Circuito Brasileiro de League of Legends de 2020

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

A Chacota Brasileira de League of Legends de 2020 é mais uma edição vergonhosa do Campeonato Brasileiro de League of Legends, onde o vencedor dessa bagaça toda vai para o exterior fazer vergonha nas competições internacionais, no caso o Mid-Season Invitational (que por sorte dos brasileiros não irá ter) e a League of Legends World Championship.

Mudanças[editar]

O estado do CBLOL atual. O que é pior nesses picks e bans? A Furia que baniu 2 vezes o Gragas, ou a INTZ que ficou com preguiça e utilizou 1 ban em vez de 3?

Enquanto quase todos times turcos da TCL já voltaram a ser pobres e enfim retiraram os coreanos que apenas serviam para encher linguiça lá, o CBLOL decidiu comprar mais e mais coreanos, sendo metade dos times compostas por 1 ou 2 coreanos no time podendo fazer alguma coisa, ou nada mesmo já que os coreanos não conseguem entender a jogabilidade tosca dos times brasileiros que só apanham lá fora. Em termos do campeonato em si, a fase de grupos ainda continua a mesma porcaria com ainda oito times e dessa vez voltou ao passado nos playoffs, ou seja, os quatro primeiros vão para a segunda fase e resolvem no mata-mata, dois deles não servem para nada, o penúltimo tira no par ou ímpar com o segundo do Circuito Deficiente e o último é diretamente rebaixado, sendo o CBLOL a única liga que possui rebaixamento direto das maiores ligas existentes.

Pelo surto do COVID-19, o CBLOL perdeu uma das maiores forças e uma das únicas coisas prestáveis no CBLOL, as temidas "farpas" embora nos últimos anos ninguém ter farpado muito, que se resume em mandar indiretas para os jogadores adversários, o que sempre serve de memes dessa liga, já que assim como a LCS, o CBLOL apenas serve para gerar memes, já que habilidade dos jogadores presentes é escassa.

Além dos coreanos, que são quase presentes nessa liga podre, também foram contratados jogadores de outros países para encher linguiça nas equipes pelos brasileiros serem horríveis, tais como portugueses, argentinos, mexicanos e até mesmo chineses.

O destaque dessa edição do CBLOL é a contratação da grandiosa narração de Gruntar para fazer parte do elenco do CBLOIRO, o mesmo narrador do Circuito Deficiente que é metade adorado e metade odiado, já que é adorado pelo fato de não ser as narrações chatas da dupla famosa anterior, Toboco e Schaeppi e também por gerar metade dos memes antes e depois do efeito do CoronaVarus, porém odiado por estar gritando 99% das vezes e uma narração que ninguém sabe bulhufas o que está acontecendo, apenas com bordões e mais bordões, uma espécie de André Henning do League of Legends. Por uma semana, também tivemos o narrador Vecet, do Circuito Deficiente, que é uma mistura do Gruntar com o Schaeppi, mas que por algum motivo desconhecido foi adorado por quase todos por ter que aguentar 1 rodada com ele e não 9.

1º Split[editar]

Legenda
Classificado a semifinal
Serve para nada
50% de rebaixamento
Direto para o Circuito Deficiente

Grupos[editar]

O que vem na cabeça dos jogadores do competitivo, além de qualquer um após olhar qualquer um jogo desse campeonato.
  • Times
    • FLA GLS.jpg Só no cheirinho: Não tem mais sua panelinha pipoqueira de 2019, está querendo ganhar seu segundo título e evitar mais um cheirinho.
    • EscudoFURIA.png FULECO Capitão Gancho: A equipe que tem a missão de fugir do rebaixamento para evitar ter que trocar de nome mais uma vez.
    • Escudo da INTZ.jpg IWCQ e-Sports: Quase caiu no split passado, pelo seu estilo de jogo, é mais uma equipe para passar fome nesse campeonato também terá que fugir do rebaixamento.
    • Kabumlogo2b.png Kabunda: Não é mais a mesma merda de 2018 que causou vergonhas internacionais e é uma versão muito piorada daquele time, atualmente corre do rebaixamento. A missão do time é simples, a Kabum apenas tem que não jogar Kabumda para evitar o rebaixamento.
    • EscudoPain.jpg PaiN in the Ass: Para tentar agradar a torcida furiosa, tentou fazer uma panelinha para ver se ganha alguma coisa, a missão atual da torcida da PaiN é xingar o mid laner atual da equipe que carrega a equipe em 11 de 10 jogos, mesmos com grandes nomes como brTT e os dois coreanos que estão de enfeite.
    • EscudoPRG2.jpg G2-8 Brasileira: Como diz o nome, é o time que acha que é a G2 brasileira, mas é apenas a G2 do Mid-Season Invitational 2016.
    • EscudoRDP.png Red Dead Redemption: Um time pequeno que tenta fugir do rebaixamento, tentou contratar alguns coreanos para salvar esse timinho, porém iludiu a equipe com 2 vitórias no começo do campeonato, depois disso só um show de horrores e o rebaixamento faltando quatro jogos.
    • EscudoKST2.jpg Vice Keyd: O eterno vice-campeão da competição que veio pro CBLOL após conseguir a façanha de ser vice até no Circuito Desafiante. Como óbvio, está a procura de mais um vice para sua colocação seu primeiro título, sem contar o CBLOL irrelevante do início de 2014.
Pos. Equipe V-D %
1 Banderabrasil.png Vice Keyd 14-7 67%
2 Banderabrasil.png Cheirinho 13-8 62%
3 Banderabrasil.png FULECO Capitão Gancho 11-10 52%
4 Banderabrasil.png Kabumda 11-10 52%
5 Banderabrasil.png G2-8 Brasileira 11-10 52%
6 Banderabrasil.png PaiN In The Ass 10-11 48%
7 Banderabrasil.png Último do MSI 8-13 38%
8 Banderabrasil.png Red Dead Redemption 6-15 26%

