Deslivros:Como passar de Carnival Night em Sonic 3

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Deslivros4.png
Nuvola apps bookcase.png
Este artigo é parte do Deslivros, a sua biblioteca livre de conteúdo.

Este deslivro é parte do acervo de desmanuais Nuclear-explosion.jpg

Batata desciclo sem texto.PNG
A Desciclopédia possui um artigo sobre Carnival Night
Reparem a cara de felicidade do Sonic ao chegar em Carnival Night

Cquote1.png Fase desumana! Cquote2.png
Sonic sobre Carnival Night
Cquote1.png Foi muito útil! Cquote2.png
Nerd sobre esse desmanual
Cquote1.png Odeio essa fase!!! Cquote2.png
Gamer revoltado que não leu esse desmanual
Cquote1.png Prefiro ir brincar no PlayCenter! Cquote2.png
Guri retardado sobre Como passar de Carnival Night em Sonic 3
Cquote1.png MALDIÇÃO! MORRI DE NOVO!!! Cquote2.png
Você tentando passar de Carnival Night
Cquote1.png Vê se tem alguma trapaça na internet! Cquote2.png
Seguista devotado sobre Como passar de Carnival Night em Sonic 3
Cquote1.png MWAHAHAHAHAHA! Cquote2.png
Dr. Roberto sobre Como passar de Carnival Night em Sonic 3

Carnival Night é sem dúvida alguma uma das a fase mais difícil de todos os jogos do Sonic (tanto dos que existem quanto dos que ainda virão a existir), mas para facilitar a sua vida, caro noob gamer, nós da Desciclopédia resolvemos fazer um detonado a gentileza de explicar direitinho como você poderá passar dessa fase dos infernos e conseguir a tão grandiosa estúpida glória de dizer a todos os seus amiguinhos que conseguiu finalmente zerar Sonic 3 & Knuckles.

Pra começo de jogo conversa[editar]

Carnival Night é a quarta fase do jogo Sonic 3 (bem aquele que ficou incompleto pra Merda Drive e depois tiveram de inventar um outro cartucho com o resto do joguinho chamado Sonic & Knuckles). Ela fica localizada depois das ruinas grego-romanas de Marble Garden e os montes geladinhos de Ice Cap. De acordo com a historinha do game, depois que Sonic e Tails tiveram que aturar uma batalha aérea tosca se desviando do perfurador de Robotnik, eles libertam os passarinhos fofuxos e partem para uma nova zona, que mal sabiam eles que seria o lugar mais pé no saco que teriam de adentrar, e nisso acabam caindo num cassino misturado com parque de diversões que nada mais é do que o PlayCenter em plena época de Halloween (e não, você não encontrará em momento algum Michael Jackson dançando Thriller com os zumbis). E assim começa essa porra dos infernos.

Primeira Etapa (difícil pra caralho!)[editar]

Em momento nenhum chegará a ser um suplício controlar o Sonic como em seus novos joguinhos de merda que só tem gráficos full HD e nada mais já que ele faz exatamente as mesmas coisas que em Sonic 1 e 2, ou sejê, a única coisa que será complicada e ruim para cacete é a própria fase em si, que já foi responsabilizada por causar distúrbios mentais, divórcios e até casos de assassinato e suicídio. Veja a seguir o porquê.

Chegando a Carnival Night[editar]

Sonic em Carnival Night

Logo que anoitece, Sonic e seu parceiro homossexual Tails chegam nesse parquinho infeliz sem saber o que os espera, e ficam simplesmente de boa esperando você, idiota, começar a apertar os direcionais para fazê-los andar, correr e dar Spin Dashs em robozinhos desgraçados espalhados por todo canto.
Em alguns momentos haverá lugares em que você achará que não dá mais para seguir em frente; será o fim? Não, honorável bastardo! Basta apenas com muita dificuldade identificar em meio a todo esse gráfico toscos de 16 bits se tem um canhão por perto. Dai é só entrar nele e apertar em pulo quando o trambolho apontar na direção que você quer.

