Estátua de Jaiminho

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Doritos.jpg ¡Ay! ¡Ay! ¡Ay! ¡Ay!

Esta es más una de las porquerías que viénen del México, como la Televisa, El Chavo del Ocho, Thalía y Moderatto. Lo autor está en una cantina en Tuxtla comiendo tacos con jalapeño y guacamole.


Jaiminho, imortalizado pra sempre numa prisão de carbono sólido para evitar a fadiga.

A Estátua de Jaiminho na cidade de Tangamandápio é uma obra-prima em homenagem àquele que sempre lutou bravamente em nome de sua terra natal, de sua profissão, de seu dever como carteiro de entregar todas as cartas para os destinatários (ainda que preferisse que os mesmos procurassem as correspondências eles mesmos em sua maletinha) e principalmente sua brava e destemida luta contra a fadiga: Jaiminho!

História[editar]

Graças à generosidade (ou seria pra evitar a fadiga de ir no cartório registrar um testamento decente?) de dar ao povo de Tangamandápio toda a fortuna descolada vendendo as cartas dos destinatários para ele procurar no lugar deles, além de um pouco de dinheiro que ele descolou dos seus irmãos gêmeos (o pai da Rosa Rumurosa e o Delegado Morales) e também de divulgar pra cacete o vilarejo (a cada episódio de Chaves eram 20 menções ou mais do vilarejo pequenino que fica em algum lugarzinho do México), que acabou por ganhar uma quantidade impressionante de turistas, o prefeito de lá em 25 de julho de 2012 decidiu erigir uma estátua do carteiro velho na Rua Madero, bem no centro de Tangamandápio. Como essa era a única rua grande da vila (dá pra passar dois carros ao mesmo tempo, olha só!), foi a melhor escolha. Corrigindo a frase anterior, foi a única opção. A estátua tem 40 cm de altura e custou aos cofres públicos cerca de 5 milhões de reais (embora só tenham gasto 100 reais, o resto foi pros bolsos sei lá de quem).

Muitos críticos odiaram a estátua, não pelo dinheiro gasto nela nem pelo tamanho diminuto (feita por quem tava mesmo a fim de evitar a fadiga), mas por um erro fatal: colocar a estátua em pé, quando o mesmo devia estar sentado, justamente pra evitar a fadiga. Dizem que a vontade de evitar a fadiga na confecção da estátua foi tão grande que simplesmente pegaram o cadáver do carteiro e cobriram ele de formol e carbono derretido, pra não cansar tanto em cinzelar uma estátua.

Vídeos da inauguração (gravados em HD!)[editar]

Ver também[editar]