Playoffs[editar]

Cquote1.png Ferrou... Cquote2.png
VIVO Keyd vindo de 2 derrotas seguidas sobre enfrentar a Kabum vindo de 6 vitórias seguidas

No primeiro jogo, um 3 a 0 que conseguiu ser mais fácil que os dois chineses derrotando os dois europeus nos Mundiais de 2018 e 2019, onde a Keyd teve a esperteza de saber que a Kabum estava priorizando seu top laner no lado vermelho, e escolhe o mesmo lado três vezes esperando que algo mudasse, porém não deu certo e o resultado foi um estupro da Kabum. No outro jogo, novamente outro estupro, só que da parte do Flamengo eSports, só que com menos violência.

Jogo Equipe 1 Total Equipe 2
1 EscudoKST2.jpg VICE Keyd 0-3 Kabumda Kabumlogo2b.png
2 FLA GLS.jpg Uma vez Cheirinho 3-0 FULECO Capitão Gancho EscudoFURIA.png

Na grande e tão esperada final do CEBOLÃO, todos estavam esperando aquela final scriptada de 5 jogos que foi as quatro últimas, porém foi muito diferente disso e resultou em uma final que conseguiu ser pior que todas as finais de campeonatos principais que terminaram em 3 a 0, somado com as jogadas ao nível brasileiro e em mais um estupro nesses playoffs, a Kabunda não jogou com a bunda, e com isso, ganhou seu quarto CBLOIRO, empatando com a INXP em títulos.

Jogo Equipe 1 Total Equipe 2
1 FLA GLS.jpg Sempre Cheirinho 0-3 Kabumda Kabumlogo2b.png

Campeão[editar]

Circuito Brasileiro de League of Legends de 2020-2º Split
Kabumlogo2b.png
Kabumda

(4° título)

Série de Promoção 1[editar]

A INTZ jogou a série de promoção contra a equipe da Team One e saiu vencendo com um stomp fácil, porém levou a virada e ficou a ponto de ser mais um time brasileiro a cair, porém aproveitou que a Team One pipocava toda vez que quase ganhava algo, e enfim, a INTZ conseguiu 2 vitórias apertadas para conseguir a última vaga para o segundo CBLOIRO de 2020, fazendo todos fãs de times que tiveram que aturar o Circuito Decifiente desapontados.

Jogo Equipe 1 Total Equipe 2
1 Escudo da INTZ.jpg INXP 3-2 Team NoNe EscudoONE.jpg

As equipes aqui mudaram de composições, algumas retirando coreanos, outras incluindo, a maior mudança é o sistema de franquias para 2021, o que evitará ser a única liga com rebaixamento direto entre as maiores.

Grupos[editar]

2º Split[editar]

O nível do campeonato é tão baixo que os casters estão preferindo ver vídeos de Valorant do que narrar as partidas.
  • Times
    • FLA GLS.jpg Só no cheirinho: Nesse split, o Flamengo quer competir em número de vice-campeonatos com a Vivo Keyd. Comprou outro coreano que veio de fora para iludir a torcida mais ainda. Ao contrário da PaiN no split passado, se trata de um time medíocre sem os coreanos.
    • EscudoFURIA.png FULECO Capitão Gancho: A equipe que tem a missão de fugir do rebaixamento para evitar ter que trocar de nome mais uma vez, porém foi salva por acabarem de vez com o rebaixamento.
    • Escudo da INTZ.jpg INXP e-Sports: Conseguiu se escapar do rebaixamento definitivo no último split, está nesse para continuar seus jogos chatos.
    • Kabumlogo2b.png Kabunda: Novamente, a Kabum apenas tem que não jogar Kabumda para evitar o rebaixamento, já que perdeu os dois coreanos que carregavam a equipe no split anterior.
    • EscudoPain.jpg PaiN in the Ass: Como óbvio, vendeu os dois coreanos que não sabem jogar criticados pelos torcedores. É a mesma PaiN do split passado, só que com um jungler e um suporte decente.
    • EscudoPRG2.jpg G2-8 Brasileira: Ainda acha que é a G2 brasileira, mas ainda é a G2 do Mid-Season Invitational 2016.
    • Escudo do Santos.png Prantos: Está aqui no CBLOL mais por deméritos da Team One de entregar os 3 jogos do que seus próprios méritos.
    • EscudoKST2.jpg Vice Keyd: Novamente quer atingir o seu verdadeiro patamar, o vice-campeonato.
Pos. Equipe V-D %
1 Banderabrasil.png PaiN In The Ass 9-1 90%
2 Banderabrasil.png Prantos 7-3 70%
3 Banderabrasil.png INXP 6-4 60%
4 Banderabrasil.png Kabumda 5-5 50%
5 Banderabrasil.png Cheirinho 4-6 40%
6 Banderabrasil.png FULECO Capitão Gancho 4-6 40%
7 Banderabrasil.png G2-8 Brasileira 3-7 30%
8 Banderabrasil.png VICE Keyd 2-8 20%

Playoffs[editar]

Campeão[editar]