Chique

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Loirastupidaaaa.jpg Hello, Honey! Este artigo é fashion!!

Este artigo é algo que eu e minhas amigas pink adoramos! Se você for nerd ou pobre, tipo, é melhor passar longe daqui, e se vier aqui pra arranjar confusão, nós vamos chamar a galerinha popular para humilhar você!

Cquote1.png Você quis dizer: Chilique? Cquote2.png
Google sobre Chique

Um dos poucos franceses chiques, que toma banho.

Chique do francês chiqueirrrro, significa aquele porquinho que ao invés de chafurdar na lama igual a qualquer suíno normal, prefere se refrescar e se limpar em uma banheira de mármore, com direito a sais de banho igual ao Pepe le Pew, que é claro, também é francês e portanto chic mesier.

Detalhes chiques[editar]

Se é chique podem contestar mas, que é muito da gostosa não.

É claro que o porquinho e seu chiqueiro foram os precursores do termo e dos hábitos chiques mas, no que se refere ao banho, ele e o famoso porco são os franceses que mais se lavam. A palavra em si, como acontece com a maioria delas, passa a ter outros significados, ou o seu próprio ter um significado mais profundo. Por exemplo não só o ato do porco levantar o nariz, digo focinho e sair abanando o rabo, para os que chafurdam na lama e ir para sua banheira , passou a significar chique. As pessoas, nós mesmo, temos vários atos muito chiques. Um deles é tirar tatu do nariz sem que ninguém note, bem como coçar o saco, arrotar, e mais atos que ficariam nada chiques, mas se tornam desde que se os oculte. Roupa chique, quem mais pode falar disso senão, o amigo do porquinho: pavão mas, os pavões perdem todo seu chique glamour (acho que outra palavra cheirosa e francesa) se achar que seu território está sendo invadido, ele então, abaixa a cauda e parte pras bicadas, bem cheias de ogrices e nada chiques.

Mais coisas chiques[editar]

Nem dentro do chiqueiro se consegue ser tão chique quanto em certas épocas da França e mesmo hoje, e deles o mundo todo aprendeu uma porção de coisas chiques, sim, nos ensinaram a se encher de chique perfume até mesmo evitando banho porque, oras, se for pra tomar banho em algo tão simples quanto um chuveiro, melhor deixar prá lá. Na banheira o negócio é diferente: daí eles nos ensinaram a tomar um chique banho uma vez por semana... Os dentinhos deve-se limpar a frente deles, ora, escovar os dentes de trás, nos deixam com caretas nada chiques, depois é mais chique deixar que o dentista resolva tudo. Claro que também existem chiques concentrados para se espirrar na boca, bem melhores que a escova, fio dental e outras coisas que os franceses abominam.

O que não é chique[editar]

Não é chique comer aquele salgadinho de pacote, mais fedido que você pode escolher na prateleira em sala de aula. Porque o fedor dele você não poderá disfarçar com perfume: não será mais comestível, todo e qualquer fedor que puder disfarçar com perfume é um fedor chique, conclusão de uma coisa que não é chique: Fedor que não pode ser lavado de perfume não é chique. Não é chique sair de pijama, a não ser em festas do pijama claro, desta forma: É chique a pantufa mas, não o pijama. Tudo porque de pantufa o chulé não poderá sair com facilidade mas, a pijaminha é larga e o sovacão e outros fedores irão se manifestar.

Consumir também[editar]