Foguete Katyusha

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
St Basils Cathedral-500px.jpg РУССКАЯ ВОДКА

Estin artigovski é russki!

Ele não gosta muito de georgianos.

Smirnoff.gif
Somebody set up us the bomb!!!

Esta página contém elementos bélicos, químicos, atômicos ou bombásticos,
podendo causar um grande estrago no computador (e na mente) do leitor.
BumInutilsmo.gif
Wikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Foguete Katyusha.

Cquote1.png О Мц ГOД! Cquote2.png
Russo sobre poder da Katyusha
Cquote1.png Você quis dizer: Órgãos de Stalin Cquote2.png
Google sobre Foguete Katyusha
Cquote1.png Na União Soviética, o katyusha é explodido por VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Katyusha

O Foguete Katyusha, ou apenas Katyusha (em russo, Фогуeтe Кaчущa), é o explosivo mais conhecido da Rússia, apesar de não ser o melhor.

História[editar]

Até isso é mais poderoso que o Foguete Katyusha

O/A Katyusha foi criado/a pelo glorioso exército do proletariado invencível, para combater os alemães na 2ª Guerra Mundial a um baixo custo.

Mas como o exército russo era formado por camponeses, tibianos, corinthianos, playssons e demais lesados, que acabaram construindo um foguete com alcance péssimo e poder de fogo medíocre. Em referência a isso, ele foi apelidado de "Órgãos de Stalin" pelas tropas alemãs.

Ele, depois, foi usado pelas Forças de Defesa Israelenses para se proteger dos homens bomba árabes, pois eles não tinham dinheiro nem para fazer um bom foguete, nem para comprar um. Por causa disso, até hoje o/a Katyusha é utilizado por ambos os dois países, só mudando a procedência das armas.

A crise dos mísseis de Cuba[editar]

O/A Katyusha foi um(a) dos(as) principais protagonistas da crise dos mísseis de Cuba uma novela de Agnaldo Silva.

Naquele tempo, a Rússia, não se sabe como, conseguiu convencer o mundo de que o/a Katyusha era um(a) bom(oa) foguete, e até mesmo os EUA se ofereceram para comprar o produto. Quando o carregamento estava se aproximando de Cuba, os americanos perceberam que compraram um produto medíocre, e se negaram a receber o produto, exigindo o dinheiro de volta.

Mas os russos não quiseram devolver o dinheiro, e ameaçaram bombardear os EUA com os/as Katyusha. Os americanos, conhecendo o/a Katyusha, cagaram e andaram para isso, e invadiram Cuba para tentar pegar o dinheiro na marra.

Temendo mais uma guerra mundial, os presidentes do dois países se reuniram e fizeram um acordo:

  • A Rússia continuaria com os/as katyusha.
  • Em compensação, os EUA ficariam com a ilha de Cuba.

Até hoje esse tratado é respeitado, embora os americanos acham que foi um péssimo negócio ficar com aquela ilha pé-no-saco, quem quebrou a cara mesmo foram os russos, que perderam a chance de se livrar dessas desgraças.

Especificações[editar]

Cquote1.png Um dia, eu vou ser deste tamanho! Cquote2.png
Explosão do/a Katyusha

O/A Katyusha só funciona decentemente se forem lançados de 10 a 800 de uma vez. Aí eles/as conseguem fazer um estrago mediano também no lançador.

Não se sabe quantos/as são precisos/as lançar simultaneamente para fazer um estrago verdadeiramente decente. O alcance mínimo do/a Katyusha é de uma régua cortada ao meio, e o máximo é de uma régua cortada em 2/3, sendo que até mesmo aqueles rojões de estádio, ou até bombas caseiras, que você faz no quintal de casa ou trancado no seu quarto são mais eficazes do que ele/a.

Na verdade, esse também é um dos trunfos do/a Katyusha: ele/a pode ser feito em casa, e algumas versões caseiras feitas por pessoas cegas, surdas e mudas, com síndrome de Down e mal de Alzheimer foram muito superiores aos modelos originais.

O sexo do/a Katyusha[editar]

Como você pôde perceber no texto, não se pode afirmar com exatidão qual o gênero sexual do/a Katyusha. Existem dois pontos principais:

  • É um foguete. Logo, ele.
  • Termina com a. Alguns nomes masculinos russos também terminem em a, logo, pode ser homem ou mulher.
  • Seu nome traduzido fica como "pequena Kátia". Logo, ela.

Alguns biólogos alegam que, por se tratar de um desenho animado ser inanimado, portanto, privado de vida, não possui sexo. Outros afirmam que ele/a é um substantivo complexo do 89º grau, portanto, o sexo é aleatório.

Flagrante de explosão do/a Katyusha[editar]

Hydrogen Bomb2.jpg
Sergiomalandro.jpg Haaaaa!!

Pegadinha do Mallandro!!

Você conhece o Mario?