Flashpoint

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Cacete! Eu não deveria ter fumado aquela pedrinha com café puro, agora estou todo aluginado! Cquote2.png
The Flash sobre ele mesmo

Flashpoint é mais uma das sagas loucas criadas pela DC Comics.

Sobre o Flashpoint[editar]

Conhecido também como Ponto de Ignição essa coisa, é uma dimensão alternativa para o The Flash, onde ele vive num mundo completamente diferente no que ele vivia, ao menos entre as pessoas, os seus amigos, os seus inimigos...

Inicio da saga[editar]

Flash passa a saga inteira tentando descobrir o que foi que ele fumou para não se lembrar de ter comido e casado com essa mulher.

Barry Allen acorda para descobrir que ele está em um cronograma alterado louco pra caralho em que Fria Cidadão é o maior herói Central City (sendo ela no nosso tempo nem auxiliar de herói ela prestaria), sua mãe Nora (falecido em sua própria linha do tempo) está vivo e dando o corno no difunto, seu pai (o corno), Henry, morreu de um ataque cardíaco há três anos (em vez de está na prisão por malandragens) e que o Flash, da Liga da Justiça e Superman não existem. Enfim, algo estranho ocorru por aqui como se poderia ver.

Em Gotham City, Batman lança um criminoso fora de um edifício antes de ser confrontado por Cyborg (sim aqui já tinham técnologia o suficiente para se criarem isso). Cyborg e Batman ter uma conferência com um grupo de super-heróis para discutir como a batalha entre Aquaman 's atlantes e a Mulher Maravilha 's Amazonas causou a morte ea destruição massiva na Europa Ocidental (afundado pelos atlantes, com exceção do Reino Unido, que foi conquistado pelo Amazonas femenistas), com a perspectiva de a América ser igualmente ameaçadas de extinção. Os heróis não podem trabalhar juntos para encontrar uma solução e a reunião é dissolvida, onde a Liga da Justiça por aqui nunca foi criado. Unidades de Barry Allen vão à Batcave onde ele é atacado por Batman, que é revelado para ser Thomas Wayne todo doido depois de ter bebido com o cão do inferno (Bruce morreu em seu lugar nesta linha do tempo).

Enfim, heróis lutam entre si e os famosos são mortos e substituídos por pessoas mais inexperiente em combates, o que tornou aqui um verdadeiro inferno.

O que se conclui na primeira parte de Flashpoint?[editar]

A primeira coisa que que se conclui nessa suruba toda é que ao ler a primeira história de Flashpoint é a incrível semelhança com a saga A Era do Apocalipse, da Marvel. Enquanto lá tínhamos Apocalipse e seus asseclas fudendo com todo mundo por lá, aqui temos Aquaman e a Mulher Maravilha dominando e destruindo a Europa (a Ásia já era pertecente ao Darkseid que está apenas na neutralidade nessa guerra toda). Enquanto lá tínhamos um vilão (Magneto) liderando os X-Men sendo então o mocinho da história, aqui temos um herói de segunda (Cyborg) reunindo os outros heróis. Enquanto lá os maiores heróis não existiam ou haviam se tornado vilões ou foram mortos, aqui não existe Superman, além de Batman e Lanterna Verde possuirem outras identidades já que os originais é que morreram e a Mulher Maravilha e Aquaman serem os vilões da série. Enquanto lá apenas o Bishop se lembrava da realidade original, aqui quem se lembra é o nosso The Flash que fez a cagada toda em alterar o tempo por lá. Enfim, isso não passou de um cópia/cola de ideias, onde nem direitos autorais foi pago para a Marvel.

Cquote1.png Isso foi uma puta falta de sacanagem. Cquote2.png
Fãs da Restart DC Comics sobre essa saga toda

v d e h
O incompreensível mundo do Universo D.C.