Deslivros:Longa vida aos insetos!

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Nuvola apps bookcase.png
Este artigo é parte do Deslivros, a sua biblioteca livre de conteúdo.


Conselhos de um vegan que ama todos os animaizinhos:

  • Não mate a mosca. Não pise a formiga. Não esmague a vespa. Não cace a borboleta. Respeite a abelha. Aprenda a conviver com os micróbios.
  • Agasalhe todos os invertebrados terrestres e aquáticos.
  • Trate as borboletas como mariposas que são. Pense que o seu nome que dizer “presa à terra”. E quando não pousa na terra, borboleteia mas não mariposeia, embora, por vezes, se estonteia..
  • E quanto aos escaravelhos, se não são vermelhos também quase nunca são velhos.
  • Quanto às pulgas, manifeste-lhes toda a consideração. Elas são mesmo afectuosas.
    Deixa-as saltitar entre o cão e o gato. Entre a tua perna e o teu cotovelo.
  • E os grilos? Não lhes peças que façam cácárácácá nem cócórócócó. Eles não gostam de palavrões. Por isso, deixa-os com o seu cricricri. Sonoro e cantante É monótono? Poderá ser, mas também é torturante.
  • E os simpáticos mosquitos? Voluteiam com se fossem águias. Deixe-os volutear. . Abençoe as insónias que lhe causam.
  • Meu Deus, e os piolhos! Tornam rica por fora, muita cabeça que é pobre por dentro. São uma manifestação de vida em muita cabeça nado-morta.
  • Tem receio das traças? Descontraia-se. É no pior pano que elas merdam ou medram? Não sei bem. Mas deixe-as merdificar à vontade. Evitam que a nódoa tenha pano onde cair.
  • Pelo que respeita ao besouro, faça com ele rimas em ouro. Não há maior tesouro. Em poucos palavrinhas, mesmo correndo o risco de ser palavroso:

Esteja sempre pronto para acolher essa pequena família. Tão pouco numerosa que são mais os membros dela que se desconhecem do que aqueles que têm parentela identificada. Nesta família não há pais incógnitos, mas há muitos filhos a curtir a orfandade. Se tiver de os defrontar, não abuse da sua posição. Quando muito deixe-os mutilados. Desfaça-lhes uma asa, mas respeite a outra. Liberte-os de um par de patas, mas deixe em paz as outras duas... E nas antenas? Por favor, não lhes danifique as antenas. É por elas que dispensam piloto automático e o catavento.

Retardado.jpg GEISAAAAAAAA, algum usuário bateu a cabeça!

Agora tá na Desciclopédia escrevendo merda sem sentido!
Traz a arma de choque!

Mongol.jpg