Coheed and Cambria

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Passarinho.jpg Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.

Certamente, seus fãs idiotas alienados o odiarão!


Cquote1.png Você quis dizer: Correndo de Câimbra Cquote2.png
Google sobre Coheed and Cambria
Cquote1.png Experimente também: cortar o cabelo Cquote2.png
Sugestão do Google para Coheed and Cambria

Coheed and Cambria
Coheedcambria.jpg
Coheed and Cambria mostrando que são maus
Origem Acre
País Estados Unidos do Sul
Período 2001
Gênero(s) Rock Progressivo, Música de Elevador, pagode alternativo, axé e música pra boi dormir
Gravadora(s) CUlumbia Records
Integrante(s) Primo Itt, Trevas Eu tivi, Chris Pênis, Mike Toddinho
Ex-integrante(s) {{{exintegrantes}}}
Site oficial {{{site}}}
no inicio da carreira eles tinham tendencias Emo

Cquote1.png Na União Soviética, quem tem cabelo grande é VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre vocalista do Coheed and Cambria
Cquote1.png uma grande banda de axé Cquote2.png
Carla Perez sobre Coheed and Cambria
Cquote1.png Essa galerinha da pesada vai aprontar altas confusões pra animar você! Cquote2.png
Narrador da Sessão da Tarde sobre Coheed and Cambria
Cquote1.png ele tem cabelo grande Cquote2.png
Capitão Obvio sobre Coheed and Cambria
Cquote1.png Eu tenho muito medo... Cquote2.png
Regina Duarte sobre Coheed and Cambria
Cquote1.png mi mimi mimimi mimi, mimimimi miiiiiiiiiiii Cquote2.png
Fudêncio sobre Coheed and Cambria
Cquote1.png cês curte um Iron? Cquote2.png
Kiabbo sobre Coheed and Cambria

Coheed and Cambria é mais uma banda de metal (ui),formada em meados dos anos 2000. Os álbuns são criados a partir de uma ficção científica chamada The Good Politcs.

Biografia[editar]

Um doido qualquer chamado Claudio Sanchez resolveu formar uma banda de rock pra poder tirar onda com seus miguxxus de escola, o cagão do Carlos chamou alguns velhos conhecidos pra formar a Beautiful Loser (o nome tem tudo haver com eles menos na parte do Beautiful) mas a banda não durou muito, tudo isso por que eles não tinham uma harmonia boa, então resolveram se separar amigavelmente e continuaram bons amigos eram uns bosta e a Beautiful loser (pra nossa sorte) acabou.

Porém, como brasileiro não desiste nunca Claudio não desistiu e mais uma vez formou uma banda que teria como inspiração para a suas músicas e álbuns uma ficção científica muito maneira chamada The Armory Wars. A banda se chamou Coheed and Cambria, isso por que... Bom... Ninguém sabe talvez o Carlos tenha tido inspiração na sua obra the amory wars.

O início não foi fácil, quando os integrantes não estavam matando alguém ou dando uma tapa na pantera, eles preferiam fazer participações em filmes como do Frankenstein, Freddy Krueger entre outros.

fã de Coheed and Cambria (note o cabelo igual ao de Sanchez)

Influências[editar]

Sanchez afirma ter tido todo tipo de Influência, a maioria da época que Dercy era Virgem, tais como Lente do Zé Pelinho, Rainhas entre outras. Outras fontes também afirmam que bandas como NX Nada,É o Tchan, Made in Iraque e Pistolas Sexys também o influenciaram em sua carreira. Já sobre o livro as guerras das amoras The Amory Wars, Clarlos diz que Plágiou teve inspiração à outra ficção pouco conhecida... Star Wars ...nada de mais né?.


No Brasil[editar]

Aqui no Brasil banda já era conhecida no meio dos jovens que não tinha mais nada legal pra ouvir e aqueles que curtiam o movimento do Metal (uiiii³), mas só depois do Rock in Rio,a banda explodiu e ganhou o incrível premio de 1 milhão de reais do Acre por "Ter o Vocalista mais louco entre os louco".

Cquote1.png eu não tinha nada o que fazer mesmo Cquote2.png
Claudio Sanchez sobre Criação do Coheed and Cambria


Discografia e outras coisas[editar]

  • O Segundo estágio da Geração de Gatinhos (2002).
  • Os segredos da silenciosa Erva (2003.
  • Boa Apollo, eu estou louco pra ver STAR WARS IV,vol. um:vindo dos olhos da madeira (2005).
  • Bom Garoto, eu estou louco pra ver STAR WARS IV,vol. dois: No work Tomorrow (2007).
  • Ano do Rabo Preto (2010).

Videografia[editar]

  • Vida de Star Wars Fã no quarto da bola (2005).
  • The Last Superman: ao vivo no quarto da Bola (2006).
  • Neverland (2009).

Ver também[editar]

Ligações externas[editar]

página oficial ou não