Camelódromo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikisplode.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Camelódromo.
1centavo.gif Esty artygo é dy pobry!

Esty artygo é sobry koyzas dy póbry, peçowas póbrys y o dono
taméyn dévy dy sê un pobretãwn do karáy!

5centavosSolano Lopez.jpg Falsidade es el real

Este artigo é brasiguayo e viende produtos legítimos de la área. Se quieres rolbar nuestra tierra, es mejor voltar a Foz do Iguazu, mas se quieres un produto, estaremos di purtas abiertas!

Confucio.jpg Pastel de flango, né?

Este altigo foi fablicado na China e pode queblar a qualquer momento. O autor plovavelmente luta Kung Fu e tem uma pastelalia. Não estlague este altigo, pois Jackie Chan está de olho.

Cquote1.png Você quis dizer: Lau Kin ChongTM Cquote2.png
Google sobre Camelódromo
Cquote1.png A garantia sou eu. Cquote2.png
Vendedor Ambulante sobre Produto vendido no Camelódromo
Cquote1.png Vi um destes no Zoológico, ele tem duas corcovas. Cquote2.png
Carla Perez sobre Camelódromo
Cquote1.png Na União Soviética, o camelódromo compra produtos piratas de VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Camelódromo
Cquote1.png Hahae, tenho mercadorias que valem mais do que dinheiro! Cquote2.png
Silvio Santos sobre Camelódromo
Cquote1.png Concorrência! Cquote2.png
Roberto Marinho (Dono da Barraca do lado do Silvio Santos) sobre Silvio Santos
Camelódromo (aka. para Compre Antes Mesmo que as Lójas Distribuam Reproduções (do nosso produto) Oferecido com Maior Ônus).

Introdução[editar]

O respeito com a lei e a ordem
O famoso Box

Camelódromo, para aqueles que não vivem neste mundo, é o centro de compras da população que é pobre não tem poder aquisitivo para ir fazer as mesmas compras no Shopping, que quer pagar menos, em relação a centros de compras requintados e de nariz em pé, por mercadorias de mesma procedência, já que tudo hoje é fabricado na China; ou que apenas gosta do moderno sistema de garantia de produtos, fornecido pelos vendedores: "A garantia sou eu".

História[editar]

Após a primeira banca ter sido instalada na 25 de março por Silvio Santos em 1932, turcos, judeus, Roberto Marinho e outras instâncias humanas que sabem fazer negócia se instalaram no local e poucos anos depois este já seria um dos maiores points de São Paulo. Com o aumento exorbitante das vendas na banca de Silvio Santos, outra banca maior era necessária. Assim a maior banca de camelódromo já vista foi adquirada por Silvio Santos em 1995, ela fica no Complexo da Anhanguera instalada no quilômetro 19 da Rodovia Anhanguera, Osasco, São Paulo. Lá, atualmente, vende-se de tudo, desde de uma forma de loteria paralela chamada TeleSena até um jogo inspirado em um programa de TV, produzido por lá que, por sua vez, foi cópia inspirado na versão Norte-Americana, chamado Show do Big Milho.

Atualmente as coisas parecem não ir muito bem para os negócios já que concorrências como uma banca que teve sua matriz instalada no Jd. Botanico, Rio de Janeiro e outras filias no próprio Rio de Janeiro e em São Paulo chamada Rede Globo de Televisão foram instaladas. Sendo o cenário atual não muito bom para ambas, anualmente elas pedem por esmolas contribuições nos programas TeleTon e Criança Esperança. O interessante deste tipo de abordagem ao cliente é que os mendigos artistas, produtores e magnatas destas bancas não tiram um centavo de seus bolsos para contribuir.

Características[editar]

Estabelecimentos[editar]

Estabelecimento, conhecido como Box, (vide figura ao lado) é a célula fundamental de um camelódromo efetivo.

  • Nunca se encontra o que se procura, mas "chega semana que vem".
  • São sempre tão organizados que é comum ouvir do vendedor: "Estava aqui neste minuto o produto que você quer, deixe-me procurar mais".
  • Estão sempre abarrotados de produtos de todas as categorias mas, quando o rapa chega todos aqueles produtos somem numa velocidade espantosa.

Vendedores[editar]

  • Fazem semanalmente turismo além da Ponte da Amizade.
  • Sempre usam da famosa frase: "A garantia sou eu".
  • Juram de pés juntos que seus produtos irão durar mais de uma semana após o término da garantia.
  • Oferecem garantia: "Até que você vire a esquina".
  • Se mostram solícitos quando você está comprando. Só não volte dizendo que o produto "não funciona mais"
  • Há sempre um vendedor assistindo TV.
  • Dão sempre aquele super desconto de 1/350 do valor do produto.
  • Dão garantias a perder de vista, ou seja, você virou a esquina acabou a garantia.

Históricas[editar]

  • São sempre destruídos em alguma perseguição policial nos filmes.

O que se vende[editar]

Podem ser encontrados diversos tipos de contrabando e mercadoria roubada produtos. Entre eles:

Tirando aquelas coisinhas como celulares roubados de "primeira linha" vendidos por apenas 20 reais enquanto no shopping, você compraria por 2.000,00.

Ver também[editar]