  • OS: Evite ficar atirando para cima, pois caso não perceba Sonic só vai ficar voltando pro mesmo lugar de onde foi arremessado. Viu? Não doe nada usar um pouco esse minúsculo átomo dentro de sua cuca que você chama de cérebro!

Perigos e itens de autoajuda[editar]

Como em qualquer jogo de plataforma que se preze, a fase de Carnival Night possui uma porrada de perigos (o que deixa o nível de dificuldade dessa joça pior que o normal). São estes os troços que só estão aqui pra ferrar a sua vida:

A coisa mais chato e desumana de toda essa budega
  • Badniks: Estes estão em qualquer jogo do ouriço, e isso todo mundo já está fulo da vida de saber, mas pra quem não sabe, os badniks são aqueles malditos robozinhos-filhos-da-puta que ficam atirando bombinhas, te perseguindo ou fazendo qualquer porrinha pra lenhar contigo. Em geral morrem com um simples pulo em cima deles, logo são também uma tralhas inúteis.
  • Espinhos: Piores que os badniks só pelo mero fato que eles não saem do lugar e se você cair neles vai furar o cu perder escudos de proteção, anéis ou simplesmente tomar no cu morrer. Tem alguns que ficam brincando de escode-esconde e só aparecem mesmo pra perfurar e estraçalhar o seu lindo corpinho.
  • Bombinhas: Bem aquelas porcarias que ficam sendo atiradas por todos os cantos com o objetivo de te acertar só pra te ver torrar com uma luzinha de 1000 watts de frequência.
  • Água: Pois é. Até a água aqui é sua inimiga. Em alguns momentos (nas partes subaquáticas pra ser mais específico), se o Sonic passar muito tempo embaixo de H2O, logo começará a tocar aquela maldita musiquinha de desespero e aparecerá na tela uma contagem de 10 segundo. De resto já sabe, né? momento de fase aquática + fim contagem regressiva sem o azulão sair da água = morte súbita por afogamento.
  • Caixas flutuantes: Não chegam a ser um perigo (ou será que não?), mas são chatas pra caralho, te obrigando a ter que subir nelas pra ter que alcançar alguma bostinha mais adiante.
  • Repelidores circulares com desenho de estrela: Criadas pelo próprio Lúcifer, são bolinhas de metal com o símbolo do pentagrama estampado que ficam batendo no Sonic pra impedir que ele continue sua fatídica jornada.

Mas também (pra você não dizer que Titio Yuji foi muito malvado quando criou essa zona maldita) há alguns raríssimos itenzinhos insignificantes de autoajuda pra garantir sua sobreviver nesse lugar desgraçado. São estes:

  • Anéis: Estão em toda parte só pra não te fazer morrer te deixar vivo por mais um tempinho.
  • Monitores do Ruindows: Quebre um e ganhe um brinde-surpresa!
  • Balões: Ficar pulando nos balões é uma boa forma de mostrar que você é um completo idiota sem infância que sempre sofria bully toda vez que ia brincar no Pula-Pula se obter novos itens... ou não.
  • Bolhas de ar: Dentro dessas mesmas picinas que podem te matar afogado, tem sempre no chão um pequeno vazamento cheia de bolhinhas onde toda vez que você pega uma bolha grande pode ficar em baixo d'água por mais um tempinho... isso até uma nova contagem surgir.
  • Trampolins: Pule neles e voe para o infinito e além chegue em locais mais altos (a menos que você saiba executar a arte de correr nas paredes).
  • Check-Points: Caso você morra, eles deixam o joguinho salvo no último poste onde você passou, só para não ter que começar tudo lá do início dessa budega.

