Deslivros:A vida de um descíclope

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Nuvola apps bookcase.png
Este artigo é parte do Deslivros, a sua biblioteca livre de conteúdo.


Nasceu! Em vez de tapinha na bundinha recém-nascida levou um murro na cara; o médico achou que era o anticristo. Só depois o médico viu que era apenas uma criancinha feia fadada ao fracasso, mas já era tarde; o soco fez este bebê perder parte da sanidade e capacidade mental. Cquote1.png Meu deus, coloquei em xeque o futuro desta pobre criança Cquote2.png pensou o médico. Felizmente, o futuro desta criança seria brilhante, graças à porrada do obstetra e aos murro da vida. A criança feia, burra e com medo de mulher viraria sysop da Desciclopédia mais tarde.

Antes de nascer, a mãe deste pequenino já havia tentado alguns abortos, todos malsucedidos; ela tomava cachaça pura na tentativa de matar o feto de cirrose, mas só fez ele virar um alcoólatra, dezesseis anos depois.

A infância deste descíclope não foi fácil. Com poucos anos de idade, caiu de um morro e bateu a cabeça no chão; por sorte era um gramado, mas lá se foi a chance de, ao menos, essa pessoa virar algo na vida; a pancada fez esse pequeno ser humano ganhar contornos de retardo mental. Para os pais da criança, bem... nada mudou, e eles já sabiam que não ia dar em nada mesmo.

Na escola, o destino não ajudava esse moleque; ele conseguia ficar ainda mais retardado perante os demais alunos, e isso que ele estudava numa classe para pessoas quatro anos mais novas. Na aula de português, por exemplo, era um azar da porra.

Cquote1.png A plural de batata é... Cquote2.png
Professora
Cquote1.png Essa eu sei, eu sei, por favor pergunte a mim Cquote2.png
Descíclope, pensando
Cquote1.png Maria! Cquote2.png
Professora
Cquote1.png Batatas, fessora! Cquote2.png
Mariazinha
Cquote1.png Correto, Maria! Cquote2.png
Professora
Cquote1.png A plural de bolo é... Cquote2.png
Professora
Cquote1.png Essa eu sei, caralho, pergunta pra mim, porra! Cquote2.png
Descíclope, pensando
Cquote1.png João! Cquote2.png
Professora
Cquote1.png Bolos, professora! Cquote2.png
Joãozinho
Cquote1.png Correto, João! Cquote2.png
Professora
Cquote1.png O adjunto adverbial da frase "Ela falou muito alto" é... Cquote2.png
Professora
Cquote1.png Eita porra! Esse caralho não foi ensinado, não pergunte a mim não! Cquote2.png
Descíclope, pensando
Cquote1.png Descíclope! Cquote2.png
Professora
Cquote1.png Pouts, fessora... Sei não, acho que não aprendemos isso Cquote2.png
Descíclope
Cquote1.png É, descíclope, infelizmente você será reprovado por burrice Cquote2.png
Professora

E era sempre assim. Por mais que ele já fosse mesmo retardado, o destino e o azar faziam ele ser ainda mais burro. Então ele teve que desistir da escola e começar a fazer algo que prestasse - bater punheta pra imagens de catálogo de lingerie. Sem estudo e com muita masturbação, logo ele precisou descobrir novos meios de se satisfazer pois mulheres com calcinha G já não davam mais tesão. Assim ele descobriu a internet com sua grande quantidade de putaria gratuita.

Um dia, procurando fotos de putaria na internet, descobriu a Desciclopédia. Cquote1.png O que é isso? Cquote2.png pensou ele. Cquote1.png Isso é muito engraçado, acho que me darei bem aqui Cquote2.png, e então criou uma conta, e se misturou aos outros virgens do site. Ali, poderia socializar com outros seres humanos, pela primeira vez.

Aliou sua virgindade ao seu retardo mental e criou muitos artigos. Como não tinha mais nada pra fazer, fez muitas edições, e virou um desciclopediano, evolução de um descíclope. Hoje ele é até um moderador malvado do site, mas continua desempregado e repelindo mulheres por onde passa. Pior que nem adianta falar que é até Usuário Honorário de diamante, porque as bucetas fogem disso. Mas ele é um feliz editor deste site. Ele é a Universal. Pode-se dizer que ele venceu na vida.