Club Atlético River Plate (Uruguai)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Club Atlético River Plate (Uruguai)
Escudo do River Plate-URU.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Club Atlético River Plate Falsificación
Origem Bandeira do Uruguai Uruguai - Montevideo
Apelidos
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio Estadio Sarampo
Capacidade
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador Nuvola apps core.png
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador
Time
Material Esportivo
Liga Campeonato Uruguaio
Divisão Primera Divison
Títulos
Ranking Nacional 999º
Uniformes



Club Atlético River Plate é uma falsificação uruguaia do tradicional, multi-campeão, temido e de vasta torcida River Plate da Argentina. E como toda boa falsificação, é um time podre de ruim, que caso a Cisplatina ainda fosse um estado brasileiro, ele seria um time equivalente ao que o Ypiranga de Erechim representa ao campeonato gaúcho, simplesmente nenhuma ameaça aos times grande do Uruguai que são mais de 8000 vezes campeões nacionais, enquanto o River Plate falsificado sequer consegue um vice, e na verdade tem vários rebaixamentos miseráveis.

História[editar]

Fundação[editar]

A equipe foi fundada em 1932, e mesmo com tantos anos de existência jamais teve a capacidade de superar dois míseros times uruguaios (Peñarol e Nacional), servindo desde sempre como basicamente saco de pancada desses dois. Os fundadores do clube colocaram o nome River Plate para tentar soar amedrontador, mas ninguém é tão burro o bastante para confundir o time com o River Plate argentino, então a versão uruguaia do time sempre só apanhou.

Primeira divisão[editar]

Como em todo Uruguai só existem meia-dúzia de times profissionais, e os demais são meramente equipes semi-amadores de bairros pontuais, o River Plate mesmo com sua ruindade chegou à primeira divisão, algo que só serviu para conquistar resultados épicos como perder de 10x0 em 1938 para o Nacional e acumular 10 rebaixamentos em toda sua história.

Nunca se incomodou com tantos rebaixamentos, pois foram eles os responsáveis pelos únicos troféus da sala de troféus do time, que são as dúzias de títulos inúteis da Série B uruguaia.

Copa Sul-Americana[editar]

Por ser incompetente o bastante para conquistar vagas na Libertadores e muito menos qualquer título uruguaio, restou ao River Plate Falsificado vagas para participação em 5 anos consecutivos na Copa Sul-Americana. Jamais foi longe na competição, e os poucos times internacionais que derrotou eram idiotas que achavam que era o River Plate argentino e respeitavam excessivamente, como foi o caso do Vitória EC que perdeu de 4x1, todavia, as equipes que perceberam que se tratava de um time imbecil fajuto do Uruguai, como a LDU Quito, venceram o River Plate Falsificado por 7x0.

Foi nesta época de primeiros torneios internacionais, que em 2010 conquistou o seu maior título internacional, o de campeão da Copa Aerosur, uma espécie de Série D da Conmebol que reúne os times mais fajutos dos países mais fajutos da América do Sul, como um monte de porcaria da Bolívia e do Peru.

Libertadores de 2016[editar]

Pela primeira vez conquistou uma chance de disputar uma Libertadores, em 2016, mas por se tratar de um time falsificado, foi proibido de jogar diretamente a fase de grupos da competição, sendo relegado a uma disputa preliminar contra o Universidad de Chile.

Títulos[editar]