Eleição presidencial no Brasil em 2018

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Favela.gif Ordem para os pobres, progresso para os ricos.

Aí, mermão, este artigo aqui, ó, é brasileiro, tá ligado? Só fala de futebol, come feijoada, exporta diplomatas, puxa o saco dos EUA, paga imposto pra caralho e põe a culpa no governo pela dificuldade de atendimento médico.

Cquote1.png Experimente também: Fugir do país Cquote2.png
Sugestão do Google para não se arrepender depois
Cquote1.png Puquê eƒƒeƒ companhêros da puta de tƒe varraram minha candidatura? Cquote2.png
Lula sobre Ser barrado da eleição presidencial de 2018
Cquote1.png Vou ganhar essa porra, nem se for xingando todo mundo! Cquote2.png
Geraldo Alckmin sobre Eleição presidencial no Brasil em 2018
Cquote1.png Eu estou aí? Cquote2.png
Cabo Daciolo sobre após ser questionado sobre sua campanha eleitoral
Cquote1.png Posso somar os votos das eleições anteriores? Cquote2.png
Eymael sobre Eleição presidencial no Brasil em 2018
Cquote1.png Nunca vi o Brasil tão dividido como nesta eleição. Cquote2.png
Brasileiro sobre eleição
Cquote1.png A esses vivos nunca viram nada !!! No meu tempo o país ficou dividido pela primeira vez e eu que levei a faixa. Cquote2.png
Fantasma do Hermes da Fonseca sobre eleição de 2018
Cquote1.png Ah eu te achei. Quem deveria ter ganho aquela eleição em 1910 deveria ter sido eu !!! Cquote2.png
Fantasma do Rui Barbosa sobre comentário acima
Cquote1.png Aí esse capitão aí roubou minha estratégia !!! No meu tempo eu já falava de eleições fraudadas. Aquelas sim foram eleições que dividiram o país, teve até uma revolução Cquote2.png
Getúlio Vargas sobre um dos candidatos
Cquote1.png Eu que deveria ter sido presidente, Vargas!!! Cquote2.png
Júlio Prestes
Cquote1.png Nossa senhora o Alckmin ainda tá vivo !!! Cquote2.png
Castelo Branco sobre outro candidato
Cquote1.png Aquele dali não é o José Maria, é o sobrinho-neto dele, o Geraldo. Aff... Aquele péssimo capitão também se candidatou. Cquote2.png
Ernesto Geisel sobre eleições de 2018
Cquote1.png O que realmente importa para mim é que meu tataraneto agora é deputado Cquote2.png
Dom Pedro II sobre eleições de 2018
Cquote1.png Sensação estranha, calafrio na espinha. Espíritos antigos observam essa eleição. Cquote2.png
Pai de Santo sobre comentários acima


Como as eleições no Brasil são decididas

Enfim, chega a Eleição presidencial no Brasil em 2018, onde podemos votar e onde vamos eleger o novo ditador da República Corrupta do Ladrãosil, dessa vez, 13 idiotas vão protagonizar essa grandiosa suruba em busca da sonhada vaga para a cadeira de presidente da república.

Vários idiotas randômicos e sem importância estão participando desta eleição. Mas a briga principal é entre Bolsobosta, do Partido... Ah, sei lá!, líder em todas as pesquisas inúteis que foram comandadas pela Rede Esgoto, Picolé de chuchu, candidato do Partido Social de Diabos Boiolas, Fernando Haddad, candidato pelo Partido dos Trambiqueiros, Gomes Sardinhas, do Partido Ditador Travesti e Magrinha, candidata da Rede de Esgoto.

O resultado dessa porra você vai ver no fatídico dia de 7 de outubro, e se a maioria do povo não for besta de votar em só um desses ladrões, vai no dia 28.

Pré-eleição[editar]

Cquote1.png Você quis dizer: Paz mundial Cquote2.png
Google sobre Eleição presidencial no Brasil em 2018

Chatices Convenções partidárias[editar]

Todos os 6,022*10²³ partidos do país irão decidir se vão apoiar outro partido, declarar neutralidade ou lançar sua própria candidatura, para ficar enchendo o saco das emissoras por não serem aceitas nos debates e ficar com 0% nas pesquisas. Prepare-se, que a lista não é pequena. Ordenada por data da convenção.

Candidatos[editar]

Álvaro Dias (PODE)[editar]

Um idiota paulista que criou sua carreira política no Paraná, o que não faz o menor sentido. É atualmente um senador corrupto e deu a bunda á um monte de partidos sem vergonha e foi parar num partido sem importância, o Podemos. Ele pretende afundar "refundar" a porcaria do país, socar impostos, acabar com um bando de político corrupto e dar á bunda ao PT e "aos adoradores do Lula", já que eles melhoraram acabaram com o coitado país.

A chapa ficou assim:

Cabo Daciolo (PATRI)[editar]

Um pastor idiota que resolveu entrar na política e falar GLÓRIA A DEUS!!! em qualquer sessão que acontece na Câmara. Foi eleito deputado federal só pra encher a linguiça dos outros lá na Câmara dos Deputados. Em 2015 foi expulso do PSOL por defender a palavra de Deus. Foi aí que do nada se lançou na suruba da presidência da república, juntamente com uma professora aleatória chamada Suelene Balduino Nascimento, mas no debate da Band, você já sabe o que aconteceu e o que ele falou.

A chapa ficou assim:

  • Cabo Daciolo (PATRI): Glória a deus!!
  • Suelene Balduino Nascimento (PATRI): Uma professora randômica que ninguém conhece.

