Desnotícias:Depois de 17 anos tentando, Flanelas conseguem roubar o título do Brasileirão

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Desnoticias logo.png

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

Cquote1.png Vacilou, vacilão! Agora perdeu preiboi! Cquote2.png
Flamenguista sobre o suposto hepta que o São Paulo esperava ganhar até encontrar com o Goiás

Cquote1.png Nenhum flamenguista vai ler essa notícia! Ela está muito grande! Cquote2.png
Deseditor sobre o tamanho da notícia

Bozo, Mané e Zé Graça comemorando mais um titulo roubado do Comando Vermelho/Globo/Stjd/Cbf Flamengo.

RIO E MORRO, Narcofuzil - Depois de tomar de quatro a dois com o Sport e de levar uma bela de uma encoxada por 5 x 0 do também rebaixado Coritiba, o time dos flanelas, também conhecido como Flamengo, finalmente consegue o grandioso feito de roubar o título do Brasileiro.

Pelo que consta, o time aproveitou a oportunidade para se apossar do título da Copa União, que estava sendo colocado na galeria de prêmios do Sport, uma vez que todo flanela que se preze sempre quer garantir algum para seu bico.

O fato é que ao fim, este foi um dos campeonatos compostos pelo maior número de vacilões na história, sendo que na prática, todos os 20 tiveram a possibilidade de se aproximar do título, constando inclusive que quatro das equipes ainda disputavam o título até a última rodada, na maioria dependendo de resultados adversos para tirar os adversários da disputa.

Ao fim de tudo, o time carioca ganhou o título com um magrissimo resultado sobre o time do Grêmio, que teria escalado um time de reservas na tentativa de entregar o jogo, uma vez que uma vitória ou um empate poderia garantir o título para o seu arqui-rival Inter, que já tem um jejum de 30 anos de títulos no Brasileiro.

Constam informações de que depois do jogo, os flamenguistas teriam comemorado o grande feito ao som de Dancing Queen, lembrando em especial aquela parte onde se tem "Only Seventeen", que seria na realidade o número de anos em engrish que o Flamengo não conquista o título da competição.

Além disso, consta que o time estaria tão interessado no título a ponto de um dos jogadores do time ter acusado o time do São Paulo de ter pago uma mala branca de 300 mil reais para o Goiás, supostamente com o intuito de o time goiano endurecer com os flamenguistas, no entanto, constam informações de que na verdade esta era uma cascata com a intenção de conseguir o título na base do tapetão e da virada de mesa caso necessário.

Não custa lembrar que na época da última conquista flanelista, digo flamenguista foi no ano de 1992, mesmo ano em que Bono Vox regravava o grande sucesso supracitado do ABBA, o Collor sofria seu impithma e o Cruzeiro Colloral sofria com uma inflação de mais de 1000%, sendo que o Dólar foi de 1.000 a 10.000 cruzeiros collorais só naquele ano.

Desde então se teve o plano real e o empossamento do Lula, bem como três titulos (seguidos) do São Paulo Futebol Clube, além de três titulos não seguidos (e constantemente protestados) dos descamisados do Corinthians, dois títulos para os times do Palmeiras, das Viúvas do Pelé e do Vasco (ironicamente chamado pelos flalidos de Vice), sem contar os triunfos dos "chorões" do Botafogo, do Atlético Paranaense e do Cruzeiro, que mais uma vez consegue vaga na Libertadores.

Consta informações de que o título só foi conseguido depois de o time ter dançado "o vira", uma vez que os gaúchos estavam fortemente tentados a entregar o mesmo aos seus companheiros do Inter, uma vez que o time da Gávea costumeiramente dá vexame em casa, mesmo jogando contra times reservas e de segunda divisão (ainda que o Grêmio não seja nenhuma Brastemp também).

O fato é que enquanto todos comemoram, os discutidores do mundo da bola estudam um modelo de semifinais, na intenção de jogar a posição do Flamengo no tapetão, uma vez que segundo os mesmos, o Flamengo não teria condições de ir bem numa disputa de mata-mata, como já foi provado recentemente na Libertadores e na Copa do Brasil.

Enquanto isso, os torcedores, sem nem ter ideia do que acontece, fazem festa pelo título muito chorado no passado (ou não).


Fontes[editar]