Colmeia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Colméia)
Ir para: navegação, pesquisa
Hdl-ldl.jpg Este artigo é relacionado à biologia.

Se seu pai tem orelhas peludas, você também vai ter.

Cquote1.png Você quis dizer: Furinhos organizados Cquote2.png
Google sobre Colmeia


Colmeia
Colmeia0.jpg
Classificação científica
Propriedades: das abelhas dos humanos.
Composição: Cera e geléia (quase uma gosma).
Classe: Mantendo sempre
Ordem: Nutrir o pançudo que for necessário.
O que dizer sobre colmeia
Bzzzzzzzzz...

Colméia é uma coisa cheia de furinhos, mas com uma organização que nem todos os seres humanos vão entender, principalmente quem dorme em um quarto estilo depósito de lixo. Esses furinhos são usados pelas abelhas, para fazer suas atividades que resultam naquele alimento de gosto discutível, mas nutritivo poderoso de nome mel Lisboa.

Atividades[editar]

Perceba a grande atividade no interior da colmeia.

Na colméia há muitas atividades, ou você acha que é só aquela abelharada comer a abelha rainha e tudo vira mel, na maior facilidade? As abelhas são tipo as formigas: morde legal, podendo até matar se a pessoa for muito alérgica, são muito organizadas, são precisas, práticas e inteligentes, tudo ao contrário dos seres humanos. Bom, nem tanto, acontece em alguns lugares.

Aqueles zumbidos, que para as pessoas é infernal, para elas é uma linguagem (apesar de não terem língua), perfeita, que contém palavrões muito práticos, coisa que os humanos, ou desprezam ou usam de qualquer jeito,

Gravura tosca para mostrar às criancinhas como não é a colmeia.

sem a mensagem prática de uma coisa tão chique quanto o palavrão. E lá vão as abelhinhas, sendo conduzidas pelo dever, sim, as coisas que saem daqueles zumbidos são, além de práticos palavrões, coisas como poesias, mas elas não têm música, o que é uma grande sorte para o aparelho de audição das abelhas.

Ela constroem aqueles casulos furadinhos com cêra em fabricação natural, quer dizer que sai das próprias abelhas, ora, nem se atreva a ter nojo, é uma cêra bem mais saudável e limpinha da que é retirada do ouvido dos humanos. Nem comparação.

Se alguma abelha adoece ou precisa de ajuda, é logo socorrida, não importando se as abelhas ao redor nunca viram a fuça dela, deste modo não existem indigentes nas colméias, elas até se assustam com o que a humanidade chama de sociedade. Elas não brigam, a não ser com invasores, que não sejam abelhas. Não costumam brigar com borboletas, tambem, sabendo que tem pólen pra todo mundo, por isso você pode ficar sossegado e continuar borboleteando por aí.

Quem se mete[editar]

Se as abelhas simpatizarem com o invasor, usam a arma mais leve que o ferrão.

Os invasores da colmeia precisam ter muita bala na agulha porque é a vida das abelhinhas, como a punheta é para os punheteiros. Os apicultores já sabem, mas à seres como Diddy e sua putinha namorada Dixie Kong, que invadem até colmeia gigante. Nem podem se distrair com a bela paisagem criada

Nem na própria casa se está livre da violência

pelos desenhistas. Nem se sabe o porquê dessa fase, colher mel é que eles não vão, o máximo que acontece é a macaquinha ficar fazendo nojeira, vez ou outra lambembo o mel, mas passar de fase nesses games não tem que ter lógica, e fora eles, ainda tem claro os mesmos inimigos toscos de sempre dentro da colmeia, como se as abelhas fossem permitir essa putaria toda sem deixar todos esses intrusos com a cara igual à do George Bush. Putaria lá só entre as abelhas macho, que não são zangões, e as femeas claro, que gostam de levar ferroada.

Dizem que os ursos são bons em meter os dedos na colmeia, você leu na colmeia, sem sofrerem maiores danos. Ora, imagine o que é a pele da mão de um urso, fora a pelarada, daí nem é preciso muita habilidade. Pode ser que esse seja o motivo da criação do personagem urso boióla Zé Colméia (esse continua com acento agudo), ele hipnotiza as abelhas rebolando e depois só pega a colmeia e faz a festa.

Hexágono[editar]

Bzzz, bzzz...: Reunião para decidir a estrutura do azulejo da colméia.
...e o vencido teve que concordar o com formato.

O formato da estrutura das colmeias foi plagiado pelos humanos porque é uma daquelas coisas de se esticar o zóião em cima mesmo: um hexágono perfeito, que os grandes físicos e matemáticos usaram como fonte para suas inspirações, depois os artesãos, arquitetos, e até hoje, quando se quer cerâmica, azulejos, lajotas, as mais chiques são em forma de hexágono.

Quando as abelhas foram construir as primeiras colmeias, elas (as abelhas) que eram pré históricas eram seis vezes maiores que hoje e tinham uma bunda de formiga, tipo tanajura, começaram a discutir sobre qual a melhor moradia para todas elas bem como a melhor despensa, já que aqueles ninhos de outros insetos voadores não as cativavam, achavam muito grosseiro, e aos poucos foram desenvolvendo a habilidade. Hove uma certa divergência, entre duas abelhas macho bem zangadas (não zangões), se o formato melhor era hexagono ou octógono. Eles resolveram da forma mais simples:

Toda essa produção, e você não sabe nem plantar mandioca.

partiram para a porrada, ou para a ferroada. E um deles deu uma ferroada bem animal mesmo, que deixou o outro com zumbido nos ouvidos por um bom tempo e ele concordou com o hexágono.

A abelha rainha estava ocupada engordando e nem quis se meter na citada peleja, depois só se instalou confortavelmente numa suíte hexagonal e ficou, nessa prisão de luxo, a serviço da colméia. Ora, o que a abelhona poderia fazer?

Desta forma, ficou pronta a definitiva colmeia, com estrutura hexagonal.

Ver também[editar]