O primeiro chefão Subchefão[editar]

É possível pegar carona no perfurador, mas só mesmo os ninjas conseguem acertar fazer essa façanha

Depois que você sair que nem um demente por toda essa primeira parte da zona, chegará em uma sala onde o chão é feito de cubinhos plástico barato (mais uma imitação defeituosa do lego), e é exatamente nessa sala que Sonic enfrentará o subchefão. Não podemos chama-lo de chefão porque primeiramente não é o Dr. Robotnik (como se só esse pansudo valesse como boss nos joguinhos do rato de gel) e segundo porque não passa de uma simples bugiganga atração medíocre nesse parque de horrores.
Assim que ele aparecer, soltará uma parte dele mesmo (um perfurador... de novo) que ficará perambulando de um lado pro outro sem parar. Seu objetivo é tentar acertar o resto do corpinho eletroestático dessa merda de máquina esquisita quando ela se aproximar de você, ou vice-versa para os mais impacientes que gostam de pagar de macho pulando em cima de um troço desconhecido e acabam tomando no tobis perdendo uma caralhada de anéis. Toda vez que você a atacar, o pedaço anal giratório e mirabolante dele o atingirá bem na zona proibida, fazendo-o se retorcer de dor que nem uma bichinha; e pelo amor de Solaris, seu noob descuidado, não pule no troço quando ele estiver eletrocutado.
Enquanto estiver fazendo os esquemas para derrotar essa merda, você perceberá que os bloquinhos paraguaios onde o Sonic pisa começam a quebrar toda vez que são violentamente acertados pela furadeira maluca; então cuidado para não ficar sem chão, senão você vai cair num lindo e profundo Buraco Infinito. Assim que essa bostinha se quebrar Sonic será mandado para o fundo do poço terra firme em segurança e dai é só esperar aquela estúpida plaquinha com a cara dele cair do céu. Ignore a pontuação, anéis recolhidos, bônus e aquela pose de mané que eles fazem no final do ato, pois esse pesadelo ainda não acabou. Pelo contrário, agora é que vem o pior!

Segunda Etapa (bem mais difícil como de costume)[editar]

Quem mandou não ter pago a conta de luz!?

Caro otário leitor, se você achou que passar da primeira parte de Carnival Night já foi um saco você ainda não viu nada. Acredite! É a partir do segundo assalto que o pepino entra pra valer e que o fumo começa a queimar de verdade. Continue lendo se não quiser continuar condenado a ser vencido pelos perigos dessa buceta e se esfolando por estar na metade da zona ao tempo de 9:59 seguido de um Time Over ou coisa muito mais traumatizante.

O problema do apagão[editar]

Depois de correr alguns quilômetros mais a frente, Sonic topará com Knuckles novamente (não se esqueça que em Sonic 3 o equidna dos manos é seu inimigo e futuro chefão, e não um figurante meia-boca que fica fazendo graçinha a toa). Dessa vez a coisa vai ficar preta (literalmente), pois o maloqueiro vermelhinho vai apertar um troço que resultará num apagão em toda a fase. O que fazer? Coloque teus óculos de raio X pra ver por onde tu anda Continue seguindo em frente pois logo depois do picinão e de algumas rodas gigantes você achará a o botão para ligar essa porrinha novamente e assim seguirá tranquilamente aterrorizadamente pelo resto dessa budega.

O maldito latão flutuante[editar]

Sonic e Tails esperando que algum jogador casual tome uma atitude e siga o conselho aqui escrito da Desciclopédia para sairem dessa situação.

