Calm Belt

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Tubarão.jpg Este artigo é aquático!

E é especialista em natação. Se você vandalizar, ele te joga uma tsunami, então cuidado com os tubarões e não leia sem usar uma máscara de oxigênio.

Um dia tranquilo no Calm Belt

Cquote1.png Você quis dizer: Mar de porra nenhuma Cquote2.png
Google sobre Calm Belt
Cquote1.png Legal!! Eu cheguei no Calm Belt!! Cquote2.png
Pirata noob sobre Calm Belt
Cquote1.png Aqui não tem porra nenhuma!! Cquote2.png
Mesmo noob de cima sobre Calm Belt
Cquote1.png Você que pensa... Cquote2.png
Eu sobre montros marinhos gigantescos de Calm Belt
Cquote1.png Aqui não tem nenhum ventinho!! Cquote2.png
Gay sobre Calm Belt


Calm Belt (凪の帯 (カームベルト) no Japão), também conhecido como Mar de porra nenhuma e Engana Otário é um dos mares da série infinita One Piece. O Calm Belt é famoso por ser situado do lado da Grand Line, que também é conhecido como o mar do inferno impossível. O Calm Belt é o mar mais odiado pelos piratas em geral, pois se eles se desviarem um milímetro da rota da Grand Line eles caem nesse Acre mar de porra nenhuma.


Histórico[editar]

O fruto do trabalho de Moisés

Dizem as lendas que o Calm Belt foi criado por Moisés, pois quando este abriu o mar, as duas partes que foram para os lados viraram a Calm Belt, enquanto que a passagem do meio ficou sendo a Grand Line. Sabendo da existência dessa passagem chamada Grand Line, vários fugitivos do faraó tentaram atravessar a Grand Line para chegar à Terra Prometida, mas os que falhavam (a maioria) sempre acabava caindo no Calm Belt.

Passado algum tempo, percebendo que haviam muitos corpos de piratas fracassados no Calm Belt, os monstros marinhos se mudaram para lá, afinal, lá eles teriam muita comida. Porém, com o tempo esses montros foram se reproduzindo incessantemente, deixando o lugar com mais de 8000 monstros por metro quadrado.

Assim foi se seguindo, com a comida ficando cada vez mais escassa, devido a falta de idiotas que se atreviam a atravessar aquele lugar. Porém, após algum tempo, após Gol D. Roger anunciar que seu tesouro, o One Piece, estava escondido na Grand Line, a comida para monstros aumentou em 100%, pois não faltavam piratas otários para errar o caminho.


Registros de Viagens[editar]

Calm Belt visto de longe. Parece tranquilo, mas...

Segundo diários de bordo roubados pegos emprestado do museu de Veneza, o mais famoso dos navegadores a passar pelo Calm Belt foi Marco Polo, que acabou se perdendo em uma de suas viagens à China, né?

Porém, Marco Polo conseguiu escapar da fome dos monstros, pois ele tinha muito macarrão chinês estocado, e os montros adoravam uma massa. Mas, escapar da Calm Belt não foi nada fácil, pois lá não bate nem um ventinho sequer (para a revolta dos gays, que acharam que um mar não ter ventinho fresquinho um puta falta de sacanagem).

Dizem também algumas testemunhas não identificadas que outro navegador que passou por lá foi Pedro Álvares Cabral, que se perdeu no mar (mais uma vez) e chegou lá pensando que tinha chegado nas Índias. Porém, Pedro Álvares Cabral conseguiu escapar, pois ele acabou se perdendo dos montros (Ai, que burro!! Dá zero pra ele!!).

Segundo o grande estudioso Seu Madruga, quem também navegou no Calm Belt foi Colombo, que teve que atravessar o Calm Belt para descobrir o México. Mas Colombo conseguiu se livrar facilmente dos monstros, pois ele tinha um colão, e conseguiu grudar a boca dos monstros.


A Navegação de Luffy[editar]

A fauna local. Repare que o navio lá no alto usou Aerolitos

Quando o Bando do Chapéu de Palha tava entrando na Grand Line, ele enfrentou uma ventania do cacete, tsunami e furacão, que são os cartões de visitas da Grand Line. Porém, de uma hora pra outra, tudo ficou limpo, nenhuma nuvem no céu e nenhum ventinho sequer. Foi aí que Nami percebeu que o Bando do Chapéu de Palha tinha chegado no Calm Belt, o mar de porra nenhuma.

Não passou nem dois segundos desde que eles entraram no Calm Belt, e o Going Merry já tava em cima da cabeça de um monstro de mais de 8000 metros de altura. Mas como Luffy e seus companheiros do barulho tinham técnicas pra lá de eletrizantes (além do Oda no Jutsu) eles deram uma grande surra nos monstros e sairam de lá inteiros (ou não).


Como se atravessa essa merda?[editar]

Segundo o idiota cientista da Marinha Vegapunk, o único jeito de atravessar o Calm Belt é forrar o casco do navio com minérios de Aerolitos, pois com esse raro minério descoberto por Chapolin Colorado nas proximidades de Tangamandápio, o navio ganha o poder da fórmula invisível criada por Seu Madruga e passa despercebido pelas criaturas marinhas que lá habitam. Dizem também que o poder dos Aerolitos é tão grande que pode fazer o navio sair voando.


Ver também[editar]


v d e h