Desconversas:Nem a puta me quer

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

{{#logotipo:http://images.uncyc.org/pt/2/29/Desconversas.png}}

Papo cabeça

Este artigo faz parte do Desconversas, o maior acervo de papo furado da Internet.

O cliente da história

Sim, o título já tem um spoiler. Foda-se!

Ao telefone[editar]

  • Puta: Rosischeila Gatinha, a seu dispor!
  • Cliente: Oi, Rosischeila, meu nome é Boris, quero marcar um programa.
  • Puta: Claro, gatinho, cobro 200 reais a hora, beijo na boca, faço oral, vaginal, nasal e anal, com camisinha, pode vir aqui na minha quitinete e dizer que viu no site "Fabíola e Gordinho Acompanhantes" que eu faço um desconto de vinte centavos.
  • Cliente: Eu queria que você viesse ao meu apartamento, eu pago cenzinho a mais, sou rico, sou administrador de banco de dados, fica na Rua Almeirão Louco, 49, ap. 110.
  • Puta: Já estou indo então, logo nos veremos, gatinho! Estou louca pra chupar esse pauzão gostoso!
  • Cliente: Hihihihihihi!

O programa[editar]

<campainha>

  • Puta: Oi gatinho, cheguei!
  • Cliente: Oi, já estou indo minha deusa!
  • Puta: Estou aguardando ansiosamente...
  • Cliente: Olá minha deusa do sexo, bem-vinda ao meu doce e humilde lar!
  • Puta: Eita porra!
  • Cliente: Que foi, minha linda?
  • Puta: Você tá sem camisa já?
  • Cliente: Claro né, pra adiantar o serviço!
  • Puta: Poxa, mas nem uma conversinha antes?
  • Cliente: Estou sedento por sexo!
  • Puta: Percebe-se, você parece um gordo virjão.
  • Cliente: Como é que é?
  • Puta: Desculpa, acho que estou na profissão errada, eu comecei ontem, não tô muito afim de completar esse programa. Acho que vou saindo, não precisa pagar nada não, deixei o ferro ligado.
  • Cliente: É isso mesmo que eu entendi? É isso mesmo? Estou sendo rejeitado até por uma puta??????
  • Puta: Perdão, mas é que é difícil fazer isso com alguém que tem mais teta do que eu, e pelinho nos mamilos, barba no pescoço, barriga de sapo-boi, não dá, vou me sentir violentada... Desculpa, eu bem que gostaria de tirar a sua virgindade mas...
Essa foi quase a reação da puta, mas em vez de risos, foram choros de tristeza
  • Cliente: Epa epa epa, quem disse que eu sou virgem?
  • Puta: Sua cara disse, e seu corpo, seu jeito, tudo!
  • Cliente: Porra, mina, vamos tentar. Eu te pago dois mil reais!
  • Puta: DOIS MIL REAIS??? Acho que podemos tentar então, mas não vou fazer boquete nem anal, OK?
  • Cliente: Sem problema, eu só quero aliviar esses trinta e quatro anos de vontade.
  • Puta: Tira a roupa, sim?
  • Cliente: É pra já!!!
  • Puta: Ué, cadê seu pau?
  • Cliente: Como?
  • Puta: Teu pau? Cadê teu pau?
  • Cliente: Tá me zoando?
  • Puta: Peraí, esse verruguinha aí... isso aí é seu pau?
  • Cliente: Hein?
  • Puta: Ah não dá, não dá não dá, pra mim chega, vou virar vendedora de caixão mesmo, desisto dessa carreira de puta, tomar no cu! Vou sair, não insista! Fui!
  • Cliente: Não acredito, nem a puta me quer. O jeito é jogar um lolzinho.

Ver também[editar]