FakeTaxi

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Se você conhece este veículo, sua infância foi ótima.

FakeTaxi é um reality show americano que acompanha a vida de um taxista de 40 anos, um puta trabalhador honesto, que frente a forte concorrência dos ubers, decidiu oferecer um serviço exclusivo em seu veículo, um benefício que faz com que as viagens de suas passageiras saiam na faixa.

Inspirada pelo sucesso feito pelo nosso amigo taxista, que apesar de não ganhar dinheiro, começou a ganhar orgasmos, uma mina peituda também implementou este serviço em seu táxi, também oferecendo o serviço especial apenas para mulheres.

Implementação[editar]

Era mais uma noite fria de verão, e nosso amigo taxista de nome desconhecido não havia conseguido realizar nenhuma viagem, já que todos os seus costumeiros passageiros pediram uber para levar as amantes gordas para o motel.

Taxista do FakeTaxi com sua oral tória perfeita.

Não aguentando mais a falta de serviço e a concorrência desleal, o taxista, que não comia ninguém há mais de 2 dias, quando havia se separado de sua mina apenas porque ela tinha um pau maior do que o dele, resolveu unir o útil ao agradável, oferecendo serviços sexuais em seu veículo em troca de viagens. Dessa forma todos saem ganhando, o taxista porque iria voltar a gozar e as passageiras porque iriam para casa sem gastar nem um centavo.

Frente a impossibilidade de anexar em seu veículo uma placa de "deixa eu botar minha pica na sua buceta e ganhe uma viagem", o taxista precisou oferecer seus serviços de maneira discreta. Quando alguma gostosona peituda de rabo grande entra em seu veículo, o mesmo começa oferecendo algumas notas para a mesma lhe mostrar nudes ao vivo, e depois, declara que existe uma câmera em seu veículo, e que irá jogar na net se a mina não der pra ele - Mas ele não quer nada de graça, óbvio, em troca do rabão gostoso, o taxista oferece a viagem gratuita.

Atualmente[editar]

O cara tá lá, comendo geral, e sendo invejado por uma boa parcela de virjões punheteiros que não comem ninguém a não ser com a mão.

A versão feminina do FakeTaxi também faz sucesso, já que a taxista gostosona lésbica também só oferece seus serviços para as passageiras mais abonadas.