Desnotícias:Pudim.com.br adquire da Nestlé negócio de pizzas do Congresso Nacional

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Desnoticias logo.png

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

Mais um dia rotineiro no Congresso Nacional Brasileiro

LUGARNENHUM, Suíça - O gigante alimentício-internético-pornográfico Pudim.com.br, que recentemente se fudeu fundiu com o Grupo Desciclomédia, controlador da Desciclopédia, anunciou nesta terça-feira a compra por US$ 11,777 bilhões das atividades do setor de pizzas do Congresso Nacional Brasileiro da suíça Nestlé, nos Brasil, Timor Leste e Tuvalu.

A nova empresa já gera inovação: panettone de pudim (ou seria pudim de panettone?

A Nestlé ocupava uma posição de segundo escalão no setor de pizzas do Congresso no Brasil, mas com a operação o grupo aumenta sua presença no mercado, inclusive de pundins, o mais importante do mundo, com aproximadamente US$ 10,171 bilhões de vendas anais anuais.

Em 2009, a Nestlé teve um volume de negócios de US$ 1,69 bilhões no setor. Cquote1.png A atividade de pizza no Brasil está em constante expansão, depois desse monte de escândalos de corrupção, compra de deputados, instauração de CPIs e tudo mais. Isso fortalece de maneira importante o Pudim.com.br no segmento na América do Sul. Vamos lançar o pudim de pizza e a pizza de pudim ainda em 2010. Cquote2.png, afirmou o diretor geral da empresa líder mundial do setor de alimentos, Waldinho.

Cquote1.png Pensamos ainda em incrementar o negócio de panettone, tão em voga ultimamente, principalmente no Detrito Distrito Federal e, posso adiantar, iremos entrar no mercado de inovando, lançando o panettone de pudim e o pudim de panettone! Cquote2.png, disse ainda Waldinho.

O negócio de pizza do Congresso inclui deputados de todos os partidos: PT, PSDB, DEM, PQP, FDP, VSF, CQC, TNC,WWF, WWW, WTF? e o Partido do Teu Pai.


Fontes[editar]