Ciro Gomes (PDT)[editar]

Ciro apresentando suas propostas por libras

O famoso "coroné", que saiu de uma guerra no estado de São Paulo e fugiu pro Ceará, onde se abrigou por vários anos e se tornou ditador de Fortaleza e em seguida ditador do Ceará, e foi o pior governador da história do Ceará, se filiou á vários partidos sem graça e chegou ao PDT pra disputar a presidência e nada mais, e ainda chamou uma louca pra ser sua vice, pra deixar a suruba mais acirrada.

Chapa:

Fernando Haddad (PT)[editar]

Ministro da Educação do Mula por 6 anos, e conseguiu a façanha de ser o pior prefeito da história de São Paulo, levou uma coça do João Dolar nas eleições de 2016, no início o PT iria candidatar o ladrão cachaceiro para presidente, mas devido alguns probleminhas não pôde participar.

Chapa:

Geraldo Alckmin (PSDB)[editar]

O merendeiro que governou São Paulo por quatro mandatos e enganou o povo do estado por 16 (ou 15) anos, já teve 1 derrota nas eleições e pretende conseguir mais outra, o "Picolé de Chuchu" conseguiu pior o que já tava ruim no seu atual mandato, roubou merenda a rodo, saiu do governo enquanto pôde por achar que tinha chances na presidência e SE FUDEU!!! Agora, quer escapar da prisão e pede conselhos para seu líder FHC.

Guilherme Boulos (PSOL)[editar]

Invadia propriedades por pura diversão e tem seu sonho de morar na Venezuela.

Henrique Meirelles (MDB)[editar]

Velhinho hippie que por ser da porra do MDB não ganhou credibilidade.

Jair Bolsonaro (PSL)[editar]

O "mito" que ganhou por basicamente odiar a todo mundo com um discurso anti-kit gay e anti-Venezuela, ganhou conhecimento após os programas de Luciana Gimenez e CQC, desde aí o povo acreditou nessa porra e elegeu o "filho" do Coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra. E também ganhou pelo simples fato do PT ser uma bosta.

Chapa:

João Amoêdo (NOVO)[editar]

Um chato do caralho que apareceu nessas eleições para ficarem irritando nas redes sociais puxando o saco de patrão, ele é do grupo "nem da direita nem da esquerda mas da direita".

João Goulart Filho (PPL)[editar]

Ninguém se importa.

José Maria Eymael (PSDC)[editar]

Ficou conhecido pelo seu jingle famoso em 2014, nesse ano perdeu espaço para o Cabo Daciolo.

Marina Silva (REDE)[editar]

Pegou malária e não pode comparecer. O vice reprovou no anti-dopping e foi barrado nos debates.

Marina quando começou sua carreira política, em 0 a.C.

Vera Lúcia (PSTU)[editar]

Comunista que não é fresca que nem a Manuela D'Ávila.

Debates[editar]

João Amoêdo não foi convidado nem pela Band, pois só assim ele não irritava os outros candidatos e os telespectadores

Não houve debate no 2º turno pela estratégia do candidato Raij Salnorabo

Resultados[editar]

Candidato(a) Vice 1º turno
7 de outubro de 2018
2º turno
28 de outubro de 2018
Votação
Total Percentagem Total Percentagem
Bolsomito (PSL) Milico de pijama (PRTB) 49 276 990 46,03%
"Andrade" (PT) Comunista gostosinha de iPhone (PCdoB) 31 342 005 29,28%
Coroné Cangaciro (PDT) Katia abriu (PDT) 13 344 366 12,47% Não participou
Picolé de Chuchu (PSDB) Amante do chuchu (PP) 5 096 349 4,76%
João Amoeba (NOVO) Professor que ninguém conhece (NOVO) 2 679 744 2,50%
GLÓRIA A DEEEUXXX! (PATRI) Suelene Balduino (PATRI) 1 348 323 1,26%
Múmia viva do Temer (MDB) Múmia viva do Sartori (MDB) 1 288 948 1,20%
Barata acreana (REDE) Eduardo Jooj (PV) 1 069 577 1,00%
Alvo do Dia (PODEMOS) Paulo Rabello (PSC) 859 601 0,80%
Presidente sem teto (PSOL) Sônia Guajajara (PSOL) 617 122 0,58%
Sindicalista de merda (PSTU) Hertz Dias (PSTU) 55 762 0,05%
Ey-Ey-Eymael, um democrata cristão! (DC) Helvio Costa (DC) 41 710 0,04%
SE FERROU! (PPL) Léo Alves (PPL) 30 176 0,03%
Total de votos válidos 107 050 673 91,21%
Votos em branco 3 106 936 2,65%
Votos nulos 7 206 205 6,14%
Total 117 364 560 79,67%
Abstenções 29 941 265 20,33%
Não apurado 470 0,01%
Burros aptos a votar 147 306 295 100%

Mello Franco.jpg
Eleições para Ditador do Brasil

OBS: As eleições em itálico foram via modo "indireto" (ou seja, usando um cheat code):

18911894189819021906191019141918191919221926193019341938194519501955196019641966196919741978198519891994199820022006201020142018


Principais Candidatos à Ladrão-Mor HUEHUEHUEBR de 2018
Moro na cadeia.jpg
Lulindo | Bolsolula | Bolsionista | "Andrade" | Picolé de chuchu | Tortuguita | Coroné | Coringa | FHC 2.0 | Gui Bolos | Ey-Ey-Eymael | Cabo sem miolo | João Amoeba | Tal pai, tal filho | Stalina | Comunista Gostosa | Luciano Huck | Dr. Rey
BolsonaroCotoco.jpg