Cão Arrependido

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Cão arrependido)
Ir para: navegação, pesquisa
ImagesCAWN273V.jpg Este artigo é relacionado à literatura.

Este artigo louva Shakespeare.


331px-Longcat.jpg Prepare-se para ler:
Esse artigo é muuuuito grande e pode causar cegueira.
Pense duas vezes e não seja tão idiota antes de ler algo assim

Cquote1.png Você quis dizer: Colt Anaconda 44 Cquote2.png
Google sobre Cão Arrependido
Cquote1.png Na União Soviética, o cão arrepende-se de VOCÊ!!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Cão Arrependido
Cquote1.png Em Togo, o osseamento do roer canifica o arrependimento Cquote2.png
Inversão Togolesa sobre Cão Arrependido
Cquote1.png U cão foi quem butô pra nóis arrependê! Cquote2.png
Jeremias sobre Cão Arrependido
Cquote1.png Realmente, ele deve estar muito arrependido! Cquote2.png
Capitão óbvio sobre Cão Arrependido
Cquote1.png Na Holanda, o cão se arrepende sozinho, não precisa de VOCÊ!!! Cquote2.png
Reversão Holandesa sobre inversão Togolesa

Cão Arrependido é o nome de uma grande obra literária portuguesa da língua brasileira foi apresentada publicamente no Festival da Boa Vizinhança, realizada na vila onde o autor, Chaves, vivia, em algum lugar que nunca se soube com exatidão onde é... Porém, nunca foi recitado por completo, pois na sua apresentação, Seu Madruga, organizador do evento, o interrompeu.

Para poder apresentá-la, foram horas e horas pensando como seria dito cujo verso, por isso ele era muito tempo visto pensativo na escada da vila, além de escrever em momentos de inspiração dentro de seu barril.

Influências[editar]

Chaves, ao correr pra ver as horas no relógio da catedral de Londres, encontrou-se com William Shakespeare. Após várias conversas, 3 sanduíches de presunto e uns copos de whisky, Chaves aprendeu seus dons poéticos, o que lhe rendeu o apelido de Chespirito.

Seu Madruga já o ensinou a música, instruindo-o a violar tocão, pois nada melhor que aprender também do grande compositor de Quero ver outra vez seus olhinhos de noite serena.


O Cão Arrependido![editar]

Um exemplo de cão arrependido.

Tradução Alternativa: O Cachorro Arrependido![editar]

Versão Compacta/Moderna[editar]

class CaoArrependido {
  public static void main(String[] args) {
    for(int i=0; i<45; i++) // Observe que a primeira recitação do verso não é uma repetição
      System.out.println("Volta o cão arrependido, 
        com suas orelhas tão fartas, 
        com seu osso roído 
        e com o rabo entre as patas.");
  }
}

Versão espanhola[editar]


Versão sérvia (ou seria tcheca?)[editar]

Вратите нам пса

Versão japonesa, né?[editar]


Considerações finais[editar]

Sucesso absoluto de crítica, o poema do Cão Arrependido continua sendo apresentado anualmente todos os anos no Festival da Boa Vizinhança.

O poema também é considerado o "pai" da prolixidade, pois apesar de possuir apenas 4 linhas de conteúdo original e aproveitável, a encheção de linguiça e repetições desnecessárias são tantas que obrigam o Internet Movie Database a disponiblizar 5 páginas web diferentes para reproduzir o poema na íntegra.

Sobre o famigerado cão, após ter se arrependido de ter traído sua namorada com uma cadela pitbull, foi passar umas férias em Tangamandápio, hospedando-se no Hotel 3 Pinos.

Na versão original o cão não estava tão arrependido, bastando apenas repetir o verso 20 vezes. Mas teve direito a proclamação em cima do tanquinho e um mash-up com "Até Logo Minha Querida" feat. Chiquinha.

Verso de autoria de Chaves do 8!, de acordo com a Academia Mexicana Brasileira de Letras.