da intensa exploração de uma mina de urânio que havia no local. Os caciques submetiam os índios das castas inferiores ao trabalho compulsório, sem nenhum equipamento de segurança, 13º, vale transporte ou ticket refeição. Os índios, instigados pelo cara do sindicato, planejaram uma insurreição, mas foram caguetados pelo baba-ovo do grupo, Joaquim Silvério dos Reis, mas conhecido como Timbira. O cacique ordenou então o fuzilamento por flechas de todos os revoltosos e se mudou com suas índias para o Nordeste para comandar o tráfico de drogas do sertão junto aos jesuítas.

Os corpos dos indígenas pereceram no local que foi considerado amaldiçoado pela população local, até que os portugas chegaram por aqui, e como nunca sabem de porra nenhuma se estabeleceram na região por terem encontrado lá fontes de água de fácil acesso. O que parecia fácil começou a aterrorizar os portugas... As almas dos índios, agora modificadas pela radiação do urânio, não descansariam enquanto não tivessem seu FGTS pago, assim como todos os vencimentos ajustados pelos juros de mercado. Quando tudo parecia perdido, um judeu que viera escondido no navio português, teve a mercenária brilhante ideia de fazer do município um local turístico, onde os índios-zumbis-modificados-pela-radiação-do-urânio curariam os males físicos das pessoas em troca de um emprego com carteira assinada, mais a permissão de reunião setorial no local de trabalho. A partir daí, os judeus, que agora já eram muitos (Por Alá, brima! Se multiplicam feito coelhos!), botaram os portugas para correr e começaram um novo empreendimento: o turismo terapêutico.

Pero, eso es cosa de charlatãs![editar]

Então os judeus construíram uma complexa rede turística: pagaram os bandeirantes não só para destruírem outras aldeias, matarem jesuítas ou estrupar índias, mas também para fazerem marketing do local que estava se tornando uma atração nacional. Velhos de todo o Brasil vinham até o município para curar reumatismo, verrugas, unhas encravadas, perebas, olho de peixe, impotência, micose e outros males do corpo.

Em viagem ao nosso país, comerciantes mulçumanos pediram os direitos autorais aos judeus para poderem engarrafar e vender a água que estava se tornando popular no mundo todo, mas estes negaram o pedido e passaram eles mesmos a venderem o produto no lojinha. Acredita-se que esse seja o motivo do ódio que perdura entre essas etnias até o século presente.

Curiosidades[editar]

  • No ano de 1756, os poderes curativos das Fontes de Águas de Lindóia chegaram ao conhecimento de uma senhora já idosa. Ao beber da água, ela rejuvenesceu e desde então muitos dizem que ela ganhou o poder da imortalidade. Seu nome é Dercy Gonçalves;
  • Chuck Norris tem uma Fonte de Águas de Lindóia em seu jardim;
  • Os judeus, cansados de tanto trabalhar, venderam a região a um de seus sócios. Seu nome é Silvio Santos;


Ligações EQsternas[editar]

Aonde levar tua vó nos finais de semana


Comentários de turistas e usuários[editar]