Chaîne des Puys

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Chaîne des Puys (francês: Chaminé das Putas) é o nome de umas montanhas localizadas no sul da França. Nada que Minas Gerais não tenha, por exemplo, mas como fica na França, aí parece até chique, tanto que virou até patrimônio mundial, mesmo nem havendo motivos pra isso.

Geologia[editar]

Na França até as montanhas tem formato de ânus.

Só umas montanhas como qualquer outra no mundo, embora tente se dizer que estas da França são especiais porque foram formadas por lava, mas se você pensar bem, toda montanha do mundo um dia foi lava, o que deixa bem evidenciado a inutilidade da profissão de geólogo. Se o lugar é bem irrelevante como montanhas, havendo montanhas muito mais bonitas e mais altas em outras partes do mundo, também é bem inútil como vulcão, porque a última erupção ali foi há 8.000 anos atrás (ano determinado meramente por achismo, ou você acha mesmo que um geólogo vai saber afirmar essas coisas? É porque não existe como provar o contrário).

Devido a formato de orifício anal que esses morros possuem, eles receberam o nome de Chaîne des Puys (Chaminé das Putas)em homenagem ao desgastado orifício anal das putas de Paris. Destaca-se nessa paisagem de morros em formato de cuzinho o maior deles, o Puy de Dôme (Puta do Dono), que atualmente é a tradicional linha de chegada da corridinha de bike da França.

Como geólogo não tem o que fazer da vida, a não ser falar coisas inúteis de mais de 10.000 anos atrás ou prever coisas mais inúteis ainda para daqui há 50.000 anos, eles tem um carinho pela Chaîne des Puys por acreditarem que estes morros são uma comprovação da existência das placas tectônicas e da formação dos Alpes 35 milhões de anos atrás, correlação criada pela principal metodologia da geologia, o achismo científico.

Ecossistema[editar]

Por ficar ali na Europa, continente reconhecido por ser nenhum exemplo de ecossistema rico, Chaîne des Puys não foge desse padrão e por lá sempre tem quase nada em termos de animais e a variedade de vegetação é quase nula, só havendo arbustos mesmo.