Deslivros:Monografia do ovo de galinha

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Nuvola apps bookcase.png
Este artigo é parte do Deslivros, a sua biblioteca livre de conteúdo.
Anexo I

Preâmbulo[editar]

O presente trabalho irá analisar o ovo de galinha de forma estrita.

Resumo[editar]

O ovo de galinha é ovalar e sai da cloaca das galinhas.

Desenvolvimento[editar]

Anexo II: Ovo é a menstruação dos animais ovíparos

O ovo é algo que podemos chamar de menstruação de animais ovíparos, menstruação essa que vem em forma ovalar, que é baseada no próprio ovo, que por sinal inspirou a forma ovalar; está tudo conectado. Outrossim, animais ovíparos são animais que põem ovos e por isso recebem este nome ovíparos, conectando todos os termos nesta inception de ovos. Contudo, o presente trabalho científico ater-se-á aos ovos que saíram das cloacas dos animais das classes das aves e da ordem dos galináceos, mas nem todos os membros da ordem e sim, apenas, os animais domésticos que conhecemos como galinhas, que são animais de pequena estatura, bípedes, com pequenas asas, crista e unhas afiadas. Para o professor Aloprado da Silva, as galinhas são animais pequenos, que andam sobre dois pés e cujas asas são de tamanho diminuto. Já Gavião Bueno, em seu livro "Galináceos Domésticos", menciona que galinhas são aves de pequeno porte, que se apoiam sobre dois membros e que possuem membros superiores conhecidos como asas.

Os ovos de galinha, como são popularmente conhecidos os ovos que saem da cloaca das galinhas, ao contrário do que os leigos costumam imaginar, são ovais como um ovo, e não o contrário. Para o professor Elpídio Mascarenha, os ovos são ovais e não circulares, pois, se fossem circulares, não seriam chamados de ovos e sim de círculos. Entretanto, o doutor Armando Bocceta discorda do professor Elpídio e afirma que na verdade a forma ovalar é baseada no ovo de galinha. Bocceta também afirma contundentemente que nem todos os ovos são ovais. As ideias de Bocceta vão ao encontro das ideias de Aloprado da Silva, pois da Silva também tem sido insistente na hipótese de que nem todos os ovos são ovais. Para Sifrânio Sifão, os ovos que não são ovais deveriam ter outro nome, pois a nomenclatura adotada pelos especialistas em geometria e artes confunde os estudos da ovologia.

William Manuel Darwin II, em seu livro "Contando com o Ovo na Cloaca da Galinha", menciona que os ovos percorrem um trajeto interno às galinhas, até serem expulsos pela cloaca. Darwin II vai além e teoriza que os os ovos expulsos pela cloaca não voltam mais para o interior das galinhas. Na biologia ovológica, há um consenso em relação às ideias de Darwin II, no qual grande parcela dos estudiosos concordam com a divulgação. Não obstante, Mascarenha discorda veemente das ideias de Darwin II. Para Mascarenha, o ovo não é expulso da cloaca pois, na verdade, é o ovo quem evade a cloaca.

Conclusão[editar]

Conclui-se que o ovo de galinha é ovalar e sai da cloaca das galinhas.

Bibliografia[editar]

BOCCETA, Armando. Ovos. 4ª ed. São Paulo: Editora Prego, 1998.
BUENO, Gavião. Galináceos Domésticos. 1ª ed. Rio de Janeiro: Bunda Aberta, 1996.
DARWIN II, William Manuel. Relying on the Egg Inside Chicken's Asshole. 2ª ed. Oxford: Britannica, 1991.
MASCARENHA, Elpídio. Ovos Ovais Ovalados dos Ovíparos Ovulantes. 3ª ed. Salvador: Editora Oxente, 1995.
SIFÃO, Sifrânio. Ovologia para leigos. 28ª ed. Blumenau: Editora Seu Saraiva, 2004.
SILVA, Aloprado Hernandez Nascimento de Jesus da. Cu. 1ª ed. Curitiba: Globo, 2000.