Esse é sem dúvida a atração e problema que mais revolta nerds do mundo inteiro e causa 99% das desgraças citadas no começo deste desmanual. Depois que você resolver o problema da falta de energia na zona, alguns quilômetrozinhos a mais, Sonic entrará numa beco minúsculo e sem volta (pois automaticamente a Sega fez um sistema miserável batizado de A Porta da Arca de Noé onde o próprio Deus fecha e ninguém mais consegue abrir). Só isso já deixa qualquer jogador desesperado, e com isso a única saída de Sonic é descer para o andar de baixo (e é possível descer pro andar de cima?); o único problema é que bem no meio dessa saída tem um latão flutuante (que nem as outras caixas que ficam espalhadas pelo resto da fase) onde toda vez que você pula nele ele só dá uma balançadinha e depois volta pro lugar, ou seja, NÃO TEM COMO SAIR DO LUGAR! Agora você entendo porque essa é a parte mais traumatizante da fase de todo o jogo.
Então não tem como sair? Ficaremos fadados a sofrer essa maldição pelo resto do jogo sem a esperança de chegar na segunda parte do game, coletar todas as esmeraldas e anabolizalas para conseguir virar Super Sonic Hyper Sonic, matar o Chefão Final na última zona e jamais ver os créditos dessa porra? É claro... que NÃO, idiota! Pra que serve a droga desse manual? Não é pra passar da fase? Então pare de chorar feito um emo reprimido e preste atenção: Na verdade, passar desse trambolho é a coisa mais fácil de se fazer (até mais do que cagar). Primeiro dê um pulo no latão e fique em cima dele; assim que ele começar a se mexer, basta ficar usando os direcionais pra cima (toda vez que o latão subir) e pra baixo (toda vez que esse troço descer); com isso ele vai tomar mais impulso e começará a funcionar que nem um elevador defeituoso e ai é só pular pra fora quando ele atingir o andar de baixo. Pronto!

Cquote1.png O QUE!!? Quer dizer que era só isso pra passar daquela caixa desgraçada!? E eu me matando pra sair de lá, morrendo sempre por falta de tempo, e vocês vem me dizer que era só ficar apertando pra cima e pra baixo??!! PÔNEIS MALDITOS!!! Cquote2.png
Você após ler como passar da parte do latão flutuante

Hora do Chefão![editar]

A hora que todos esperavam: o carro do churros maldito Chefão chegou!

Depois que Sonic passa dessa traumática situação citada acima, basta continuar correndo e pulando sem parar que nem um delinquente juvenil no jardim da infância. Lá pro final da zona, Sonic descerá por um túnel que o levará para um corredor onde ele ficará cara-a-cara de novo com Mano Knuckles; o maloqueiro irá apertar um outro botão que fará o tal túnel te sugar te mandando para a parte mais alta de Carnival Night, e é lá onde você finalmente enfrenta o Dr. Robotnik em mais uma de suas bugigangas voadoras. Em sua nova tranqueira, o doutor balofo primeiramente vai mirar em você e soltará uma bola de sinuca gigante sem número bem no canto onde Sonic estiver; não seja babaca, ante dele acertar essa bolota velha em cima de você, sai do lugar onde estiver e vá pra qualquer outro canto. Depois que o pansudo jogar a bola no chão, ele ficará bem embaixo dela e invocará os poderes do Pikachu misturado com Magneto pra atrair Sonic pros raios fodedores (Froyde Murphy explica esse fenômeno na aplicações da Lei de Murphy em dispositivos anti-gravitacionais felinos); se você não for retardado com certeza vai tentar escapulir dessa arapuca do caralho (não sei como, mas vai!). Por fim assim que ele parar com essa viadagem, espere o Sr. Barriga descer pra pegar o seu filho a bola e não dê uma de besta: dessa a madeira no filho da puta (você sabe, aquele pulinho nada escroto que tem que acertar na cabeça do infeliz). Ai toda essa frescura vai ficar se repetindo até o azulão ferrar de vez com o doutor Fuckyounik. Dai é só libertar os bichinhos gays e correr pro abraço.

E depois, o que acontece?[editar]

Assim que você salvar a bicharada, entre no canhão que se encontra lá num canto favelado e mixuruca ao final dessa buceta. Ele irá balançar um pouquinho e depois vai te cuspir pro fim do mundo pro próximo nível em Ice Cap, lugarzinho perdido nos confins do Ártico onde você provavelmente vai morrer congelado ou sendo vítima de uma avalanche. Mas como aqui só estamos tratando de Carnival Night, então nem vamos perder nosso precioso tempo falando como essa desgraçera continua. Quer saber como o jogo termina? Clique aqui para aumentar o tamanho do seu pênis e seja feliz!

Links externos[editar]

Ver também[editar]