Caminho da Serpente

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Cquote1.png É o caminho que minha serpente faz até chegar na sua aranha. Cquote2.png
Pervertido sobre Caminho da Serpente

Cquote1.png É de mais de cem mil! Cquote2.png
Vegeta sobre o tamanho do Caminho da Serpente em quilômetros

Cquote1.png Se cair, vai para o inferno. Cuidado, irmão. Cquote2.png
Pastor sobre Caminho da Serpente

O Caminho da Serpente é um longo, bem longo caminho ligando o palácio do Enma Daioh até o planeta do Senhor Kaioh. Não me pergunte como fizeram para criar esse negócio todo. Se fosse feito pela empreiteira do Sérgio Naya, todo mundo teria caído no inferno.

O Caminho[editar]

Goku percorrendo o Caminho da Serpente no Videogame.

Para dificultar a chegada à casa do Kaioh e assim poupar milhares de almas de serem obrigadas a ouvir as suas piadas, os deuses de Dragon Ball criaram o Caminho da Serpente, depois de contratar alguma empreiteira fantasma para construir a estrada. São exatamente cem mil quilômetros de puro vazio, só com algumas nuvens fofinhas que servem de comida para gente como Goku. Entenda esse vazio como sendo o Caminho da Serpente no mangá de Dragon Ball. O anime e seus mais de oito mil fillers trataram de relativizar ao máximo esse vazio. Sim, no anime, até mesmo esse lugar chato e repetitivo pode se transformar numa aventura com muita confusão e azaração e uma dúzia de episódios.

Goku e o Caminho da Serpente[editar]

É um lugar tão vazio que até passa feno de vez em quando.

Quando Goku foi para o bico do corvo pela primeira vez (porque foram muitas sentadas no colo do capeta durante a história toda), Enma Daioh o mandou percorrer o Caminho da Serpente para encontrar o Senhor Kaioh, capaz de lhe ensinar a piada suprema que poderia matar de tanto rir os saiyajins que estavam se dirigindo à Terra. E Goku foi todo feliz correr o caminho, mas assim como os fillers de Dragon Ball e Naruto, parecia que nunca acabava o treco, tanto que Goku passou alguns meses correndo e nada. Isso no mangá, evidentemente, porque no anime a corrida foi um pouco mais animada.

Goku esqueceu de ouvir os conselhos do Pastor Pilão e caiu do caminho depois de dormir um pouco, indo parar no inferno, lá onde o Jeremias bebe com o cão. Mas como ele é o Goku, sempre há um jeito de sair do inferno e voltar para o caminho. Dito e feito, depois de um episódio de enrolação, Goku voltou para o começo do Caminho da Serpente, mas por ter bebido junto com Jeremias e o cão, ficou tão rápido que conseguiu recuperar o tempo perdido facilmente.

Princesa Serpente pensando em como dar para o Goku.

Para segurar mais um episódio do anime e dar tempo para Akira Toriyama criar o mangá com mais calma, Goku teve de encontrar a Princesa Serpente na metade do caminho. Depois de tanto tempo sem aparecer nenhum homem por lá, a Princesa Serpente contava os dias para dar para o primeiro cabra que pintasse por lá, mas como Goku é casado e não podia comer a princesa, então ela decidiu que iria comer ele. Depois de muita enrolação, Goku escapou do palácio da Princesa Serpente e foi até o Senhor Kaioh.

Apesar de não parecer, o Caminho da Serpente tinha tudo isso mesmo, pelo menos se considerarmos os fillers. Mas até hoje ninguém sabe explicar o que a Princesa Serpente fez quando Piccolo, Tenshinhan, Yamcha e Chaos passaram por ali mais tarde. Como eles não são protagonistas, pouco importa o que acontece com eles até chegarem ao planeta do Kaioh.

Pessoas que já atravessaram o Caminho da Serpente[editar]

Agora que você percorreu o caminho todo, vou lhe ensinar minhas melhores anedotas. Prepare-se.