Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Experimente também: Pagar sua contribuição sindical Cquote2.png
Sugestão do Google para o contribuinte não perder seu comércio

NovoWikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo.

Caixinha Nacional do Comércio para Bens, Serviços e Turismo, acrônimo CNC, é um sindicato comercial que visa a arrecadação de fundos para diversos fins de intuito duvidoso. Foi criado através de um decreto presidencial pelo presidente Dutra e como se não bastasse a carga tributária que o governo impõe aos seus suditos, os comerciantes ainda tiveram de arcar com essa caixinha que funciona como qualquer sindicato brasileiro: Tem uma contribuição mensal que dizem não ser obrigatória, mas experimente não contribuir dessa máfia pra ver só. Se no sindicato os líderes mandam sequestrar a família do não-membro ou do membro subversivo, o CNC vai além, pois como eles trabalham com estabelecimentos comerciais, eles podem muito bem te obrigar a passar o ponto para outro membro 'mais participativo'.

Atribuições[editar]

20 comer, 70 correr

O CNC atua apoiando veementemente o turismo sexual no Brasil e ainda ajudando os estabelecimentos que contribuem com a caixinha de mensalidade a obter alvarás, intercedendo pelo comerciante ilegal junto ao governo, mediante pagamento de algumas taxas (como foi com a churrasqueira Kiss).

Por meio de alguns dos desserviços prestados, como o Sesc e o Senac o CNC oferece áreas de lazer familiar como billiards, um bar nos fundos de cada sede do Sesc, para a confraternização de solteiros e para elas, existe uma copa, para a confraternização na pia.

O CNC também é responsável pelo SESC TV.