Enterprise

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Zorak.jpg Você está entrando em um mundo desconhecido nas imensidões da escuridão, onde
ninguém pode ouvir seus gritos!

Agora, viajar pelo espaço ficou mais fácil depois que inventaram a Coca-Cola.
Se aconchegue em sua nave e vá tomar um "chazinho" com o E.T. de Varginha.


Cquote1.png Eu a amo Cquote2.png
Scotty sobre Enterprise
Cquote1.png Na União Soviética, a Enterprise ama VOCÊ Cquote2.png
Reversal Russa sobre comentário acima!!
Cquote1.png Ah, ela é só uma barcaça de lixo Cquote2.png
Klingon sobre Enterprise
Cquote1.png Você está morto Cquote2.png
Scotty sobre Comentário acima
Cquote1.png É uma nave Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Enterprise

Nave Enterprsie depois de uma refeição.

A Enterprise, nave da série Star Trek, é uma barcaça de lixo interplanetária construída em um futuro aonde os humanos são bonzinhos, vivem em paz e buscam amizades pelo espaço (imaginado por um policial aposentado que tinha uma péssima noção de como era o mundo), o que faz com que, apesar dos seus armamentos super futurístas e irreais, sua missão seja andar pelo espaço procurando amigos. Ela possui hiper-mega-propulsores de dobra, o que faz com que em cada episódio ela esteja em um planeta diferente . Ela foi destruída tantas vezes e reconstruído que, atualmente, existe a Enterprise-E, e, devido ao nome ter um valor comercial, a Enterprise é sempre a nave capitania da Frota Estelar.

Tripulação[editar]

A tripulação da nave, apesar dela ser feita por uma união de planetas, é composta basicamente por humanos (o que levou alguns fãs da série a criar a teoria de que ela foi secretamente projetada por nazistas que consideravam os não-humanos inferiores). Uma exceção é o Spock, o oficial de ciências da nave meio-vulcano, mas ele não faz nada de útil mesmo. Lista dos tripulantes:

  • Capitão Kirk, um humano idealista que todo dia beija uma garota alienígena.
  • Spock, oficial de ciências meio-vulcano cujo dever é dizer coisas como "Ilógico" e "Fascinante
  • McCoy, médico da nave que todo dia grita com alguém.
  • Scotty, engenheiro e namorado da nave.
  • Chekov, russo, cujo dever é falar bem da Rússia até encher o saco de todo mundo.
  • Sulu, Lutador de esgrima japonês da nave.
  • Uhura, secretária pessoal do Capitão Kirk.
  • E também existem os redshirts, seguranças da nave que morrem sempre 2 minutos depois de entrarem em cena.

Interior da Nave[editar]

Ponte[editar]

É o lugar onde se passa a maior parte da série. Ela é uma coisa redonda aonde o Capitão Kirk descansa sentado enquanto o resto da tripulação trabalha incansavelmente, apertando botões complicados (exceto o Spock, que fica vendo algum filme em seu visor).

Engenharia[editar]

Lugar aonde mora o engenheiro [{Scotty]]. Possui um mega-tubo por onde passa um líquido estranho, que eram para ser o motor da nave mas alguém encheu de bebida. Sempre que há algum problema na nave, eles botam a culpa neste lugar (e não nos roteiristas, responsáveis por ele).

Tubo[editar]

É o lugar aonde Scott vive mexendo nos motores da nave. Ele é pequeno, apertado e péssimo para se filmar, mas os técnicos decidiram colocá-lo na nave devido ao baixo orçamento da série.

Alojamento da Tripulação[editar]

É o lugar aonde o capitão Kirk traz alguma tripulante toda a noite os personagens se encontram quando tem algum problema psicológico ou nas relações entre eles. Ou seja: é o lugar aonde os produtores fazem a série passar quando estão com preguiça de fazer efeitos especiais baratos